Como lidar com a fibromialgia

Esteja atento aos sinais que podem ser revelados, desde a infância, quando as crianças reclamam de dores, que na maioria das vezes os pais atribuem ao crescimento ou ? s atividades físicas.

2,655 views   |   10 shares
  • Você tem sentido muita dor nos músculos? Fazer alguns movimentos simples, é tarefa difícil? Passa longas horas sem dormir? Então é bom estar atento aos sinais que seu corpo está demonstrando e buscar ajuda médica, pois a fibromialgia tende a piorar se não tratada da maneira correta.

  • O que é fibromialgia?

  • A fibromialgia é uma síndrome que causa dor na musculatura, nos tecidos fibrosos, tendões e ligamentos, que ocorre por tempo prolongado. Muitas coisas podem influenciar na dor, como: os hormônios, o clima (temperaturas), que podem ajudar ou prejudicar e o estado psicológico e emocional do paciente.

  • A fibromialgia é considerada como um tipo de reumatismo ligado à dor. A fibromialgia não causa deformidade, mas sessões de fisioterapia são importantíssimas para não atrofiar um membro, além de ajudar a aliviar a dor.

  • Sintomas

  • . Afeta em sua maioria as mulheres entre 30 e 50 anos, porém, é importante estar atento aos sinais que podem ser revelados desde a infância, quando as crianças reclamam de dores, que na maioria das vezes os pais atribuem ao crescimento ou às atividades físicas e não dão a devida atenção. Os principais sintomas são:

    • Problemas com o sono (distúrbios). Em muitos casos o paciente com fibromialgia passa até mais de 75 horas sem conseguir dormir, o que causa mal-estar e facilita a depressão.

    • Problemas digestivos.

    • Tristeza.

    • Cansaço (fadiga).

    • Depressão.

    • Irritabilidade.

    • Falta de concentração.

    • Dores de cabeça.

    • Ansiedade.

    • Sensibilidade nas áreas doloridas.

    • Ardência no local da dor.

    • Sensação de inchaço.

    • Dificuldade para movimentar o local dolorido.

    • Formigamento no local.

    • Dor intensa ou leve nas áreas afetadas.

    • As dores podem se estender por: nádegas, braços, pernas, peito, joelhos, coxas, área lombar, peito, caixa torácica e ombros. Diarreia ou prisão de ventre.

    • Forte TPM.

  • Exames

  • . São feitos alguns exames iniciais, como de sangue e urina. O médico pode tocar em algumas regiões para saber a intensidade da dor e as localidades, fazendo isso para descartar outros problemas de saúde, já que os sintomas podem ser confundidos com outra enfermidade. A fibromialgia pode ser confirmada além dos exames radiológicos, histopatológico, polissonografia, eletromiográfico, também com a constatação médica da presença de dor, em 11 lugares diferentes de 18 regiões do corpo.

  • Advertisement
  • A fibromialgia pode estar ligada a outros problemas de saúde como: hipermobilidade, distúrbios emocionais, hipotireoidismo ou doença de Lyme, que é causada pela mordida do carrapato.

  • Tratamentos

  • .

    • Fisioterapia.

    • Massagens.

    • Antidepressivos.

    • Analgésicos.

    • Relaxantes musculares.

    • Eliminação da cafeína.

    • Exercícios de baixo impacto.

  • Causas

  • . A causa da fibromialgia ainda é desconhecida, contudo, parece haver um vínculo com a regulação de determinadas substâncias do Sistema Nervoso Central - serotonina e noradrenalina - e/ou uma alteração do padrão de sono REM.

  • Outros fatores que podem contribuir ao desenvolvimento ou manutenção da sintomatologia da fibromialgia são: estresse psicológico, doenças imunológicas ou endocrinológicas.

  • Muitos pacientes não têm nenhuma doença subjacente, enquanto outros podem ter patologias associadas como, artrite reumatoide da coluna vertebral, doença de Lyme, síndrome do cólon irritável, enxaquecas, etc.

  • A cura

  • Apesar de não haver ainda cura para a fibromialgia, existem tratamentos que têm demonstrado muito sucesso na diminuição da dor e uma melhor qualidade de vida, porém, o paciente deve ter muito cuidado com propostas de medicamentos milagrosos, principalmente oferecidos pela internet. O recomendado é seguir as orientações médicas e fazer atividades relaxantes, como tai chi, yoga, entre outros.

  • Referências:

  • www.fibromialgia.com.br
  • www.minhavida.com.br

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.

Website: http://fernandaferrazmeuspassospelocaminho.blogspot.com.br

Como lidar com a fibromialgia

Esteja atento aos sinais que podem ser revelados, desde a infância, quando as crianças reclamam de dores, que na maioria das vezes os pais atribuem ao crescimento ou ? s atividades físicas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr