Reconhecendo sua parte numa situação difícil

Repensar o orgulho que leva ? s pessoas a considerarem sempre a própria razão é importante na melhoria da consciência e, consequentemente, das relações.

2,623 views   |   9 shares
  • A verdade é que nenhum de nós, seres humanos, estamos isentos de erros e fraquezas. Não é difícil concluir, pois, que ao nos envolver em um conflito sempre teremos alguma parte dele. Pode até ser que a situação difícil não tenha origem em nossos atos, mas certamente o desenrolar do conflito teve a nossa participação.

  • É difícil desenvolver uma atitude de humildade e reconhecer os próprios erros; há que se ter muita maturidade para agir assim diante de um litígio. O maior problema é que a mágoa nos faz um tanto irracionais e nos torna inflexíveis em nossos argumentos. Entretanto, todo esse impasse traz grandes sofrimentos e acabamos chegando a conclusão que o melhor e mais inteligente é reconhecer e mudar o que nos cabe na situação.

  • Aceitação

  • Para reconhecer qual a parte que nos toca na situação é preciso respirar fundo e ter coragem para compreender as fraquezas que nos limitam. Só assim saberemos quando superá-las e como. Muitas vezes elas se mostram muito difíceis, exigindo grande empenho e isso não acontece de uma hora para a outra. Então, é preciso aceitar que precisamos nos dar esse tempo. Pedir desculpas, forçando algo que não estamos preparados é candidatar-se a reincidir no mesmo erro. Melhor é ser sincero com nós mesmos e com o outro.

  • Arrependimento

  • Uma atitude sincera de arrependimento pode mudar todo o quadro e harmonizar a situação. Uma boa maneira é voltar atrás naquilo que consideramos que erramos e manifestar esse sentimento. Uma atitude humilde tem o poder de serenar o coração de quem se considera em erro. Frases do tipo: "sinto muito" e "desculpe-me", desde que ditas com sinceridade, podem desfazer mal-entendidos e desmanchar rivalidades. Então as mágoas e ressentimentos se dissolvem.

  • Autoconfiança

  • Reconhecer erros e desculpar-se exige muita autoconfiança, pois ser humilde não significa humilhar-se. Não podemos nos sentir diminuídos pelo fato de aceitar nossos enganos; muito pelo contrário, isso demonstra firmeza de caráter. É pela autoconfiança que nos sentimos aptos a mudar, a fazer diferente e não repetir os mesmos erros. Somos autoconfiantes quando estamos prontos a aprender a lidar com nossas fraquezas sem nos abalar tanto e saber lidar com situações difíceis com maior facilidade.

  • Compreensão

  • Ter paciência com nossos desacertos e fraquezas é importante para a superação e melhoria da nossa autoestima, afinal, nos sentimos melhor com nós mesmos. Mas, existe ainda uma consequência importante na melhoria de nossos relacionamentos, pois pela compreensão de nossos enganos, acabamos por compreender a impossibilidade do outro de estar sempre certo. Essa é uma forma bem prática de nos tornarmos mais afáveis, flexíveis e compreensivos.

  • Advertisement
  • Lembremos as palavras de Augusto Cury: "Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar a dor para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência".

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Reconhecendo sua parte numa situação difícil

Repensar o orgulho que leva ? s pessoas a considerarem sempre a própria razão é importante na melhoria da consciência e, consequentemente, das relações.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr