Mãe esgotada? Não é um assunto a ser ignorado

Ser mãe é sem dúvidas uma das melhores profissões do mundo, mesmo que ? s vezes possa ser um pouco exaustiva. A maioria de nós dedica seu dia a outros e acaba esquecendo de si mesma.

3,016 views   |   20 shares
  • Ser mãe é sem dúvidas uma das melhores profissões do mundo, mesmo que às vezes possa ser um pouco exaustiva. A maioria de nós dedica seu dia a outros: filhos, cônjuge, casa, trabalho, obrigações, etc. E enquanto não atingimos o limite não percebemos que estamos esquecendo de um fator essencial para fazer tudo funcionar: nós mesmas. Não espere ficar esgotada e exausta, comece HOJE a pôr alguns destes conselhos em prática.

  • 1. Dê um intervalo a si mesma

  • É necessário, imprescindível e até obrigatório reservar alguns minutos do dia. Podem ser 10, 15 ou mais, depende de você. A vida apressada, os horários e dias que parecem muito curtos nos fazem viver cada dia com mais pressa e, quando temos um minuto para respirar, com certeza o utilizamos para tirar a roupa da máquina. Não. Livre-se da tentação e use esse tempo para tomar um chá sem se preocupar com nada, tomar um banho com óleos ou ler algo na internet. Ou simplesmente para respirar em silêncio.

  • 2. Descanse e alimente-se bem

  • Manter o corpo saudável é importante tanto para ser mãe quanto para sua vida, mas não basta somente não ficar doente. Você também deve contar com suas energias para realizar todas as obrigações diárias que exijam um esforço extra. Tenho uma amiga que em certa etapa da maternidade sentia-se sobrecarregada e era muito difícil para ela manter a paciência com os filhos, assim que começou a esforçar-se para descansar bem e tomar algumas vitaminas que o médico receitou, ela conseguiu se recompor e desfrutar do dia a dia.

  • 3. Busque uma paixão

  • A intenção é reforçar que você não pode esquecer de si mesma. Antes de tornar-se mãe e dedicar todo o seu tempo aos outros, provavelmente tinha alguma atividade que lhe deixava feliz. Recupere-a! E se não for possível, procure outra; e se você não tinha uma, trate de procurar... De qualquer forma, não deixe de apaixonar-se! Você acha que não tem tempo? Encontre algo que você possa fazer a cada 15 dias ou uma vez ao mês. Alimentar seu espírito é tão importante quanto alimentar seu corpo. Se você estiver feliz, seus filhos também estarão. Se eles puderem ver que além dos espaços familiares, você também tem um próprio espaço para desfrutar, eles irão aprender que não há problema em ter esse espaço. Não é egoísmo. Aprenda a lidar com seu sentimento de culpa.

  • 4. Aprenda a lidar com seu sentimento de culpa

  • Parece repetitivo? É porque é! Umas sentem mais culpa que outras. Algumas porque trabalham, outras porque dedicam todo seu tempo aos seus filhos e quando se sentem esgotas sentem-se culpadas. Haverá outros motivos, mas entenda que não é um sentimento que lhe faz bem e não a ajuda a tomar as melhores decisões. O amor deveria ser o principal sentimento em seu lar. Deixe a culpa para outras ocasiões nas quais ela realmente se encaixe.

  • Advertisement
  • 5. Aprenda a pedir ajuda

  • Isso não lhe torna melhor ou pior e na correria incessante de criar os filhos às vezes uma ajuda é necessária. Não espere ter imprevistos para começar a pôr isto em prática. Aprenda a delegar naquelas coisas que forem muito pesadas ou difíceis. Não tente ser a supermãe às custas de sua saúde ou energia porque você vai sair perdendo e com certeza seus filhos também.

  • 6. Não negligencie suas amigas, familiares e pessoas queridas

  • Emocionalmente eles ocupam um papel importante em sua vida. O dia em que você precisar conversar, desabafar ou tirar um cochilo você poderá contar com eles. Além disso, é cientificamente comprovado que amizade ajuda a liberar as endorfinas que mantêm nossos corpos saudáveis. Então, sempre que puder, dê uma fugida para sair com uma amiga, ou senão, dê pelo menos um telefonema para dar umas risadas.

  • 7. Não se esqueça de seu cônjuge

  • Ser um casal, ser uma família e trabalhar em equipe ocupa muito tempo. Inclusive às vezes esquecemos que começamos como um casal e que manter e consolidar o amor também é necessário. Por isso, invente, crie e procure maneiras de não perder a conexão. Algumas vezes serão mais fáceis que outras, mas não deixe de tentar.

  • 8. Seja a dona das rotinas

  • Principalmente à noite. Não deixe o controle do horário na mão de seus filhos. Faça questão de as fazer cumprir todos os dias, para que acostumem-se com seu ritmo. As rotinas servem para que seus filhos antecipem seu dia, mas também são necessárias para antecipar o seu. Acima de tudo, não deixe que eles decidam o horário para ir dormir porque, quando estiver esgotada, será uma luta da qual não poderá se livrar. Além disso, as rotinas servem para nos colocarmos no piloto automático nos dias em que estivermos sem energia.

  • 9. Também seja flexível

  • Pode soar contraditório porque mencionei sobre a rotina, mas não é. Às vezes também é preciso ser flexível. Por exemplo, se você os chamar para comer, mas nesse momento o jogo tiver se tornado tão divertido que eles não conseguem parar, ao invés de ficar brava porque não estão respondendo e obedecendo, aproveite esse momento para participar do jogo ou observá-los jogando. Irão comer mais tarde e talvez com pressa, mas pelo menos todos sairão mais enriquecidos do que com um prato de comida.

  • 10. Desfrute da maternidade

  • Seus filhos são seu tesouro e ser mãe é para sempre, mas a infância deles é agora e só vai acontecer uma vez em sua vida. Não a perca. Não deixe que as obrigações, as autoexigências ou o cansaço tirem esse privilégio de você. Quando perceber que não está aproveitando tome algumas medidas porque algo está errado.

  • Advertisement
  • Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original ¿Madre agotada? No es un asunto para tomar a la ligera, de Laura Abbott.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Laura Abbott é licenciada em Periodismo e Comunicação, graduada pela Universidade John F. Kennedy de Buenos Aires. Esposa e mãe de três filhos.

Mãe esgotada? Não é um assunto a ser ignorado

Ser mãe é sem dúvidas uma das melhores profissões do mundo, mesmo que ? s vezes possa ser um pouco exaustiva. A maioria de nós dedica seu dia a outros e acaba esquecendo de si mesma.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr