Como se relacionar com os netos que moram longe

Morar longe não deve significar distância no relacionamento entre avós e netos. Algumas dicas podem ajudar você a ficar mais próximo de seus amados netinhos.

1,056 views   |   shares
  • Avós com filhos e netos que moram longe ainda podem ficar em contato. Aqui estão algumas ideias para se unir com a nova geração, mesmo aqueles que vivem a grandes distâncias:

  • 1. Reúnam-se regularmente

  • Isso é complicado quando a viagem é cara, portanto, algumas famílias se encontram anualmente ou até mesmo a cada dois anos. Algumas dicas podem ajudar a organizar esses encontros:

  • Revezem-se na organização

  • Algumas famílias têm um lugar especial para se reunirem. Outros podem se reunir em um local diferente a cada vez, escolhido pelo organizador daquele ano. Dividam democraticamente as tarefas de cozinhar, limpeza e outras entre as famílias que participam, para que ninguém se sinta sobrecarregado ou injustiçado.

  • Façam com que o maior custo seja o do transporte

  • Às vezes, os avós assumem todos os custos de ter sua família reunida.

  • Tenham a expectativa de que todos compareçam

  • Deixe que o envolvimento familiar e a "pressão do grupo" tornem a reunião um compromisso.

  • Tentem mantê-la divertida

  • A maioria das famílias acha que a melhor opção é um cronograma de atividades livremente organizadas com tempo de sobra para visitas e interações não planejadas. Algumas famílias organizam uma Olimpíada da família com jogos bobos como derrubar blocos com uma bola arremessada de um estilingue feito de pano de prato. Outros podem convidar a todos para assistir a um vídeo musical caseiro da família. É bom ter algumas atividades com o propósito específico de ajudar os netos a apreciarem um ao outro.

  • Camisetas personalizadas ajudam todos a recordar e apreciar as lembranças

  • Tire fotos de família e compartilhe-as em livros impressos.

  • 2. Entre os eventos, conversem sempre que possível com os familiares e façam questão de passar tempo com os netos. Férias com apenas os avós e netos pode ser uma boa e especial maneira de se relacionarem.

  • 3. Socializar

  • Mensagens de texto, Facebook e Twitter podem soar como uma língua estrangeira para as pessoas que cresceram com a TV em preto e branco, mas os adolescentes e pré-adolescentes de hoje são nativos da era digital. Avós que criam profiles nas redes sociais, não só podem compartilhar essa experiência com seus netos, mas também podem espionar o que está acontecendo em suas vidas sociais cotidianas.

  • 4. Tentem compartilhar seus interesses

  • Leiam os mesmos romances que os jovens estão lendo e levem-nos para ver os filmes de que eles mais gostam. Mantenham DVDs de outros filmes que eles gostam e adquiram alguns jogos de tabuleiro que eles acham atraentes e que possam se tornar uma tradição nas visitas à casa dos avós.

  • Advertisement
  • 5. Lembrem-se deles no Natal e em cada aniversário

  • Pode valer a pena manter um calendário para lembrá-los do aniversário de cada neto. Perguntem aos pais deles que tipos de presentes gostarão mais e observem com o que eles gostam de brincar quando visitá-los. Sempre que possível, viajem para participar de eventos importantes da vida deles, como as formaturas.

  • 6. Falem ao telefone

  • Conversas telefônicas não têm que envolver apenas os adultos. Pode exigir um pouco de imaginação para envolver as crianças pequenas, mas ficar em contato valerá a pena. Algumas famílias usam o Skype ou outros comunicadores de longa distância para uma videoconferência com som e imagem.

  • Essas dicas podem ajudar as famílias e incentivar as crianças a amarem e apoiarem um ao outro. Além de estimular os netos a aguardarem com expectativa a reunião com os seus primos e nutrir avós que têm uma visão de seus netos como indivíduos - mesmo quando eles estão crescendo a uma grande distância.

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original How to bond with long distance grandchildren, de Susan Aylworth.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Susan Aylworth is a retired professor of English from California State University, Chico, where she taught writing for 30 years, a wife of 42 years, a mother of seven children, gramma to 21, and the author of ten novels. Her books have been published by three publishing houses and in five languages. Her poems have appeared in the Broad River Review and Sand Canyon Review. One favorite work is “Gertrude,” a one-woman play about Hamlet’s mother. Susan loves poems, plays, words in almost all forms, and good raspberry jam. She wishes the grandchildren would visit more often. Follow her at www.susanaylworth.blogspot.com or @SusanAylworth.

Como se relacionar com os netos que moram longe

Morar longe não deve significar distância no relacionamento entre avós e netos. Algumas dicas podem ajudar você a ficar mais próximo de seus amados netinhos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr