Como ajudar uma pessoa com depressão a reencontrar alegria na vida

Mesmo com doenças ou desafios difíceis, ainda há muito na vida para ter esperança e gratidão.

1,626 views   |   2 shares
  • Os desafios fazem parte da vida. O que pode ou não acompanhar o desafio é bastante indesejado: a depressão. Ela existe, é uma doença, e pode ser tratada e curada.

  • Depressão é um assunto que as pessoas procuram evitar, parece vergonhoso ser acometido por tal doença ou ter alguém muito próximo, como um parente, sofrendo deste mal.

  • Quando alguém que amamos está gripado, fazemos chá, cobramos seu descanso, oferecemos fontes de vitamina C, damos atenção e carinho, e em uma semana a gripe vai embora e a pessoa fica revigorada. No caso de alguém com depressão, a atenção que devemos prestar é necessária da mesma forma. Porém, não levará apenas uma semana para que fique curado, e nossa paciência terá que ser abundante.

  • Algumas dicas do que fazer para ajudar os envolvidos a passarem por essa fase e vencer:

    • A pessoa doente não está vendo o mundo como ele realmente é. Isso faz parte da doença. Por isso, muita calma e muita paciência serão necessárias, nas conversas, decisões, comentários, especialmente no caso de ser alguém da sua família imediata, quando decisões precisam ser tomadas em conjunto, ou quando a pessoa é responsável por ajudar a manter relacionamentos.

    • Talvez, será muito difícil entender que neste momento a cobrança de algo simples poderá se tornar em uma bomba e pode destruir muita coisa que foi construída ao longo do tempo. Pondere muito antes de falar, comentar, perguntar, e o que puder carregar sozinho, aguente firme, pois isso passará um dia, com tratamento.

  • Lembre-lhe dos medicamentos

  • , supervisione-os, guarde-os, e se for necessário, você mesmo os administre. Há medicamentos que são até perigosos, e é importante acompanhar para a pessoa que você ama não fazer mau uso deles.

  • Fique de olho nas consultas

  • , datas e horários, e não o deixe desanimar ou simplesmente largar o tratamento. Assim como qualquer outra doença que volta, depressão recorrente é mais difícil de ser curada.

  • Elogie

  • , sempre sinceramente. Sorria, mostre que a vida é boa e que momentos ruins vão embora, mesmo que demorem alguns anos. Mostre-lhe as conquistas de ambos, pricipalmente as dele, os efeitos de suas realizações, amizades, família amorosa, mostre-lhe o lado bom da vida, pois a depressão deixa a visão de tudo isso muito turva, e alguém que possa iluminar faz toda a diferença.

  • Ajude as outras pessoas

  • , familiares e amigos a entenderem que esta fase pode ser difícil para todos, mas que com a compreensão e união tudo poderá ser vencido. Incentive-os a serem carinhosos, atenciosos e pacientes. Converse abertamente e sem preconceitos. Quando todos entendem o que está acontecendo, fica muito mais fácil lidar com a situação e sair vitorioso.

  • Advertisement
  • Fique atento à alimentação

  • , com a quantidade de alimentos que está sendo ingerida atualmente, observando se não está sendo maior ou menor que antes, se está rejeitando alimentos importantes ou se interessando apenas por um tipo. Lembre-se de que uma alimentação balanceada é muito importante para todos, especialmente para quem está debilitado.

  • Repare nos cuidados básicos

  • , higiene, autoestima. Muita coisa pode se alterar com a pessoa doente. Ajude a manter o padrão que era antes, do cuidado que tinha consigo mesmo, unhas, cabelo, jeito de se vestir, banhos, escovação dos dentes. Mas cuidado para não se tornar um sargento. Você está ali para fortalecer, não para fazer com que a pessoa se sinta ainda pior.

  • O sono adequado é muito necessário para o bem-estar

  • Com a depressão, ele costuma ser mais ou menos intenso. Ajude a proporcionar o equilíbrio, por volta de oito horas de descanso, com atividades calmas para os insones e programas interessantes para manter despertos os sonolentos.

  • Aproveite o tempo livre

  • , feriados, finais de semana e faça passeios ao ar livre. A natureza sempre é reconfortante e curadora. Prepare-se com antecedência e organize piqueniques, jogos ao ar livre, brincadeiras divertidas, use a criatividade.

  • incentive a pessoa acometida a praticar exercícios físicos

  • Por fim, incentive a pessoa acometida a praticar exercícios físicos. Procure saber o que ela gostaria de fazer, não importa muito o tipo de exercício, mas é importante que a pessoa se exercite. Ela gosta de andar de bicicleta, convide-a para dar voltas, marque alguns dias da semana, o horário, e não se deixe desanimar, incentive e vá junto. E mesmo que você não goste dessa modalidade esportiva, vai acabar se divertindo e se sentindo feliz também.

  • Esses serão momentos em que sua força e paciência serão muito testadas. Muitas vezes, sentirá o desejo de desistir, pois o processo de melhora de uma pessoa com depressão é muito lento. Não desista! Não desanime! Lembre-se, uma pessoa amada está contanto com o seu auxílio e está debilitada, sem conseguir vencer sozinha. E conta com você. Às vezes, somente com você. Seja forte!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Como ajudar uma pessoa com depressão a reencontrar alegria na vida

Mesmo com doenças ou desafios difíceis, ainda há muito na vida para ter esperança e gratidão.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr