Como a mulher pode ajudar a manter a paz no lar em meio a crises financeiras

Mulheres, desempenhem seus papéis de forma que a paz seja uma constante em seu lar e que o amor seja a força que acalma as tempestades.

3,829 views   |   5 shares
  • Muitas famílias enfrentam diversas dificuldades ao longo da vida, uma delas pode ser relacionada as questões financeiras.

  • O marido e a mulher podem ser muito felizes e ter certeza de seu amor um pelo outro, mas ao enfrentarem dificuldades financeiras todo esse amor pode se esvair.

  • As dificuldades financeiras podem vir por diversos fatores como desemprego, má administração, hábitos de consumo ruins, gastos inesperados com saúde. Seja qual for a origem, a desestabilidade financeira é um mal para muitos lares, pode acabar com a paz e alegria da família e na pior das hipóteses destruir casamentos.

  • A mulher tem papel muito importante dentro da família e nas questões financeiras. Os papéis desempenhados pela mulher podem ter influência positiva ou negativa com relação a paz familiar.

  • Enfrentar dificuldades financeiras por si só já representa um grande desafio para uma família, mas passar por essas dificuldades e ainda ter de lidar com um lar desestruturado, onde imperam as brigas, gritos, discórdias, críticas, egoísmo e orgulho faz com que a situação se torne muito mais difícil de sobrepujar e o fardo muito mais pesado de se carregar.

  • Enquanto mulheres, esposas, mães e donas de casa precisamos adotar certas atitudes que contribuam para que, mesmo em meio a tempestade, o nosso lar seja um lugar seguro de refúgio, consolo e esperança. Vejamos como podemos fazer isso:

  • Enquanto Mulheres

  • O Poeta Francês Victor Hugo em seu poema intitulado "O Homem e a Mulher" descreve que a mulher é capaz de todos os martírios, e que o martírio sublima, no sentido de exaltar e engrandecer.

  • Devemos, como mulheres, assumir esse nosso lado de mártires. Muitas vezes teremos de fazer sacrifícios, principalmente em momentos de crise financeira, mas tais sacrifícios devem ser feitos de modo gentil e sem reclamações. Não há nada pior que uma mulher que passa o dia todo a reclamar que não tem isso ou aquilo. Compreender que essa situação é passageira ajudará a aceitar de modo menos sofrido os sacrifícios que terão de fazer.

  • Enquanto Esposas

  • Em épocas difíceis o estresse recai sobre as pessoas. Em uma família que passa por dificuldades financeiras é comum o marido estar mais irritado e menos tolerante. As emoções ficam à flor da pele, e muitas vezes é difícil controlar. Nós mulheres, nesses momentos, precisamos ser mais compreensivas, relevar um pouco mais e nos ofendermos com menor facilidade, pois muitos fatores estressantes estarão presentes e alguém precisará manter a calma e a serenidade. Evitar entrar em discussões, não provocar e não deixar-se provocar. Meu marido e eu combinamos que apenas um de nós pode se estressar por vez, o outro tentará compreender, relevar e em alguns casos afastar-se um pouquinho.

  • Advertisement
  • Enquanto Mães

  • Precisamos explicar aos nossos filhos com honestidade a situação que a família está vivenciando e as mudanças que porventura ocorrerão. Às vezes nós ficamos mal por ter de negar algo que nossos filhos nos pedem, ainda mais se não estivermos em condições financeiras de atender ao pedido deles. Precisamos aproveitar essa situação para ensiná-los uma grande lição e aprender também a diferença entre desejo e necessidade.

  • Enquanto Donas de Casa

  • Neste aspecto, temos bastante a contribuir. Buscar conhecimento acerca de economia doméstica será de grande ajuda. Podemos também, em épocas melhores, armazenar alimentos. Precisamos desenvolver o dom de sermos precavidas e prudentes tanto nos momentos de fartura, quanto nos momentos de escassez.

  • Nossa influência ultrapassa nossa capacidade de compreensão. Pode estar em nossas mãos o poder de trazer paz e alegria ao nosso lar mesmo nos momentos mais difíceis. Desempenhem seus papéis de forma que a paz seja uma constante em seu lar e que o amor seja a força que acalma as tempestades. O nosso lar deve, e pode, ser um pedacinho do céu em qualquer momento de nossas vidas.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

Como a mulher pode ajudar a manter a paz no lar em meio a crises financeiras

Mulheres, desempenhem seus papéis de forma que a paz seja uma constante em seu lar e que o amor seja a força que acalma as tempestades.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr