10 métodos malucos para fazer com que seus filhos se comportem quando não estão com você

Os pais astutos estão sempre planejando maneiras de fazer com que seus filhos se comportem quando não estão por perto. Aqui estão algumas ideias que os pais astutos podem tentar.

8,664 views   |   2 shares
  • Os pais astutos estão sempre planejando maneiras de fazer com que seus filhos se comportem quando não estão por perto. Aqui estão algumas ideias que os pais astutos podem tentar. Quem sabe elas podem funcionar para você.

  • 1. Pratique subliminarismo

  • Ou

  • Envie a seus filhos mensagens secretas usando um gravador e tocando mensagens durante a noite, enquanto eles dormem, eles nem notarão que estão recebendo as mensagens. Frases como: "Você é tão bom! Você nunca roubaria um banco. Você nunca usaria drogas. Você vai se guardar até o casamento. Continue sendo um bom garoto. Além disso, torne-se rico e famoso e lembre-se de que eu sou a razão para o seu sucesso". Ou então, basta dizer-lhes, enquanto eles estão acordados e prestando atenção. Talvez acrescentar: "Eu acredito em você".

  • 2. Sussurre mensagens

  • Ou

  • Enquanto estiver conversando com seus filhos sussurre mensagens no meio de sentenças. A seguir um exemplo com a mensagem a ser sussurrada em itálicos: "Então, parabéns por sua nota naquela prova de matemática. Eu acho excelente você ter tirado dez. Isso é ótimo para você. Fique longe de bebidas alcoólicas. Quer um lanchinho filho?". Ou então pergunte-os diretamente sobre coisas como bebidas e drogas e ouça o que eles têm a dizer sobre isso.

  • 3. Passe o recado durante um abraço

  • Ou

  • "Então você está indo à casa da Carol? Isso é ótimo. Ela é uma boa garota". Enquanto o abraça, diga bem baixinho, "Sem beijo!". Provavelmente ele perguntará: "Você disse alguma coisa mãe?". Você responde: "Sim, eu disse que acabou o queijo… Você poderia comprar?" Ouvocê pode olhá-lo diretamente nos olhos e dizer-lhe o que espera dele.

  • 4. Faça um check list

  • Ou

  • "Tchau, mãe". "Tchau, querido. Lembre-se de não correr acima do limite de velocidade. Não pare no bar. Não sequestre ninguém para pedir resgate. Não participe de uma briga de gangues. Não faça tatuagem. Não fume nenhum cigarro engraçado. Não participe de cultos secretos. Não injete nada em suas veias. Não roube um carro. Não entre para uma gangue de motos. Não assine nenhum contrato de pagamento." Se você for esperto o suficiente pode falar uma lista de coisas que vai demorar tanto para terminar ao ponto de seu filho desistir de sair para onde estava planejando ir. Ou, diga somente: "Você sabe a coisa certa a se fazer. Eu confio em você".

  • 5. Faça isso grudar neles com um adesivo

  • Ou

  • Pequenos bilhetes em suas mochilas, bolsas, bolsos das calças, roupas, notebooks, livros, celulares e mensagens gravadas em seus MP3 players são ótimas maneiras de lembrá-los de se comportar bem. Colar bilhetinhos por toda a casa também irá ajudá-los porque podem ler enquanto se arrumam para sair. No espelho do quarto e do banheiro, bilhetes plastificados para colar no box do banheiro, dentro dos sapatos, debaixo dos travesseiros e todos os outros lugares por onde eles passam. Ou, deixe bilhetinhos dizendo que você os ama e confia neles.

  • Advertisement
  • 6. Crie a rede das mães

  • Ou

  • "Ok, Silvia, eles estão saindo da minha área e indo na direção sul na rua Dom Pedro I. Câmbio", "Entendido, Janete. Eu acabei de encontrá-los e eles estão indo para 7 de setembro". "Ana, você está aí?", "Eu estou vendo eles, eles estão indo jantar. Eu ficarei vigiando e vou te avisar quando eles saírem. Eu estou com o jardineiro ouvindo de um ponto estratégico a conversa deles. Darei o sinal assim que eles saírem. Câmbio, desligo". Ou, ore quando saírem e peça para que Deus olhe por eles.

  • 7. Faça-os sentir culpa

  • Ou

  • "Eu me lembro do seu parto. Ah, minha nossa. Todos pensaram que eu iria morrer, mas eu disse, 'Sem chance. Eu preciso viver por esse bebê'. Claro que você não se lembra disso, mas eu ainda sinto aquela dor. Eu sabia no momento em que vi seu pequeno rostinho que você nunca me daria um pingo de dor depois de eu ter sofrido aquela dor terrível e pavorosa em seu parto. Todas aquelas noites que eu fiquei acordada cuidando de suas febres misteriosas. Eu nunca reclamei um momento sequer porque eu sabia que você nunca faria qualquer coisa que me fizesse perder a confiança em você. Todas aquelas viagens, te levando para suas aulas de dança, de karatê e para os treinos de futebol. Isso tudo foi um prazer. Você sabe como eu me sacrifico. Você nunca faria nada para me machucar novamente". Ou, diga-os que é um prazer tê-los como seus filhos, e que você faria tudo novamente em um piscar de olhos.

  • 8. Chame seus antepassados

  • Ou

  • "Você conhece seu sobrenome e já ouviu sobre todas as pessoas incríveis que carregaram o nome dessa família. Nunca faça nada que possa sujar esse nome. O tio Geraldo vai observá-lo quando você sair. Ele foi um bom homem e seu espírito estará com você vendo tudo que você faz. Esse sobrenome também era muito importante para ele. Eu sei que você nunca o chatearia se comportando mal". Ou, conte-os o quão orgulhoso você está por eles estarem honrando o nome da família.

  • 9. Utilize a tecnologia

  • Ou

  • Compre um dispositivo de localização por satélite em miniatura, e implante junto a um escuta em algo que eles estiverem levando com eles. Monitore tudo o que eles estiverem fazendo. Você pode comprar esses dispositivos na loja ESN (Espiões Somos Nós) mais próxima de sua casa ou on-line no site www.dispositivos-para-espionar-filhos-que-provavelmente-nem-tem-um-comportamento-questionavel.com.br (eu espero que não exista um site de verdade com esse nome). Ou, quando eles chegarem em casa, pergunte-os se eles se divertiram, e o que eles mais gostaram. Pergunte-os se há algo que eles teriam feito diferente.

  • Advertisement
  • 10. Contrate um detetive

  • Ou

  • Vá até o escritório do seu detetive local e contrate alguém por apenas R$ 400 reais ao dia mais despesas para segui-los. Ou então, perceba que você fez um trabalho excepcional criando-os e confie neles. Coloque o dinheiro que você gastaria com o detetive em um fundo para a faculdade deles.

  • Enquanto essas são ideias bobas nas quais muitos de nós já pensamos, a verdade é que vocês só precisam ser bondosos, pais presentes, envolvidos com seus filhos. Fale com eles frequentemente e pergunte sobre seus sentimentos. Diga-lhes que você se preocupa. Então, depois de você ter feito tudo o que pode, confie neles e os ame incondicionalmente, compreendendo que eles cometerão erros e mostrando-lhes que você sempre estará lá para eles. Esse método é mais barato e causa menos problemas, mas nem de perto tão divertido.

  • Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original 10 crazy tools for getting your kids to behave when they are not with you.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Becky Lyn is an author and a 35+ year (most of the time) single mom.

Website: http://www.beckytheauthor.weebly.com

10 métodos malucos para fazer com que seus filhos se comportem quando não estão com você

Os pais astutos estão sempre planejando maneiras de fazer com que seus filhos se comportem quando não estão por perto. Aqui estão algumas ideias que os pais astutos podem tentar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr