Você é muito nervosa? 3 ações urgentes para salvar seu casamento

Se você é uma pessoa nervosa ou convive com uma, você precisa ler este artigo com URGÊNCIA!

20,461 views   |   10 shares
  • Quando duas pessoas se conhecem e começam a se relacionar amorosamente, a esperança é de que tudo seja lindo, romântico e calmo para que vivam felizes para sempre. Mas com o passar do tempo cada um começa a mostrar sua personalidade, e é neste momento que o casal precisa ter bom senso e sabedoria para saber lidar com as diferenças que certamente aparecerão.

  • Entre as diversas razões de brigas no casamento, geralmente, destacam-se como as principais causas o ciúme, a desconfiança, o comportamento possessivo, o desacordo nas ideias, entre tantas outras. Porém, quando estas diferenças partem de pessoas com algum tipo de distúrbio nervoso o caso fica mais sério e pode culminar no rompimento do relacionamento ou mesmo em tragédia.

  • Por que as pessoas ficam nervosas?

  • O nervosismo é uma reação emocional que altera de forma leve, moderada ou severa a personalidade de uma pessoa. E as razões que fazem com que estas emoções se manifestem nem sempre são justificadas para quem está de fora, ou recebendo a reação.

  • 10 dicas para aprender a controlar seu temperamento
  • O responsável por essa reação do corpo com o meio externo é o sistema nervoso, pois é o centro emocional de nosso organismo. O cérebro interpreta e responde a estímulos, e controla ações desde a tensão dos músculos à respiração e batimentos cardíacos, interfere na capacidade de realizar certas tarefas e, principalmente, nos relacionamentos. Se há um desajuste no equilíbrio químico mental, as reações podem fugir do normal.

  • A pessoa pode trazer um temperamento explosivo conforme a criação que recebeu ou mesmo como reação aos revezes da vida, além de apresentar distúrbios fisiológicos, neurológicos ou psicológicos.

  • Soluções urgentes

  • Se seu casamento está sofrendo com reações extremas de nervosismo por parte de um dos cônjuges, ou se estão percebendo que a relação tem a tendência para sérios conflitos, é hora de parar e refletir. E, principalmente, de tomar uma atitude para salvar seu casamento, mesmo que tenha que buscar ajuda da medicina.

  • Ações de autocontrole imediato:

  • 1. Pense antes de falar

  • Evite responder a provocações, e quando perceber que seu parceiro está alterado, procure não alimentar sua reação, mas escolha ser a parte pacificadora.

  • Advertisement
  • 2. Nada de comparações

  • No momento crítico em que o casal não está se entendendo e que um dos dois, ou os dois, estão alterados, evite comparar o cônjuge com pessoas como seu pai, sua mãe, irmãos ou qualquer outra pessoa que você admire ou rejeite.

  • 3. Recue

  • Às vezes é preciso abandonar uma situação desafiadora para que o equilíbrio seja preservado. Evite investir contra a pessoa que está nervosa. E se for você a pessoa, esforce-se para recuar e não permitir que as coisas piorem.

  • Ações de controle constante a médio e longo prazo

    • O casal deve procurar por ajuda terapêutica e aconselhamento com líderes religiosos que podem dar suporte para manter o controle da situação. A fé pode transformar o comportamento humano de maneira divina.

    • A prática de esporte é muito boa para promover o bem-estar do sistema nervoso, pois ajuda na produção da serotonina que libera o hormônio da alegria. Caminhada, ioga, relaxamento, alongamento e natação são opções que o casal pode praticar juntos ou mesmo separados, mas sempre com o foco na busca pelo autocontrole.

    • Quando perceber que começa a se irritar, respire profundamente, mantenha um diálogo consigo mesmo, acalme sua mente para que as reações fisiológicas baixem, como: sudorese, dor de cabeça, dor no estômago, taquicardia e o pior de todos os sintomas, a raiva, a vontade de explodir e atacar.

    • Não hesite em procurar acompanhamento médico ou de psicólogo, pois seu casamento e sua relação amorosa sempre valerão mais do que colocar toda sua fúria para fora.

  • 4 maneiras de lidar com um cônjuge irritado que funcionam
  • Se você é uma pessoa nervosa ou convive com uma, lembre-se, nem sempre se pode controlar o nervosismo, mas se tiver consciência de sua condição e buscar ajuda pode fazer com que sejam menos frequentes estas reações negativas. Aos poucos perceberá que está no controle de suas reações, sabendo exatamente o que deve ser feito em momentos extremos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Graduada em Administração de Empresas com MBA em Empreendedorismo. Casada mãe de 6 filhos, avó de 2 netos. Atua profissionalmente como Analista Instrutora da Educação Empreendedora no SEBRAE - SP. Como hobby gosta de artesanato, música e leitu

Você é muito nervosa? 3 ações urgentes para salvar seu casamento

Se você é uma pessoa nervosa ou convive com uma, você precisa ler este artigo com URGÊNCIA!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr