Como evoluir uma relação da amizade para o namoro

De uma boa amizade pode surgir um namoro maduro, que pode evoluir para um noivado e um casamento estável. Veja o que fazer para completar esse processo.

6,612 views   |   14 shares
  • Imagine a seguinte situação: você está cansado(a) da solteirice e pretende namorar sério o quanto antes. Seu propósito é encontrar uma pessoa com quem tenha muitas afinidades: uma visão semelhante sobre a vida, um temperamento compatível, objetivos comuns, entre outros. Enfim, alguém que você admire e em cuja companhia tenha o prazer de estar.

  • Você quer acertar por isso precisa conhecer bem a pessoa com quem pretende se relacionar. Sua meta é um namoro que progrida para um noivado e, posteriormente, para um casamento.

  • Onde pretende encontrar alguém com essas qualidades? Saindo para a balada? No Shopping? Num barzinho?

  • Aí é que está! As probabilidades de conhecer, de primeira, alguém com um caráter plenamente confiável em ambientes como os citados acima são mínimas. Não quero jogar um balde de água fria nas expectativas de ninguém, mas é bastante arriscado sair namorando com alguém que mal se conhece.

  • Por isso, o melhor conselho que alguém pode dar a uma pessoa que esteja procurando alguém confiável para se relacionar é: procure entre os bons amigos.

  • Infelizmente as pessoas não têm o costume de olhar para os amigos quando procuram alguém para se relacionar. Pensam: “Fulano(a), não! Eu o(a) conheço há tantos anos! Já sei como é, não vai ter a menor graça!” ou então: “E se não der certo? Vai estragar a amizade!”

  • Engano atrás de engano! Há alguém melhor para se relacionar do que alguém com quem se tem amizade? Alguém que se conhece há anos ou décadas? Alguém cujos defeitos estamos acostumados? Ou é melhor arriscar nas mãos de uma pessoa desconhecida?

  • Com base na ideia de que um bom namorado ou namorada precisa ser antes um bom amigo ou amiga, darei as seguintes sugestões de ação para que essa amizade evolua para um namoro:

  • Faça sua escolha

  • Quando se está apaixonado(a) pelo(a) amigo(a), essa etapa pode ser pulada. No caso de você ainda não ter se apaixonado, dou a seguinte sugestão: faça uma lista dos amigos(as) que você mais admira. Liste suas qualidades e defeitos. Depois vá eliminando aqueles que você acha que teria mais dificuldade de se relacionar. Lembre de listar pessoas que você considere atraente de alguma forma. No final das contas, você encontrará alguém que valha a pena investir.

  • Se você for religioso(a), lembre-se de orar a respeito da sua escolha.

  • Dê um sinal

  • Agora que você já fez sua escolha, dê um sinal para a pessoa. Se você for homem convide-a para ir ao cinema, caminhar num parque, tomar um sorvete ou dar uma volta para conversar. Se você for mulher, jogue seu charme. Os homens têm facilidade de identificar quando uma mulher está interessada. Eles até enxergam coisas onde não há! Cuide, porém, para não ser deselegante. Sorria, mexa no cabelo, vire-se de frente para ele quando ele estiver falando, dê umas olhadelas rápidas. É tiro e queda!

  • Advertisement
  • Dê uma sondada

  • Procure saber se ele ou ela está interessado em alguém. Se estiver interessado, pergunte se a outra pessoa sabe e se está sendo correspondido(a). Tente saber o máximo que puder. Não é errado tentar conquistar o coração de alguém que gosta de outra pessoa, desde que esse alguém não seja comprometido. Se a pessoa estiver namorando, você nem deveria ter chegado a esse estágio. Não “dê mole” a alguém comprometido, nem mesmo namorando. Se ele ou ela não estiver interessado(a) em ninguém, o caminho está livre. Vá adiante.

  • Abra seu coração

  • Se você estiver apaixonado, declare-se para ela. Seja romântico, as mulheres amam romantismo. Se você for mulher, seja delicada ao expressar seus sentimentos. Os homens não gostam de mulheres atiradas.

  • Esteja preparado para uma reação negativa

  • Infelizmente, nem tudo sai sempre como planejamos. Então, se ouvir um “não”, não desista! Em vez de virar as costas e sair, proponha um tempo para a pessoa pensar. Mesmo depois de alguns sinais dados, a “ficha” pode custar a “cair”. E uma surpresa como essa pode causar uma reação negativa.

  • Seja persuasivo(a)

  • O amigo ou amiga vai querer saber por que você a(o) escolheu. Aproveite a oportunidade para usar de persuasão. Fale sobre os motivos lógicos, emocionais ou espirituais que o levaram à escolha. Aliste o que vocês dois ganhariam por ficarem juntos. Não economize elogios. Fale o que você admira nela ou nele e diga que tais atributos são exatamente o que você espera de alguém que esteja ao seu lado. Seja sincero em tudo o que disser. E cuide para não bajular. A bajulação pode causar muito constrangimento e até repulsa.

  • Dê as caras

  • Se a pessoa ainda estiver pensando no assunto, não suma. Dê um prazo para ela dar a resposta. Enquanto isso, dê o “ar da graça” de vez em quando para ela ver que você está lá. Mas aja naturalmente, não fique tocando no assunto. Exceto se ela quiser.

  • Comemore ou siga adiante

  • Se você recebeu um “sim”, comemore! Convide-a para jantar ou passear à luz do luar. Se você for mulher, espere, pois logo ele lhe convidará para comemorar.

  • Se você recebeu um “não”, siga adiante! Volte à sua lista e repita o processo. É preferível receber alguns “nãos”, do que se envolver com uma pessoa fácil e desconhecida que poderá trazer muita dor de cabeça.

  • Minha sugestão não se restringe a namorar somente com alguém que você já tenha uma amizade, mas fazer uma boa amizade com quem você pretende namorar. Se você está interessado(a) em alguém que não está no seu círculo de amigos, faça amizade com ele(a) primeiro. Dê um tempo para conhecê-lo(a) bem, antes de partir para um namoro. Seja paciente, e você não se arrependerá.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Como evoluir uma relação da amizade para o namoro

De uma boa amizade pode surgir um namoro maduro, que pode evoluir para um noivado e um casamento estável. Veja o que fazer para completar esse processo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr