Você não me disse que eu tinha tarefas! 10 dicas para conseguir as tarefas feitas

Conseguir que nossos filhos cumpram suas tarefas e ainda um dia nos agradeçam por tê-los preparado bem para a vida, nem é tão difícil... Tá bom, é difícil. Mas podemos chegar lá.

1,317 views   |   1 shares
  • Conseguir que nossos filhos executem tarefas exige esforço. Precisamos lembrar que as crianças são seres imperfeitos assim como nós. Lembre-se que eles são, afinal, CRIANÇAS, e, por definição, não estão eles próprios nem suas atitudes amadurecidas, tudo isso é um trabalho contínuo.

  • Diante disso, aqui estão 10 dicas sobre delegar tarefas e outros métodos.

  • Definir a tarefa claramente

  • Nada irá deixar o seu filho mais louco do que você dizer: "Vá limpar o banheiro!" Ele não tem ideia de quais são suas expectativas até que você venha com seu discurso: "Isso não está limpo! Os espelhos estão imundos." Por muitos anos, fiz cartões para cada tarefa, definindo claramente o que deveria ser feito, por isso não houve perguntas.

  • Defina um tempo exato para o cumprimento

  • Estabelecer um horário sem uma definição exata do tipo: "Isso deve ser feito no sábado" é estabelecer o fracasso. Escolha um tempo definido, como: "Esta lista de tarefas deve estar pronta às 12 horas de sábado" e defina penalidades se não for concluída, como por exemplo, perda de privilégios ou privação do que mais gosta. Podem ser também mais tarefas como penalidade. Limpeza sempre foi a minha penalidade, porque eu odiava fazê-la.

  • Tenha uma atitude de bom senso

  • Muitas vezes, os pais cedem, dão uma segunda chance, negociam e outras vezes sucumbem às entorpecentes queixas e reclamações. Não vá por esse caminho perigoso! Vá para o seu quarto e dê a si mesma uma autopreleção: "Eu estou criando adultos independentes. Isto é crucial para o desenvolvimento deles. Pode ser difícil, mas é importante." Dê umas voltinhas pelo quarto, jogue os ombros para trás, volte lá e seja firme.

  • Antes de cair fora, a tarefa deve ser cumprida

  • Isso funciona muito bem para os mais velhos, que sempre tem algum lugar em que eles queiram ir. Para as crianças mais jovens, pode ser "nada de TV antes das tarefas".

  • Use recompensas

  • Esse é sempre um ponto controverso para os pais. Não acreditamos em pagar por tarefas. Trabalhamos todos como membros da família. No entanto, isso não significa que não possa haver algum tipo de recompensa. Para os pequenos, o sistema de etiquetas é eficaz. Faça etiquetas adesivas com cumprimentos por um trabalho bem feito e deixe-os escolher as que querem colocar nas suas designações de tarefa que já foram cumpridas. Pode ser de rostos sorridentes, estrelinhas, frases como: bom trabalho! Ou "Parabéns! você brilhou!"

  • As crianças pequenas são relativamente fáceis de lidar

  • Advertisement
  • Você pode usar muitas ideias de recompensas. É bom ressaltar sua atitude, rapidez, se eles fizeram de bom grado ou se terminaram no horário, às vezes (MUITO OCASIONALMENTE) dê um sorvete ou algo assim. De vez em quando funciona bem. Lembre-se, isso significa que não devemos dar esse tipo de recompensa frequentemente. Você pode recompensar alguns aspectos como a qualidade do trabalho feito ou a atitude feliz e que vai ajudar a melhorar o trabalho em geral.

  • À medida que as crianças ficam mais velhas, recompense cada vez menos

  • O ideal é que cessem as recompensas por volta dos dez anos de idade, quando eles devem simplesmente fazê-las porque é o que se espera deles. Por essa idade, não deve haver sistemas de recompensa. Use a perda de privilégios ou proíba de sair para brincar até a tarefa estar completa, como mencionado acima. É bom cortar pela raiz a mentalidade de que eles têm de ser recompensados por tudo o que fazem.

  • Faça-os pirar de vez em quando colocando a sua própria lista de tarefas

  • Eu adoro o "você-está-muito-à-toa" e acrescento mais tarefas na rotina deles. Às vezes, eles me olham como se eu estivesse punindo-os ou fazendo algum grande mal. Então, eu faço uma lista enorme de todas as minhas tarefas e pergunto se eles querem trocar. Isso geralmente corta o mal pela raiz.

  • Busque ajuda

  • Se você é casada, consiga a ajuda de seu cônjuge para apoiá-la completamente nas tarefas. Muitas vezes, eles vão responder ao papai mais do que a mamãe. Então, se você é pai, assuma sua posição e fiscalize! Ou vocês podem alternar o posto de comando. Mas se um dos dois é "bonzinho", boa sorte! Não vai funcionar bem. Lembre-se de manter em foco o objetivo final. ("Querido, você quer que essas crianças vivam conosco para sempre, dependentes até o fim de suas existências mortais?")

  • Seja persistente

  • Dia após dia, semana após semana, mês após mês. Apenas continue a trabalhar com eles. Algumas semanas vão correr bem, outras serão horrendas. Mesmo assim, persevere. Tudo vai melhorar e ficar mais fácil. Mas nunca será perfeito.

  • Eu quase enlouqueço quando um dos meus filhos diz: "Você não me disse que eu tinha que fazer as tarefas antes de sair!" bem assim - com toda indignação que consegue reunir. Eu me ponho a rir. "Há quanto tempo você vive nesta casa? Tem sido assim por mais de 14 anos e agora é uma grande surpresa para você? Que triste, não é?" Não engulo essa e eles vão continuar tentando me driblar - são persistentes, mas eu também sou!

  • Advertisement
  • Chegará um incrível dia em que todo seu esforço será recompensado. Num belo fim de semana, todos eles vão fazer suas tarefas bem, sem problemas. E você se sentará atordoada e perguntará a si mesma: "Será que todos os planetas se alinharam ou é o fim do mundo?" Ou então perceberá que mesmo estando ocupada por uma semana, a casa continuou funcionando. E você fica de boca aberta pela forma como tudo correu bem.

  • Ou então seu filho vai para a faculdade, ou trabalhar fora e escreve uma dessas cartas almejadas e muito esperadas: "Querida mamãe e papai. Eu só quero dizer muito obrigado por todas as coisas que vocês me ensinaram. Obrigado por tudo que fizeram por mim, ainda que naquela época eu não gostasse. Vocês me criaram muito bem." Menina, não é que você os botou na linha? E percebe agora que funcionou! Que valeu a pena.

  • _Traduzido e adaptado por Stael Metzger do original You didn't tell me I had to do CHORES!: 10 tips for conquering chores, de Merrilee Boyack

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Merrilee Boyack é mãe de quatro filhos homens, avó de dois netos e advogada, autora, e palestrante profissional.

 

Website: http://www.MerrileeBoyack.com

Você não me disse que eu tinha tarefas! 10 dicas para conseguir as tarefas feitas

Conseguir que nossos filhos cumpram suas tarefas e ainda um dia nos agradeçam por tê-los preparado bem para a vida, nem é tão difícil... Tá bom, é difícil. Mas podemos chegar lá.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr