Mantenha as crianças seguras em festas do pijama

É dever dos pais tentar manter as crianças seguras em todas as situações.

2,644 views   |   32 shares
  • Quando estava crescendo, eu mal podia esperar para o fim de semana. Não só era uma pausa agradável da escola, mas meus amigos e eu muitas vezes tínhamos grandes planos para as festas do pijama. Ficávamos a noite toda jogando MASH, falando sobre os meninos bonitos da escola e assistindo os filmes da Disney.

  • Era tudo tão inocente.

  • Quando ouço histórias sobre as experiências de outras pessoas em festas do pijama me faz ficar com a pele arrepiada. Mesmo que o meu filho tenha apenas um ano de idade, eu sei que ele vai inevitavelmente ser convidado para este tipo de festa. Enquanto a minha primeira reação é proibí-lo completamente, eu sei que isso não pode acontecer. No entanto, como eu sei que existem pessoas que pensam igual a mim, vou compartilhar algumas ideias que pretendo fazer para ajudar a manter os nossos filhos seguros em festas do pijama.

  • 1. Conheça os pais

  • É de se esperar que todos os pais tenham como prioridade o bem estar dos filhos. Pais responsáveis irão supervisionar a festa para ver se realmente é um ambiente divertido e seguro. Infelizmente isto não acontece sempre. Lembro-me de ouvir histórias sobre pais que forneciam álcool para os seus filhos menores de idade. Estes pais pensavam que, ao permitir que os seus filhos bebessem em sua casa, evitariam que eles bebessem em outros lugares e adquirissem álcool ilegalmente.

  • 2. Ensine-lhes valores

  • Ensinar aos seus filhos seus valores e o quanto eles são importantes é uma lição de vida valiosa. Concentre-se nos motivos pelos quais sua família mantém determinados padrões. Nos momentos em forem tentados a fazer alguma coisa, se estes principios foram ensinados para eles, eles irão se lembrar deles. Isso não quer dizer que eles sempre seguirão esses princípios, porque certamente irão cometer erros. No entanto, eles vão saber se estão fazendo algo que é apropriado ou não. Se eles tiverem valores incutidos em suas mentes, eles estarão muito mais propensos a evitar problemas do que se tivessem sido criados com a mentalidade de "você só vive uma vez".

  • 3. Ensine-os a dizer não

  • Uma das coisas mais difíceis que um adolescente pode fazer é dizer "Não." Em uma ocasião, eu me lembro de participar de uma festa do pijama de alguém que eu não conhecia bem. Era tarde da noite e começamos a assistir a um filme. Esta amiga pegou um filme que eu sabia que não deveria assistir. Desapareceu toda a minha coragem de dizer que eu não me sentia confortável assistindo. Mas adivinhem? Ela e as outras meninas na festa estavam muito bem com isso. Como meus pais haviam me ensinado que não haveria problemas em dizer não quando me sentisse desconfortável, eu fui capaz de evitar uma situação embaraçosa. Claro, eu arrisquei sendo "a chata". No entanto, eu também sabia que se as pessoas achassem que eu era chata, é porque não valeria a pena tentar impressioná-las.

  • Advertisement
  • 4. Seja o anfitrião

  • A melhor maneira de manter um olho sobre as crianças durante uma festa do pijama é permitir que elas fiquem em sua casa. Isso não é uma licença para se sentar na mesma sala e ouvir cada palavra. No entanto, isso permite que você imponha certas regras. Faça da sua casa um lugar onde os amigos do seu filho se sintam acolhidos e seguros.

  • 5. Ensine-lhes consequências

  • Se uma criança acha que pode fazer qualquer coisa, ela provavelmente vai sair dos limites. Por outro lado, se ela souber que se desobedecer às regras da família e da casa as consequências virão, ela pode pensar duas vezes antes de fazer algo inapropriado. Seja justo se ela quebrar as regras.

  • 6. Ganhe a confiança deles

  • Quando eu era adolescente, percebi que meus pais eram dois dos meus melhores confidentes. Eles eram sempre as primeiras pessoas a quem eu falava sobre a maioria das coisas da minha vida. Isto inclui qualquer coisa que tenha ido mal nas festas. Não seja o melhor amigo do seu filho, seja o seu pai. Certifique-se que ele saiba que pode chamá-lo se algo der errado, ou mesmo admitir seus erros. Se ele sabe que você está lá para ajudá-lo, ele vai estar mais propenso a confiar em você sobre o que está acontecendo em sua vida.

  • 7. Confie neles

  • Eventualmente você vai ter que deixar seus filhos sairem para o mundo "real", e espero que o que você os ensinou tenha efeito. É correto ser cauteloso e restringir seus filhos de frequentar determinados eventos. No entanto, mantê-los presos não é o caminho certo a seguir. Se eles mostrarem que são suficientemente confiáveis para estarem longe de casa, faça o seguinte - confie neles. Tenham fé que eles vão fazer o que é certo. Se surgir algo os faça sentirem-se mal ou desconfortáveis, eles saberão como lidar com isso.

  • _Traduzido e adaptado por Jaguaraci N. Santos do original Keeping kids safe at sleepovers.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Katie Clark is an undergraduate at BYU majoring in Print Journalism. She is originally from Colorado, but currently lives in Provo, Utah, with her husband and son.

Website: http://forrestandkatie.blogspot.com

Mantenha as crianças seguras em festas do pijama

É dever dos pais tentar manter as crianças seguras em todas as situações.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr