5 equívocos sobre ser avós

Avós são velhinhos com cabelos brancos, joelhos que rangem e que se sentam em cadeiras de balanço durante todo o dia. Se você ainda pensa assim, é melhor rever seus conceitos.

1,329 views   |   4 shares
  • Tornar-se um avô ou avó pode ser um dos marcos mais gratificantes da vida. É quase como se você pudesse ter ao mesmo tempo a parte boa de ser os pais das crianças sem as partes difíceis!

  • Mas, na realidade, é assim tão fácil mesmo? Ou é uma das coisas mais difíceis da vida? Aqui estão alguns equívocos comuns sobre os avós:

  • Você tem que ser ativo e saudável para ser um bom avô ou avó

  • Este equívoco comum surge a partir da ideia de que você precisa ser capaz de correr atrás das crianças constantemente, salvando-as de uma armadilha atrás da outra tais como superfícies de fogões quentes, ruas movimentadas e armários de remédios do banheiro. Mas a verdade é que mesmo alguém que é bastante limitado em mobilidade pode formar maravilhosos e fortes relacionamentos com seus netos. Talvez você não possa assumir toda a responsabilidade de ser a babá deles durante um longo passeio se você não for capaz de se mover rapidamente, mas você pode receber mais vezes as crianças em casa (com os pais delas, se necessário) para uma visita. Partilhe histórias com elas, seja de livros ou de suas próprias memórias, que podem ser ainda melhores.

  • Avós são velhinhos com cabelos brancos e joelhos que rangem e que se sentam em cadeiras de balanço durante todo o dia. Na verdade, existem muitas pessoas que se tornam avós em uma idade relativamente jovem. A idade média para se tornar um avô ou avó é de 51 para homens e 50 para as mulheres. Essas pessoas muitas vezes têm grandes oportunidades para fazer a diferença com os seus netos. Geralmente já são estabelecidas em suas carreiras e financeiramente, e agora que seus próprios filhos estão crescidos, elas às vezes têm aquele tempo que podiam apenas desejar quando eram pais.

  • Lidar com os netos será como foi criar os seus próprios filhos

  • Não se deixe enganar. As personalidades infantis variam muito, e seus netos podem ter temperamentos diferentes de seus próprios filhos. Você pode encontrar-se “começando de novo” sua experiência em lidar com crianças.

  • As crianças hoje em dia estão muito viciadas em televisão e jogos de vídeo game para querer estar com os avós. Não vai acontecer de uma só vez, mas um bom relacionamento pode ser construído com o tempo e esforço. Não os force, mas através de um esforço consistente e mostrando verdadeiro interesse pela criança, com o tempo elas vão responder. Brinque com elas - jogos de tabuleiro, jogos de cartas, e assim por diante. Pergunte-lhes sobre o que estão fazendo, e depois ouça de verdade. As crianças sentem quando as pessoas são genuinamente interessadas.

  • Advertisement
  • Desfrute de seus netos

    • mime-os com muito amor, e sorria quando entregá-los cansados e irritados de volta a seus pais. É o melhor de dois mundos.
  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original 5 misconceptions about grandparenting, de Margot Hovley.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Margot Hovley has published two novels with Covenant Communications: "Sudden Darkness" (2012) and "Glimmering Light" (2014).

Website: http://www.margothovley.com

5 equívocos sobre ser avós

Avós são velhinhos com cabelos brancos, joelhos que rangem e que se sentam em cadeiras de balanço durante todo o dia. Se você ainda pensa assim, é melhor rever seus conceitos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr