6 dicas para ser um bom pai

Você quer ser o melhor pai do mundo? Veja 6 coisas básicas que deve fazer para estar presente na vida dos filhos, desenvolver um laço eterno, inquebrável e maravilhoso.

23,775 views   |   166 shares
  • Creio que todo pai que ame seus filhos deseja ser o melhor para eles, porém, algumas coisas muitas vezes passam despercebidas.

  • Ser pai é uma conquista para qualquer homem, embora alguns não deem valor a este privilégio. É compreender que através dessa continuidade de vida sua geração será eternizada; não é só uma continuação da sua própria genética, mas a perpetuação de seus valores, de seu amor, de tudo o que você somou, de tudo o que você sonhou. Tudo isso reflete em seus filhos. Um dia seus filhos se casarão e serão pais e avós também, e você compreende que mesmo depois da morte, ainda assim será lembrado, pois gerou, formou, ensinou e educou esse ser humano chamado seu filho.

  • Espero que você, neste momento, reflita e relembre de quando seus filhos nasceram. Lembre-se da notícia que sua esposa estava grávida. Como se sentiu? Forte, com medo, inseguro, ansioso, feliz? Lembre-se agora do momento da chegada de cada um dos filhos. Como foi? O que sentiu? Lágrimas rolaram de seus olhos? Que emoção mais forte quanto essa você pode ter sentido ao segurar sua semente nos braços e aninhá-la em seu peito com todo cuidado, com medo para não machucá-la ou deixá-la cair. Que sensação extraordinária! E as primeiras palavras, os primeiros passinhos, o primeiro aniversário, os primeiros brinquedos, as idas à escola, as quedas e aprendizados? Não é maravilhoso e reconfortante lembrar-se dessa época? Não há maior presente do que ser pai.

  • Então, dado esse grande presente em sua vida, vale avaliar se você está sendo um bom pai, vamos ver? Nunca é tarde para corrigir-se e influenciar positivamente a vida de seus tesouros mais preciosos.

  • 1. Participação

  • Você precisa participar ativamente da vida de seu filho. Lembre-se que nada é mais importante que sua família, pois a mortalidade será uma passagem em que você deixará suas pegadas - sejam elas de amor ou não - mas prefira deixar pegadas de carinho, bondade, compreensão, apoio e ternura, pois assim sua lembrança será imortalizada por quem você é e um dia foi e nem mesmo o tempo de ausência afetará o que você de fato representa para sua descendência.

  • Seja participativo nas atividades de seus filhos. Deixar as desculpas de lado é um bom começo para mudar atitudes que só afastam o relacionamento mais precioso entre pais e filhos.

  • 2. Materialismo x Atenção

  • Não confunda atenção material com atenção afetiva. Não ache que dando muitos presentes suprirá sua ausência ou falta de atenção. Ainda que seus filhos sejam crianças, eles saberão de seus sentimentos e os bens materiais que você proporciona não são mais importantes do que seu amor e dedicação.

  • Advertisement
  • 3. Carinho e afeição

  • Não sei como é sua relação com seu filho, mas sei que é importante demonstrar seu carinho e afeição a ele, como:

    • Afague os cabelos de seu filho.

    • Beije-o e diga que o ama.

    • Diga, ao chegar em casa, que sentiu saudades.

    • Brinque com ele, ainda que cansado; reserve 30 minutos para conversar com ele e ajudá-lo em suas necessidades todos os dias.

    • Cante para ele.

    • Ponha-o na cama para dormir.

    • Conte historinhas de ninar.

    • Ajude-o nas tarefas da escola.

    • Passeie com ele nos fins de semana.

    • Abrace-o.

  • 4. Saber lidar e respeitar as diferenças de cada um

  • Cada filho tem uma característica ou personalidade própria. Um gosta mais de literatura, outro gosta mais de futebol, outro gosta mais de música... Esforce-se para conhecer os gostos individuais de cada filho, para compreender suas qualidades e sonhos, apoie cada um à sua maneira. Reserve tempo para se comunicar com cada um e também junte todos para passarem momentos juntos, porque momentos em família nunca são esquecidos.

  • Se você perguntar a um adulto o que ele mais gostava de fazer quando criança, quando passeava junto com seus pais, esse adulto saberá listar com facilidade vários momentos e situações que viveu com os pais, se tiverem experimentado isso.

  • 5. Prestar atenção e valorizar as descobertas

  • Cada idade tem uma descoberta, seja na infância, na adolescência ou na fase adulta. Todos estamos a descobrir constantemente coisas novas, e quando o pai demonstra interesse nas descobertas do filho, é uma forma de incentivo, seja no balé, seja num campeonato, num estudo novo ou num novo trabalho.

  • É importante lembrar que você deve mostrar o quanto está feliz pelo desempenho do seu filho nesse novo empreendimento; isso mostra que você acredita em seu potencial e se orgulha de quem ele é.

  • Converse com seu filho sobre essa atividade ou descoberta, faça perguntas, tire dúvidas, senão fica parecendo que você não ficou satisfeito com a vitória conquistada por ele e que para você não faz tanta diferença.

  • 6. Ensinar pelo exemplo

  • Talvez eu seja um pouco repetitiva nesse assunto, mas é porque entre muitos, acho-o mais importante. A verdade é que não adianta dizer algo que não se faz, o exemplo é o que mostra de verdade. Existem atitudes que são copiadas pelos filhos, sejam elas boas ou ruins, por isso estar atento é tão importante porque seus filhos irão lhe copiar em muitas coisas e isso o influenciará em sua vida e desenvolvimento, portanto:

  • Advertisement
    • Seja honesto, para que seu filho aprenda sobre honestidade.

    • Seja humilde, para que seu filho nunca aja arrogantemente.

    • Seja amoroso, para que seu filho perceba que existe amor e vale a pena lutar por amor.

    • Seja bom, para que seu filho veja que a bondade supera a maldade.

  • Por fim, ser um pai de verdade é ser um pai que saiba chamar atenção quando é preciso, que saiba orientar com firmeza e dignidade, que saiba ajudar o filho sob quaisquer situações, porque você é o único pai que seu filho tem e essa relação jamais poderá ser substituída.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.

Website: http://fernandaferrazmeuspassospelocaminho.blogspot.com.br

6 dicas para ser um bom pai

Você quer ser o melhor pai do mundo? Veja 6 coisas básicas que deve fazer para estar presente na vida dos filhos, desenvolver um laço eterno, inquebrável e maravilhoso.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr