6 deveres dos pais ao participarem da vida escolar dos filhos

Devemos aceitar nosso papel como guias de nossos filhos. Eles precisam de nosso auxílio nos estudos e na vida. Veja como agir para estar sempre presente na vida escolar de suas crianças.

12,232 views   |   35 shares
  • Quem não se lembra do primeiro dia em que deixou um filho sob os cuidados das professoras de uma escola? Comigo aconteceu quando a Marcela, minha primeira filha, tinha seis meses de idade. Eu estava tão acostumada a não ter mais tempo para mim e a cuidar dela ininterruptamente, que depois de entregar minha menina nas mãos da responsável pelo berçário da escolinha, eu perdi o chão. Minha filha deixava, naquele minuto, de ser um bebezinho para iniciar o convívio social. Eu achava que ela não precisaria mais de mim como antes era.

  • Hoje, a cada vez que deixo meus dois filhos na escola, tenho a sensação de que estou despedindo-me de um bebê pela manhã para buscar um adulto à tarde. Acho que é isso que todas as mães almejam desde o minuto que começam a pesquisar qual a melhor instituição de ensino para colocar suas crianças. É nesta hora que percebemos que nosso papel é guiar e não achar que só a gente pode cuidar adequadamente de nossos filhos. É nessa hora que entendemos que a liberdade é necessária e que temos a obrigação de trabalhar junto com a escola para o bem de nossas crianças.

  • Se você não sabe como pode ajudar seu filho durante os anos de escola, veja aqui algumas maneiras que podem facilitar seu trabalho e aproximá-la de quem mais você ama: seu filho. Essas dicas também são voltadas para os papais, pois aquela história de que cuidar das crianças é papel exclusivo da mulher já era faz tempo.

  • 1. Compareça às reuniões de pais e mestres

  • Todas nós trabalhamos, cuidamos da casa, temos obrigações das mais diversas origens. Mas isso não deve ser usado como desculpa para não comparecermos às reuniões de pais e mestres. São estes os eventos em que os professores nos dão o parecer sobre o desempenho de nossos filhos na escola. São também nestes eventos que nós podemos verificar se algum problema que esteja ocorrendo com nosso filho dentro da instituição tem origem na vida familiar e resolvê-lo.

  • 2. Compareça às festas, jogos e peças de teatro

  • Se a escola promove um evento, como campeonato de esportes, peças de teatro, feira de ciências e outros, dos quais nossos filhos participarão, a família deve prestigiar. É muito importante para a criança e o adolescente saber que seus pais estão com a atenção voltada para eles em momentos como estes. Eles precisam deste amparo e da vibração dos pais com suas conquistas.

  • 3. Ajude seu filho com as tarefas

  • Particularmente, não creio que os pais devam se sentar com seus filhos e ajudá-los a solucionar suas tarefas escolares sem deixá-los pensar no que estão fazendo. O resultado será um jovem que acaba ficando preguiçoso em se tratando dos estudos e que não tem segurança para realizar nada sem seus pais. Não é isso o que queremos certo? Portanto, ajudar seu filho com as atividades escolares é induzi-lo a raciocinar, tirando dúvidas, quando soubermos, e estimulando a pesquisa, quando não soubermos a resposta.

  • Advertisement
  • 4. Conheça os amiguinhos de seu filho

  • A escola é a segunda casa. É nela que a criança começa a se socializar e a tomar outras pessoas como exemplo, além dos pais. Portanto, nada melhor que conhecer os amigos e os pais destes amigos. A melhor maneira de fazer isso é deixar claro para seus filhos de que a casa onde vivem está aberta para receber seus amigos sempre que vocês permitirem. Se vocês gostam de festejar, convidem os pais dos colegas de classe. Só assim, vocês vão ter uma prévia de como é a criação e a personalidade dos amiguinhos de seus filhos.

  • 5. Vencendo as dificuldades

  • Todas as crianças têm dificuldade em algumas matérias. Uns se dão melhor com as ciências biológicas, outros com exatas. Seja qual for a área mais difícil para seu filho, estar ao seu lado, lhe oferecendo ajuda, mesmo que seja um reforço particular, é mostrar que você não o está recriminando por sua limitação. Lembre-se de quando você estava no colégio, você tirava 10 em tudo? Não exija isso do seu filho. Auxilie-o a vencer suas dificuldades com compreensão, amor e carinho.

  • 6. Bullying

  • Esse é um assunto muito em voga, apesar de existir há muito tempo. Eu, por exemplo, sofria com bullying, mas não me vitimizo, pois se não fosse isso eu não seria o que sou hoje. E tenho bastante orgulho de mim mesma. Mas há uma marca que não será facilmente apagada: não tive ajuda de meus pais para virar o jogo na época. Assim, meu conselho é que vocês prestem a máxima atenção às atitudes de seu filho, que pode ser vítima ou autor de bullying. Em ambos os casos, ele não tem mais ninguém para quem recorrer que não seus pais. É seu papel guiá-lo para que ele deixe de se sentir diferente dos outros. Se necessário, procurem por ajuda profissional.

  • Lembre-se, ajudar os filhos durante os anos de escola é uma das responsabilidades dos pais. Devemos aceitar nosso papel como guias de nossos filhos, pois eles precisam de nosso auxílio nos estudos e na vida. Se trabalharmos juntos com a escola, estaremos contribuindo para o bem de nossos filhos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Fernanda Trida é jornalista, médica veterinária, dona de casa, esposa, mãe de Marcela, com três anos, e de João, com um ano de idade.

6 deveres dos pais ao participarem da vida escolar dos filhos

Devemos aceitar nosso papel como guias de nossos filhos. Eles precisam de nosso auxílio nos estudos e na vida. Veja como agir para estar sempre presente na vida escolar de suas crianças.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr