Você me diz que seus pais não entendem, mas você não entende seus pais

Questionar sentimentos é uma forma de trazer a realidade ? tona e facilitar a compreensão de si mesmo e dos outros.

2,434 views   |   1 shares
  • Esse verso de Renato Russo na música "Pais e Filhos" transmite uma profundidade intensa. Se você é uma dessas pessoas que não se sente entendida pelos pais e, mesmo adulto, não superou isso, certamente precisa repensar a situação. Para facilitar sua reflexão, seguem algumas questões.

  • Por que seus pais não o entendem?

  • É importante que você reflita sobre isso, a fim de determinar o que significa para você. Talvez você tenha se sentido rejeitado no passado, ou não acredita ser o filho que seus pais desejavam. Enfim, o que seria "não ser entendido" para você? Também é importante situar suas reflexões numa linha de tempo: Quando você "não é entendido"? Como era a sua relação com seus pais na infância e na adolescência? Como é agora? Quando você passou a sentir que eles não o entendiam? Certamente esses questionamentos irão fazer você pensar em coisas que nunca havia se dado conta antes.

  • Você entende seus pais?

  • Os jovens costumam ter impulsos de rebeldia porque esse é um período de suas vidas em que começam a formar seus próprios valores. Normalmente são questionadores e alguns até desejam construir uma vida muito diferente da que tiveram com seus pais. Todavia, com o passar dos anos, costumam compreender que os pais tinham razão em muitas coisas, mas que também tiveram suas falhas. Você tem essa compreensão? Consegue ver seus pais como seres humanos e, portanto, falíveis? Acredita que eles fizeram o melhor que podiam diante da visão de mundo deles?

  • Como promover o entendimento?

  • Alguns conflitos são inevitáveis, mas muitos podem ser solucionados com compreensão e respeito mútuo. Não é fácil desenvolver a habilidade de comunicação, principalmente quando existem mágoas travando o entendimento, mas aprender a lidar com isso é recompensador. Você tem tentado entender seus pais? Conversa com eles? Convive com eles? O entendimento acontece quando existe disposição de compreender e relevar as diferenças. Sem dúvida a empatia pode ajudar muito, afinal quando tentamos estar no lugar do outro, sentindo seus sentimentos, ampliamos sobremaneira a nossa capacidade de percepção do mundo do outro. Isso pode ser feito por ambas as partes, entretanto, quem você considera que deve tomar a iniciativa da reaproximação, o filho adulto ou os pais idosos?

  • Qual o seu grau de responsabilidade com seus pais idosos?

  • A família é definida como um grupo social com responsabilidades perante si mesmo e toda a sociedade. Diante da inversão imputada pelo tempo espera-se que os filhos passem a cuidar de seus pais. Mas isso não inclui apenas o sustento básico, mas a atenção, o carinho e a afetividade necessários para que o idoso tenha qualidade de vida. Você sabe quais são as fragilidades e carências de seus pais? Acredita que tem feito o melhor que pode nesse sentido? Perante você mesmo, a sociedade e, acima de tudo, perante Deus, você pode sentir que cumpre com sua obrigação de filho?

  • Advertisement
  • Muitas reflexões se fazem necessárias, mas o fato é que, independente de qualquer coisa, a boa convivência é benéfica para toda a família!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Você me diz que seus pais não entendem, mas você não entende seus pais

Questionar sentimentos é uma forma de trazer a realidade ? tona e facilitar a compreensão de si mesmo e dos outros.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr