Meu filho tem um talento incrível! O que fazer para estimular sem forçar

Todas as crianças possuem talentos, é necessário descobri-los para então procurar uma forma de estimular sem forçar. Descoberto o talento, siga estes 7 passos para que o talento cresça ainda mais.

2,535 views   |   2 shares
  • Quando meu filho mais velho nasceu costumávamos colocar músicas clássicas para ele ouvir e à medida que foi crescendo habituou-se àquele gênero musical. Ele passava a maior parte do tempo com minha sogra e para distraí-lo ela colocava o filme Fantasia 2000 produzido pela Disney. Suas músicas preferidas eram as da 5ª sinfonia pois ele gostava de imitar o maestro. Também tinham as Marchas de Pompa e Circunstâncias nas quais o Pato Donald interpretava o ajudante de Noé.

  • Toda esta estimulação e incentivo para este estilo musical desde bebê tinham um único propósito, que ele pudesse tocar algum instrumento, de fato o instrumento preferido da família era o piano. A princípio não sabíamos se realmente ele teria talento, mas a introdução da musicalização parece que estava surtindo efeito.

  • O tempo passou e o interesse também, não que ele tenha deixado de gostar de música clássica, mas em certo momento quando achávamos que poderíamos iniciar com as aulas de piano, não houve entusiasmo por parte dele, até mesmo um pianinho de brinquedo ele ganhou e só não o destruiu porque ficávamos acompanhando. Desanimados acabamos deixando de lado este desejo, mas eu sempre confiei que um dia poderia vingar, eu percebia que ele tinha talento e não desisti. Passado algum tempo o talento desabrochou e o desejo foi realizado.

  • O que fazer para estimular um talento sem forçar? Algumas ideias poderão ajudá-los a descobrir quais os talentos que seus filhos possuem.

  • 1. Observe

  • A observação das crianças o ajudará a descobrir desde cedo quais são as habilidades para os talentos que elas possuem, pode ser esporte, artesanato, pintura, música ou livros, a partir daí anote tudo ou faça um diário, e inicie o desenvolvimento aos poucos com pequenos estímulos.

  • 2. Estimule

  • O estímulo acontecerá, mas de forma lúdica, encontre atividades que a criança gosta de fazer e brincar, seja em casa ou através de uma escola. Nem sempre aquilo que serviria de estímulo para nós serve para ela. Quando meu filho ganhou de presente um piano de brinquedo pensei que estimularia a vontade de tocar aquele instrumento, quando na verdade serviu apenas como uma brincadeira de bater e desmontar, na visão da criança ela não estava errada.

  • Advertisement
  • 3. Brinque

  • As crianças aprendem brincando. Refleti e então percebi onde estava o erro quando ele ganhou o piano de brinquedo. Certo dia observei meu filho jogando no computador. No jogo ele precisava usar a habilidade de todos os dedos das mãos no teclado e acompanhar o comando na tela como se fosse uma partitura, foi neste momento que tudo começou. “Puxa, como você tem habilidade com as mãos, sabia que tocar piano pode ser tão divertido quanto este jogo? Gostaria de tentar?” Ele ficou entusiasmado com a ideia de “jogar” no piano.

  • 4. Incentive

  • Após perceber que a criança sentiu o desejo de fazer a atividade à qual você a estimulou, passe para o passo seguinte: encoraje, incentive e motive! Dê animação, pois é isso que você quer também.

  • 5. Ensine

  • Agora que a criança recebeu o estímulo adequado sem ser forçada e se sente motivada a desenvolver as habilidades do talento descoberto, chegou o momento de aprender. Para isso você terá que contar com a ajuda de profissionais da área para ensiná-la de forma que ela continue motivada, aprendendo e brincando, a princípio. A escolha acertada da escola ou do profissional será de grande importância para o desenvolvimento do talento da criança, uma escolha errada poderá desmotivar totalmente a criança ou impedir seu progresso, peça referências e se informe antes de ir para esta etapa.

  • 6. Desafie

  • Após algum tempo de aprendizado você percebeu que o talento desabrochou e a criança entendeu o talento que possui e se habituou aos estudos deixando a brincadeira de lado, mas cuidado, neste ponto a criança poderá perceber certa rotina. Chegou o momento de oferecer desafios, pode ser através de campeonatos, exposição ou pequenas responsabilidades. Após seis meses de aprendizado, o professor desafiou meu filho a fazer um recital solo no museu da cidade, montou a programação e deu dois meses para ele se preparar, ao mesmo tempo ele se sentiu feliz pela confiança e motivado, mas também apreensivo. No final tudo deu certo, e ficamos orgulhosos pela apresentação.

  • 7. Recompense

  • Ser elogiado, recompensado e reconhecido fará parte sempre dos resultados obtidos e trará mais estímulo e motivação. Depois de superados os desafios ou a cada etapa de aprendizado e conquista, faça com que a criança sinta que todo o esforço empreendido valeu a pena. Recompense-a e desta forma ela terá disposição e gosto para encarar os próximos desafios. Isto também servirá de ensino para encarar todas as dificuldades da vida.

  • Advertisement
  • Todas as crianças possuem talentos guardados, é necessário descobri-los.O que pode acontecer é que muitas vezes são forçadas a desenvolvê-los - ou porque os pais não estão preparados para lidar com a situação ou porque a ansiedade de ver seus filhos fazendo o que os filhos dos seus amigos fazem passa e ser um desejo seu e não da criança. Procure sempre observar o que seus filhos gostam de fazer. Coloque-os para fazer várias atividades, estimule e brinquem juntos e encontrará os seus talentos.

  • Uma das responsabilidades do meu filho é tocar piano todos os domingos nas reuniões da igreja, isto faz com que ele seja desafiado a cada semana, pois tem que ensaiar hinos diferentes. Eu já o coloquei para fazer várias atividades, dentre elas, natação, tae-kwon-do e tênis. Este último talvez seja mais meu desejo do que dele, agora estou incentivando-o a jogar xadrez.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Sandro A Correa é graduado em Farmácia, pós-graduado em Fisiologia - UEL e Empresário do ramo de seguros. Natural de SCS - São Paulo; Casado, pai de dois filhos, tem como hobby a prática do tênis.

Website: http://mormon.org/por/me/9HPR/Sandro

Meu filho tem um talento incrível! O que fazer para estimular sem forçar

Todas as crianças possuem talentos, é necessário descobri-los para então procurar uma forma de estimular sem forçar. Descoberto o talento, siga estes 7 passos para que o talento cresça ainda mais.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr