7 ideias para poupar dinheiro em famílias grandes

“De grão em grão é que a galinha enche o papo”. O futuro depende do que decidirem hoje o que irão fazer com o que sobrou de ontem.

3,741 views   |   shares
  • Famílias grandes têm algo em comum, além da falta de espaço à mesa nas refeições, do aperto no sofá para assistir televisão, alguns terem que ir no colo do outro no carro, normalmente o orçamento é sempre apertado.

  • Parece que sempre sobra dia no pagamento do mês, ao invés de sobrar o pagamento ao longo do mês. Para isso é necessário usar de algumas estratégias para esticar o orçamento e até mesmo poupar.

  • Pequenas ações podem resultar em grandes resultados. Nada pode ser desprezado; economia de energia, água, desperdício ou exagero nas compras.

  • Mas nada melhor para se poupar do que o planejamento. Todas as famílias, especialmente as grandes, precisam viver baseadas em um planejamento que tenha sido elaborado pela família, mas tem que ter a participação de todos os membros, inclusive das crianças.

  • Na época do “Apagão” em 2001 e 2002, foi um período que por falta de chuvas houve uma crise no Brasil que resultou em um programa do governo que prometia cortes de energia, pois o país não tinha um planejamento para evitar a crise. Porém, foi proposta uma campanha de racionamento voluntário de energia. As famílias se uniram nessa campanha, racionando no que fosse possível. Campanhas foram feitas na televisão e revistas para que houvesse economia. E assim foram evitados os cortes.

  • Em nossa família, meu marido, nossos cinco filhos e eu aderimos à campanha, fizemos um acordo: Deveríamos economizar energia apagando as luzes, reduzindo o tempo no chuveiro e outras ações. Pegamos uma conta de energia como modelo e fizemos uma meta, a cada mês que a conta viesse com valor menor do que a conta base, a diferença em dinheiro seria guardada em uma poupança para que ao final do ano a família fizesse um passeio. Ficamos firme na campanha por oito meses e ao final juntamos dinheiro suficiente para viajarmos por um final de semana para a praia.

  • Após essa experiência, no ano seguinte fizemos um cofrinho. Pegamos um pote de sorvete e lacramos, deixando só uma fenda na tampa para a entrada de moedas. Na frente colamos uma foto do parque de diversões que nossos filhos escolheram para passear nas férias. Foi um programa para o ano inteiro, qualquer membro da família que recebesse uma moedinha de troco do lanche, da padaria, do supermercado, colocava no cofre. Ao final do ano tínhamos enchido dois potes.

  • Minha filha mais velha foi ao banco, próximo de nossa casa, para trocar e voltou com dinheiro suficiente para o passeio e um lanche especial no dia da viagem. Aconteceu um fato interessante: A moça do banco que contou as moedas fez os cálculos e sobrou uma moeda de R$0,25, ela colocou no cofre novamente e disse que era para iniciar a poupança do próximo ano.

  • Advertisement
  • Outras dicas que podem ser interessantes seguem abaixo:

    1. Viver com menos do que se ganha, essa é uma ação importante para poder poupar.

    2. Preparar uma planilha de orçamento familiar e respeitá-la disciplinadamente. Essa planilha deve conter todas as receitas e despesas da família.

    3. Caso seja necessário, a família pode juntos decidir qual meio utilizarão para redução dos custo fixos, como energia, água, telefone, ou os supérfluos como pizza, refrigerante e outro costumes.

    4. Na hora de comprar algo novo, se perguntar: "Eu preciso ou eu desejo?" Só estará precisando se realmente não tiver como ficar sem, como por exemplo, se o tênis de escola do filho está apertado, ou rasgou, isso é precisar. Mas se estiver para comprar um tênis novo só porque iniciou o ano escolar e não quer continuar indo com o antigo, isso é desejo.

    5. Aproveite as ofertas culturais e de lazer gratuitas, geralmente oferecidas pelo poder público local ou escolas, parques, centros esportivos, biblioteca pública ou da escola e sebos são boas opções para quem gosta de ler e comprar livros com frequência.

    6. Ao sair com o carro, certifique-se de tudo o que está precisando para a casa e todos os lugares que precisará passar, programe uma rota para evitar rodar mais do que o necessário economizando combustível.

    7. Prefira programar suas compras com bastante antecedência para ficar atento às promoções, ter tempo para pesquisar e evitar comprar por impulso. Evite dívidas e compras com cartão de crédito que tem juros altíssimos.

  • Essas são algumas dicas para fazer como diz o ditado popular: “De grão em grão é que a galinha enche o papo”. Principalmente para as famílias grandes, a disciplina, o controle e a conscientização de todos fará a diferença.

  • As palavras de ordem neste caso são: consciência, planejamento, disciplina e união.

  • A FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) tem um ótimo site, Meu Bolso em Dia, que oferece gratuitamente planilhas de controle financeiro para cada realidade e necessidade, oferece também orientação de especialistas em economia, dicas e notícias sobre como manter as contas em dia e aprender a economizar.

  • É um site de fácil navegação e interessante para todas as idades, confira!

  • Lembre-se: Seu futuro depende do que você decidir hoje o que fazer com o que sobrou de ontem. Se nada sobrou, será difícil planejar o futuro.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Graduada em Administração de Empresas com MBA em Empreendedorismo. Casada mãe de 6 filhos, avó de 2 netos. Atua profissionalmente como Analista Instrutora da Educação Empreendedora no SEBRAE - SP. Como hobby gosta de artesanato, música e leitu

7 ideias para poupar dinheiro em famílias grandes

“De grão em grão é que a galinha enche o papo”. O futuro depende do que decidirem hoje o que irão fazer com o que sobrou de ontem.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr