Quando a vida lhe coloca contra a parede: Como lidar com um diagnóstico que mudará sua vida

Talvez a beleza da vida seja o fato dela ser imprevisível. Um dia você está bem e feliz e no outro tudo muda. Nem sempre um diagnóstico muda sua vida para pior, podemos fazer da doença um período de aprendizado.

916 views   |   shares
  • A vida é imprevisível. Ora está cheia de felicidade e aventuras, e de repente pode dar uma guinada e tudo mudar.

  • Em 2006, eu era uma mãe ocupada feliz, envolvida nas atividades de meus filhos e trabalhando como consultora de decoração de ambientes. No outono seguinte eu comecei a me sentir debilitada. Comecei a sentir dores de cabeça diariamente, incluindo enxaquecas que duravam até uma semana. Desenvolvi uma dor de garganta que não ia embora e sentia dores o tempo todo. Eu também tinha dificuldade em me concentrar e me tornava cada vez mais esquecida.

  • Quando eu "apaguei" por um momento enquanto dirigia por uma estrada, sabia que era hora de ver o meu médico. Fiz uma bateria de exames e inúmeras visitas a vários médicos e acabei recebendo um diagnóstico: Síndrome de Fadiga Crônica / encefalomielite miálgica (SFC/EM).

  • Nesse período, minha saúde se deteriorou tanto que eu saía de casa e trabalhava com apenas 20 por cento do meu nível de atividade anterior. Desnecessário dizer que a minha vida mudou drasticamente. Durante esse tempo eu aprendi muito sobre como lidar com um diagnóstico de mudança de vida.

  • Aqui estão algumas sugestões que eu achei úteis.

  • Reunir informações

  • Informação é poder. Isso pode lhe dar uma ideia do que esperar de sua doença e quais os tratamentos que você pode escolher para prosseguir. Conhecimento transforma o medo em determinação.

  • Permita-se chorar

  • Você está tendo muitas perdas que são semelhantes à morte: a morte de sua antiga vida, a morte de algumas amizades e a morte de alguns de seus sonhos. É importante que você se permita experimentar a miríade de emoções que naturalmente surgem: raiva, tristeza, frustração e desamparo.

  • Construa o seu próprio sistema de apoio

  • Não há nada como uma crise de saúde para mostrar quem são seus verdadeiros amigos. Infelizmente, há pessoas em seu círculo social que gostam da sua compania em um nível superficial, mas não estão emocionalmente preparados para lidar com uma mudança tão dramática. Perdoe-os e deixe-os ir. Fortaleça suas relações com aqueles que estão dispostos a ficar ao seu lado. Se sentir que seu sistema de apoio não é suficiente, dê uma olhada online. O meu marido e as crianças sempre apoiaram a mim e ao meu problema, mas é uma doença misteriosa e a maioria dos meus amigos e famíliares não entendiam. Através de blogs e fóruns online eu fui capaz de me conectar a outros que sofriam da SFC por um longo tempo. Eles responderam às minhas perguntas e deram sugestões para lidar com a doença. Isso me ajudou a saber que eu não estava sozinha.

  • Advertisement
  • Pedir ajuda

  • Isto pode ser particularmente difícil se você sempre foi a única a ajudar os outros. É extremamente humilhante pedir a alguém para fazer algo para você que antes você fazia com facilidade. Permita que seus amigos levem o jantar para sua família, que limpem o seu chão, deixe que resolvam algumas coisas para você ou vão comprar algo que você precisa. Não se preocupe em incomodá-los, pequenos atos de bondade trazem felicidade para ambos tanto o doador quanto o receptor.

  • Cultivar uma atitude positiva

  • Quando você enfrenta um desafio significativo para a saúde, você tem duas opções: tornar-se cada vez mais amargo ou aceitar a sua situação e fazer o melhor que puder. Segundo Karen Jean Gaskell, do LiveStrong.com, estudos mostram que uma atitude otimista tem um impacto positivo em sua saúde. Pode ajudá-lo a fortalecer seu sistema imunológico, reduzir o estresse, evitar a depressão, fortalecer o coração e ajudá-o a viver mais tempo. Benefícios que o ajudarão a lidar com qualquer doença de maneira melhor.

  • Abrace as pequenas alegrias da vida

  • Isto anda de mãos dadas com uma atitude positiva. Sua mente pode estar sobrecarregada com preocupações agora. Pode ser difícil perceber a alegria, mas ela está em seu caminho, basta buscar por ela. Vá para fora e aproveite o sol. Dê uma caminhada e aprecie as flores e árvores. Ouça a sua música favorita ou o riso de seus filhos. Assista a uma comédia com seu cônjuge.

  • Reconstruir sua vida em torno de suas limitações

  • Talvez houvessem muitas atividades em sua vida pré-doença que você se sente agora incapaz de fazer. Isso pode deixar um vazio em sua vida. Aproveite como uma oportunidade de reinventar a si mesmo. Eu sempre quis ser escritora, mas estava sempre muito ocupada para começar. A SFC me tirou a correria da vida, mas me deu a oportunidade de ir atrás do meu sonho. Faça um inventário de suas paixões e use-as como guia na criação de uma vida que você vai amar.

  • Alimente sua fé

  • No artigo "Fé e Saúde", O Science Daily observou que há uma ligação entre envolvimento religioso e melhor saúde. Em particular, a oração, a meditação e outras atividades religiosas podem ajudá-lo a lidar melhor com eventos estressantes. É tentador perguntar: "Por que eu?" É fácil se voltar contra Deus e se perguntar por que Ele lhe daria esta provação. Não pense que Ele o está punindo. Nada pode estar mais longe da verdade. O sofrimento é uma parte natural da condição humana e há muitas coisas que podem ser aprendidas a partir dele. Força, coragem, humildade e compaixão são apenas algumas das qualidades que desenvolvemos ao suportar dificuldades. Isso me ajuda a imaginar Deus como um artista e ele está usando essa doença para delinear mais beleza e graça em sua obra-prima.

  • Advertisement
  • A mudança de vida causada pela doença pode ser devastadora, mas você pode criar uma vida que ama a partir das cinzas. Basta lembrar de ser gentil e paciente consigo mesmo durante o processo.

  • Traduzido e adaptado por

  • em,Stael Ferreira Pedrosa Metzger
  • do original When life throws you a curve: How to cope after a life-changing diagnosis, de Shelli Proffitt Howells.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Shelli Proffitt Howells tem bacharelado pela BYU, é uma esposa feliz e mãe de seis filhos. 

Quando a vida lhe coloca contra a parede: Como lidar com um diagnóstico que mudará sua vida

Talvez a beleza da vida seja o fato dela ser imprevisível. Um dia você está bem e feliz e no outro tudo muda. Nem sempre um diagnóstico muda sua vida para pior, podemos fazer da doença um período de aprendizado.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr