O que fazer e o que não fazer no Dia dos Namorados depois do divórcio

Aqui você encontrará dicas sobre o que fazer e o que não fazer para transformar sua esperança na construção de um novo relacionamento.

1,052 views   |   shares
  • E se você estiver divorciada e seus amigos estiverem ocupados na compra de presentes para o Dia dos Namorados e de cartões para os seus cônjuges? O que poderá fazer para se sentir melhor e transformar o dia 12 de junho de maneira mais significativa e trazer a esperança de um novo relacionamento? Aqui está o que você deve e não deve fazer para lidar com o Dia dos Namorados enquanto se recupera de um divórcio:

  • O que fazer

  • 1. Crie um bom sistema de apoio

  • Encontre alguém para conversar sobre o que está acontecendo. Conte com um amigo para fazer coisas que façam você se sentir melhor e esquecer seus problemas por um tempo. Avalie quem poderá ser mais compreensivo, sem julgamentos prévios e esteja a fim de lhe dar apoio de bom grado e em seguida, ligue para eles. Se houver amigos que já tenham passado por um divórcio, coloque-os no topo da lista de suas chamadas.

  • 2. Procure ajuda

  • Obtenha ajuda profissional ou concentre-se em bons livros de autoajuda. Esta é uma necessidade, se você estiver extremamente deprimida, ansiosa ou com muito sentimento de culpa – especialmente se você for a pessoa que deixou o relacionamento. Quanto mais você souber sobre si mesma e seus conflitos interiores, melhor será para cicatrizar suas feridas, aprender alguma coisa sobre relacionamentos e não cometer os mesmos erros no próximo. Esta será uma experiência de aprendizagem, não uma conspiração para fazer você se sentir infeliz.

  • 3. Reflita

  • Avalie os padrões recorrentes em seu casamento anterior e todos os seus relacionamentos para ajudar você a entender o que aconteceu, as razões de suas dificuldades com seus relacionamentos. Por que você escolheu o seu ex-cônjuge? Qual o seu passado e o que você aprendeu que poderá ajudá-la em um futuro casamento? Como você poderá usar esta informação para fazer uma mudança positiva dentro de si mesma e de seus relacionamentos?

  • 4. Tome um fôlego

  • Se você acabou de romper com o seu cônjuge, você poderá estar em estado de choque, o que poderá durar de alguns dias a algumas semanas. Durante esse tempo, não tome nenhuma decisão importante sobre si mesma ou o seu futuro - não saia do seu trabalho e/ou nem mude da região onde mora.

  • 5. Recorra à fé

  • Procure por uma prática espiritual, se você não tiver uma. Isso irá ajudá-la em sua aflição - mesmo que você tenha sido quem terminou o casamento. Você ganhará ferramentas para lidar com isso e conseguir uma perspectiva maior sobre uma visão de futuro para reconstruir sua vida.

  • Advertisement
  • Manual de sobrevivência após um divórcio
  • O que não fazer

  • 1. Não se intrometa na vida de seu ex-cônjuge

  • Não tente obter informações sobre o seu ex cônjuge. Você poderá pensar que quer saber, mas isso só irá piorar as coisas. Por quê? Porque é um lembrete de que não deu certo - um lembrete de que ele está com outra pessoa. Essa atitude simplesmente fará uma reconexão com seu ex, quando na realidade você está tentando curar sua ferida e seguir em frente com sua vida.

  • 2. Não contate

  • Não se relacione com seu ex - menos é mais nesta situação. Se você o deixou, buscar relacionar-se com seu ex não ajudará a aliviar a sua culpa, isso só irá piorar a situação. Lutar com a culpa poderá ser um caminho tortuoso e a ajuda de um profissional poderá ser necessária, especialmente se você se sentir consumida pela culpa. E se você foi embora, o tempo e o espaço serão necessários para ajudá-la a se curar. Como você poderá seguir em frente se você estiver constantemente em contato com o seu ex, na esperança de uma reconciliação que provavelmente não irá e não deverá acontecer?

  • 3. Não se abra para julgamentos

  • Não perca tempo com pessoas que estão sempre julgando, buscando resolver a vida dos outros ou são muito teimosas em suas próprias opiniões. Neste momento, você precisa de apoio e honestidade com compaixão. Os conselhos não solicitados poderão ser prejudiciais e poderão impedir o seu progresso.

  • 4. Não Idealize

  • Não se engane e não coloque o casamento que você tinha ou o seu ex em um pedestal. Lembre-se da verdade sobre o que não estava funcionando e de todas as coisas que não faziam você feliz enquanto estava com ele. Se você partiu, recordar-se da realidade da relação irá ajudá-la com a sua culpa. Uma vez que a decisão foi tomada você deverá seguir em frente sem olhar para trás para pensar sobre o que poderia ter sido e não foi. Se foi embora, você provavelmente estava descontente com o seu parceiro e ao se lembrar de como foi essa situação, isso a ajudará a se sentir menos vítima e mais competente para resolver sua vida.

  • 5. Não se apresse

  • Não pule para o próximo relacionamento ou casamento muito cedo. Cure suas feridas e crie um bom relacionamento com você primeiro, ame-se em primeiro lugar, caso contrário os mesmos padrões destrutivos irão se repetir no novo relacionamento.

  • Advertisement
  • Lembre-se de conduzir sua separação e divórcio na sua vida diária, no seu dia a dia. Mantenha-se no tempo presente e não se preocupe com o amanhã, com o que acontecerá no futuro. Seus sentimentos e emoções sobre a dissolução estarão com você em todos os lugares. Você precisará de todo o apoio, informações e ferramentas para ajudá-la a passar por esse momento difícil e sair mais forte do que quando você entrou no casamento. Mas apenas saiba que realmente haverá um começo, um meio e um fim para a sua dor.

  • Traduzido e adaptado por Ana Maria Castellano do original Handling Valentine's Day after divorce, de Sharon Rivkin.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Também conhecida como "Terapeuta última esperança", Sharon M. Rivkin além de terapeuta é especialista em resolução de conflitos e especialista em relacionamentos.  Ela é autora do "Breaking the Argument Cycle". Sharon tem aparecido em programas de rádio e tv ao redor dos Estados Unidos e escreve para os sites HopeAfterDivorce.org e FamilyShare.com.

O que fazer e o que não fazer no Dia dos Namorados depois do divórcio

Aqui você encontrará dicas sobre o que fazer e o que não fazer para transformar sua esperança na construção de um novo relacionamento.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr