Compartilhando suas crenças com outras pessoas

Independente da crença que tenhamos, podemos aprender a discutir nossa religião - compartilhando nossas crenças com os outros da forma que o Salvador Jesus Cristo faria.

456 views   |   shares
  • Todas as pessoas que vivem ou viveram neste mundo são capazes de influenciar outras pessoas e de serem influenciadas. É na relação com o outro que o ser humano vai se constituindo desde o nascimento até a sua morte.

  • O modo como agimos, como nos vestimos, as palavras que falamos, as músicas que ouvimos, os programas e filmes que assistimos e as crenças que possuímos revelam traços de nossa personalidade e caráter.

  • Ao mostrarmos ao mundo quem realmente somos, nós o modificamos. No entanto, a maneira pela qual fazemos isso revelará se o que fazemos e falamos é condizente ou não com aquilo que professamos acreditar.

  • Aqueles que se dizem cristãos devem agir de maneira tal que suas ações expressem suas crenças. Atém mesmo no momento em que forem compartilhar aquilo que acreditam.

  • Há uma inverdade bastante comum expressa hoje em dia em que diz que "futebol e religião não se discute", mas a verdade é que essa frase se sustenta em uma concepção errônea do significado da palavra discutir.

  • Discutir não significa brigar ou impor uma opinião, discutir segundo o dicionário significa "examinar, investigar atendendo às provas e razões pró e contra".

  • Ou seja, nós podemos sim discutir sobre religião, e mais ainda, nós devemos discutir sobre religião, desde que o façamos da forma como o Salvador ensinou e deixou como exemplo.

  • O ministério de Jesus Cristo aqui na Terra resume-se a compartilhar o evangelho, foi isso que ele fez e nos deixou como ensinamentos através de seu exemplo. Aos apóstolos Ele deixou essa sagrada designação.

  • A esse respeito o líder religioso John Dickson relembra a passagem bíblica em que Jesus diz aos seus discípulos:“Recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra”(Atos 1:8).

  • O modo como nós devemos compartilhar nossas crenças, sejam elas quais forem, é o modo como Jesus Cristo faria se estivesse aqui. Vejamos alguns ensinamentos que Jesus nos deixou sobre como compartilhar nossas crenças:

  • 1. Comprometimento com sua fé

  • Aos 12 anos de idade Jesus é encontrado por seus pais no templo em meio aos doutores, quando questionado por sua mãe, Jesus responde demonstrando o grau de comprometimento com sua crença: "Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?" (Lucas 2:49). Antes que possamos sair compartilhando nossas crenças devemos estar profundamente comprometidos para com ela.

  • Advertisement
  • 2. Falar pelo Espírito

  • Somente devemos compartilhar nossa fé quando estivermos cheios do Espírito de Deus, pois assim nossa mensagem será transmitida de coração para coração. O apóstolo Lucas falou sobre a pregação de Jesus em Nazaré: "Então, pela virtude do Espírito, voltou Jesus para a Galileia, e a sua fama correu por todas as terras em derredor. E ensinava nas suas sinagogas e por todos era louvado." (Lucas 4: 14-15).

  • 3. Clareza no falar

  • Jesus ensinou através das bem-aventuranças (Lucas 6: 20-26) que a mensagem do Senhor deve ser transmitida de forma clara e direta. Quando falarmos de nossas crenças devemos fazê-lo de forma simples e clara para não deixar dúvidas.

  • 4. Respeito para com o outro

  • Jesus deixa diversos exemplos sobre o quanto respeitava o próximo, fossem quais fossem seus pecados. Ele que não possuía pecados se isentou de julgar. Ele reconhecia a bondade e o arrependimento nos outros. E assim devemos nós fazer, quando falarmos de nossa fé que busquemos olhar para o próximo através dos olhos de Cristo, sem julgamentos e com amor.

  • 5. Exemplo

  • Não há palavras que se sobressaiam aos exemplos. Há uma frase de Ralph Waldo Emerson que diz: "O que você faz soa tão alto que não consigo ouvir o que você diz". A forma mais eficaz de compartilharmos nossas crenças é através do nosso exemplo, ele sim será capaz de transformar corações e vidas.

  • Jesus Cristo deixou exemplo de todas as coisas, se o seguirmos estaremos no caminho seguro que conduz à Vida Eterna.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

Compartilhando suas crenças com outras pessoas

Independente da crença que tenhamos, podemos aprender a discutir nossa religião - compartilhando nossas crenças com os outros da forma que o Salvador Jesus Cristo faria.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr