Como obter forças para levantarmos e seguirmos em frente após o fracasso

Se você sentir alguma força querendo lhe puxar para baixo, olhe para o céu. Há um Deus nas alturas estendendo a mão para lhe resgatar.

2,010 views   |   6 shares
  • Há algum tempo eu andava meio desanimada. Tenho por hábito, no início de cada ano, traçar várias metas para serem cumpridas ao longo do ano vigente. Tais metas são, geralmente, de cunho profissional, espiritual, familiar, de saúde e bem-estar.

  • Ao analisar minhas metas, percebi que não conseguia progredir em algumas. Pensamentos pessimistas tomaram conta de mim por alguns instantes. Pensei: “Nem adianta mais tentar! Se não consegui até agora, não vou mais conseguir! Acho que não é para ser, mesmo! Quem sabe eu esteja condenada a fracassar neste ponto!”.

  • Logo percebi que aquele tipo de pensamento não vinha de mim. Parecia uma força maligna tentando me derrubar. Então, um sentimento cálido de esperança ardeu no meu peito. Um pensamento simples e otimista afastou aquele sentimento de fracasso. Este sentimento, sim, sabia vir do alto.

  • Creio que muitas pessoas já se sentiram ou sentem-se fracassadas em alguma área de sua vida. Já ouvi vários desabafos que apontam para isso, tais como:

    • “Já desisti de casar! Estou condenado a ficar sozinho!”

    • “Sou burra! Jamais conseguirei aprender!”

    • “Estou condenado a ficar atrás desse balcão! De que adianta mostrar produtividade e competência?”

    • “Não adianta mais tentar! Jamais conseguirei dominar o meu gênio!”

    • “Decidi que ‘vou chutar o balde’! Não consigo controlar minha obsessão por comida!”

    • “Deus já desistiu de mim!”

  • Esse tipo de pensamento precisa ser urgentemente afastado. Ele enfraquece a nossa fé e destrói a esperança. E faz com que nos esqueçamos de todas as outras coisas boas que temos na vida. Muitas pessoas deixam os pensamentos pessimistas tomarem conta de si e acabam desistindo do progresso e, até mesmo, de viver.

  • Recentemente, assisti a um dos melhores sermões que ouvira em toda a minha vida. Ele foi proferido pelo piloto alemão, executivo em companhias aéreas e líder religioso Dieter F. Uchtdorf. Neste discurso ele falou algo que soa como melodia celestial nos ouvidos daqueles que se encontram atormentados por sentimentos de fracasso. Ele disse: “Nós mortais não nos tornamos campeões sem cometer erros. Nosso destino é determinado pelo número de vezes que nos levantamos, sacudimos a poeira e seguimos em frente. Nós podemos aprender algo a partir do fracasso e nos tornar melhores e mais felizes.

  • Advertisement
  • Não que cair seja algo pelo qual devamos nos orgulhar. Mas podemos aprender muito com nossas quedas ou derrotas. E, na minha visão, humildade é a maior das lições.

  • Ele prossegue: “Isso não significa que devemos nos conformar com nossos erros, nossas fraquezas ou nossos pecados, mas há uma diferença importante entre a tristeza pelo pecado que conduz ao arrependimento e o sofrimento que conduz ao desespero.”

  • Paulo explica a diferença entre esses dois sentimentos – tristeza pelo pecado ou segundo Deus e tristeza que leva ao desespero ou à morte: “Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, da qual ninguém se arrepende; mas a tristeza do mundo opera a morte2 Coríntios 7:10 Você pode aprender mais sobre este tema no artigo Como a tristeza do arrependimento pode se tornar a alegria de uma vida limpa.

  • Uchtdorf diz ainda: “Mesmo aqueles que colocam o coração em metas divinas podem tropeçar de vez em quando, mas não vão ser derrotados. Creem nas promessas de Deus e confiam nelas. Vão se levantar novamente com uma resplandecente esperança em um Deus justo e na inspirada visão de um futuro grandioso. Sabem que podem fazer isso agora.”

  • O nosso propósito mortal deve ser o aperfeiçoamento. Viver um dia após o outro, corrigindo aquilo que está errado, levantando após cada queda e jamais desistir de nosso progresso. O nosso destino final deve ser retornar ao lar celestial. Não devemos nos contentar com nada menos do que isso.

  • Há um ser maligno que quer nos fazer desistir dessa luta. Ele não quer que saibamos ou nos lembremos de que somos filhos de Deus. Ele quer que nos menosprezemos, que nos tornemos tão miseráveis quanto ele é.

  • Por isso, quando o desânimo e pensamentos de derrota quiserem lhe abater pense no seguinte:

    • Os céus se regozijam por cada pecador arrependido, busque corrigir a sua vida.

    • Deus jamais desistirá de você, Ele lhe ama.

    • Ele quer lhe ouvir: ore.

    • Ele quer lhe consolar: leia as escrituras sagradas e medite sobre elas.

    • Ele quer lhe abençoar: guarde Seus mandamentos.

    • Ele quer que você aprenda ou recorde de seus ensinamentos e renove seus convênios: vá à Igreja.

  • Advertisement
  • Faça isso agora! É o que vai lhe ajudar a ter forças para prosseguir sem desanimar.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Como obter forças para levantarmos e seguirmos em frente após o fracasso

Se você sentir alguma força querendo lhe puxar para baixo, olhe para o céu. Há um Deus nas alturas estendendo a mão para lhe resgatar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr