6 dicas para ensinar as crianças sobre o perigo desconhecido

As crianças vão encontrar estranhos por toda sua vida. Ajude-as a saberem como identificar estranhos inofensivos e manterem-se a salvo, ensinando sobre o perigo desconhecido.

7,485 views   |   51 shares
  • As crianças dependem dos adultos para ajudá-las em muitas coisas. A sua natureza confiante e inocente é doce, mas os pais também precisam ensiná-las a se manterem seguras. Infelizmente, há pessoas que prejudicariam crianças, caso tivessem a oportunidade. É um equilíbrio complicado ajudar as crianças a compreenderem a segurança sem fazê-las desconfiar de todos que encontram. Estas seis ideias vão ajudá-lo a ensinar a seus filhos como se manterem seguros e felizes enquanto navegam pelo mundo e entre as pessoas que encontram.

  • 1. Definindo "Estranho"

  • A definição mais simples de um estranho é "alguém que você não conhece." As crianças precisam saber essa definição, mas também precisam saber que existem estranhos "seguros". Estranhos seguros são professores, policiais, bombeiros e outros adultos que trabalham com crianças. (Infelizmente com algumas raras exceções). Elas podem conhecer essas pessoas apenas de vista, e não pessoalmente. Enfatize a importância de procurar ajuda desses estranhos seguros em locais públicos. Nunca é uma boa ideia entrar na casa de um estranho. Ainda que seja um do tipo "seguro".

  • Eu tento dizer aos meus filhos que eles podem pedir ajuda em determinadas situações. Por exemplo, eu poderia dizer isso para o meu filho ao deixá-lo no treino de futebol: "Procure a mãe do João, se você precisar de alguma coisa. Fique no playground com as outras mães conhecidas, até que eu possa buscá-lo. Eu vou estar aqui às 5h." Ajudar as crianças a identificar estranhos seguros lhes dá uma ferramenta importante.

  • 2. Não se afaste se estiver na multidão

  • Quando estamos em um lugar público lotado, eu incentivo meus filhos a ficarem perto de mim. Se minha filha de quatorze anos quer andar por uma parte diferente de uma loja, envio seu irmão com ela ou digo-lhe para ficar ao alcance da minha visão. As crianças pequenas gostam de correr e explorar. Defina expectativas claras de ficar perto, e explique o perigo que há em se afastarem. Se levamos o carrinho de bebê conosco, eu peço ao meu filho de seis anos de idade, para segurar a alça enquanto caminhamos. A chance de uma criança ser tirada nessas situações é pequena, mas permanecer juntos ajuda todos ficarem a salvo.

  • 3. Siga seus instintos

  • Uma das coisas mais importantes que você pode ensinar seu filho é estar ciente de seus sentimentos sobre situações e estranhos. Ensine-os a prestarem atenção aos adultos que lhes pedem ajuda, que os convida a entrar em sua casa ou carro, que pede que mantenham um segredo ou exibam qualquer outro comportamento suspeito. Ensinando-os a seguir os seus instintos, você os está capacitando para tomarem boas decisões. Incentive-os a contar a você se um adulto os faz sentir-se desconfortáveis em qualquer modo.

  • Advertisement
  • 4. Segurança em números

  • É muito mais seguro para as crianças ficarem em um grupo quando não houver supervisão por parte dos adultos. Encontre um amigo para o seu filho ir junto para a escola, se possível. Não os deixe brincar fora ou em um parque sozinhos. Incentive-os a ficarem atentos a seus amigos também. Há mais segurança quando estão em maior número.

  • 5. Siga as regras da família

  • Boas regras familiares para promover a segurança incluem: nunca aceitar uma carona de um estranho, certificar-se que pelo menos um dos pais sabe onde você está em todos os momentos, não revelar informações pessoais a estranhos (inclusive na internet), manter a porta fechada e não atender caso esteja em casa sozinho. Ao telefone, nunca diga a alguém que está sozinho. Revise estas regras periodicamente para que seus filhos fiquem cientes delas. Simular situações onde eles possam ter que tomar decisões difíceis irá ajudá-los a interiorizar as regras de segurança da família.

  • 6. Não, fugir, gritar, relatar

  • Nos Estados Unidos há um programa de proteção às crianças e essas quatro palavras fazem parte. O National Crime Prevention Council’s é para os pais ensinarem as crianças sobre os estranhos. (Site similar aqui em português). Esta frase ensina as crianças a gritar "Não!" se abordada por estranhos, fugir rapidamente, gritar por socorro e relatara um adulto de confiança o que aconteceu. Até mesmo crianças pequenas podem aprender essas quatro palavras e o que fazer.

  • A maioria das crianças vai crescer sem ter nenhum problema com estranhos, mas é melhor estarem preparadas. Ensine seus filhos a estar cientes das pessoas ao seu redor e seguir as regras básicas de segurança. Fazer isso os ajudará a ter confiança para saber como manter-se seguros. Comece hoje mesmo!

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original 6 tips for teaching kids about stranger danger, de Amy Peterson.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Amy M. Peterson, a former high school English teacher, currently lives in Oregon with her husband and four children. She spends her days writing, reading, exercising and trying to get her family to eat more vegetables.

6 dicas para ensinar as crianças sobre o perigo desconhecido

As crianças vão encontrar estranhos por toda sua vida. Ajude-as a saberem como identificar estranhos inofensivos e manterem-se a salvo, ensinando sobre o perigo desconhecido.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr