9 dicas para evitar o vício em videogames

O videogame pode ser um divertimento bastante agradável, mas é preciso cuidado para não viciar.

9,228 views   |   27 shares
  • Os jogos eletrônicos estão cada vez mais avançados e reais. Não é difícil passar horas e horas na frente da televisão tentando melhorar as fases e ganhar cada vez mais pontos e bônus em jogos nos videogames.

  • No entanto, tudo que é demasiado pode atrapalhar e tudo que é vício traz consequências ruins. Controlar esses momentos no videogame é fundamental.

    1. Tenha um tempo determinado para passar na frente da TV no videogame. Você pode estipular trinta minutos, uma hora.

    2. Este momento que será de descontração não pode atrapalhar outras tarefas ou momentos importantes, então seja honesto consigo mesmo quando for limitar esses momentos.

    3. Coloque suas prioridades e somente depois delas estipule os momentos de jogos e diversão. Um tempo de descanso e ao lado da família é prioridade em relação aos jogos de videogames.

    4. Controle-se também em relação à aquisição de novos jogos. Quanto mais novidades adquirir mais tempo será gasto para conseguir chegar ao fim das fases no jogo.

    5. Se forem as crianças as que passam mais tempo jogando, estipule a elas também horários para que possam aproveitar do joguinho sem que isso se torne um vício. Como durante a semana a escola é a prioridade, procure deixar o tempo do videogame apenas para o final de semana.

    6. Apresente às crianças outros tipos de passatempo, como quebra-cabeças, jogos de memória etc. Estes, além de interessantes, estimulam o raciocínio e são uma forma diferente de diversão.

    7. Passeie mais com seus filhos. Você pode levá-los ao parque para que brinquem ou andem de bicicleta, tenham mais contato com a natureza e divirtam-se juntos de amigos da mesma idade. Essas atividades são muito mais interessantes do que passar horas na frente do videogame.

    8. Mostre a eles outras opções de divertimento para que possam deixar um pouco o videogame de lado e aprenderem a divertirem-se de outra forma.

    9. Nos momentos reservados ao videogame participe também propondo um campeonato, assim você poderá controlar melhor o tempo além de divertirem-se juntos.

  • Controlando o tempo e aplicando as dicas acima, o videogame passará a ser apenas mais uma forma de diversão e não se tornará um vício. O vício no videogame, quando acontece, se torna muito ruim para o desenvolvimento das crianças. Cuide para que isso não aconteça e esteja sempre atenta aos momentos de diversão de seus filhos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.

9 dicas para evitar o vício em videogames

O videogame pode ser um divertimento bastante agradável, mas é preciso cuidado para não viciar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr