Mostre amor por seu cônjuge respeitando seu ponto de vista

Como marido e mulher amamos um ao outro, e queremos mostrar este amor, para nutrir nosso casamento e mantê-lo forte e saudável.

2,166 views   |   7 shares
  • Uma das estratégias mais poderosas e abrangentes para demonstrar amor por nosso cônjuge é reconhecer, valorizar e respeitar o seu ponto de vista - mesmo que seja significativamente diferente do nosso.

  • Geralmente, em uma grande variedade de áreas, os cônjuges terão diferenças de opinião, e priorizarão coisas diferentes. Cônjuges provavelmente apresentam diferentes estilos de paternidade, diferentes níveis de interesse sexual, têm preferências diferentes em como gerenciam e gastam dinheiro, e preferem gastar seu tempo de diferentes maneiras.

  • Em um relacionamento amoroso, como podemos construir a unidade e o consenso, quando há tantas áreas em que divergimos?

  • 1. Lembre-se que essas diferenças são um presente, não uma maldição

  • Não nos casamos com réplicas de nós mesmos. Nada seria mais chato ou inútil do que passar a vida com um clone de si mesmo. Todas as questões do casamento são para expandir o seu mundo - para ter um parceiro que possa complementar e equilibrar seus pontos fortes, e preencher seus pontos fracos, o que enriquecerá a sua experiência de vida, e não repeti-la.

  • É verdade que, em muitos aspectos tendemos a ser atraídos para o nosso oposto. Infelizmente, essas diferenças que criam atração no início de um relacionamento muitas vezes são as mesmas que podem desencadear conflitos e dor durante o casamento.

  • Mas não tem que ser assim

  • Quando abordamos as diferenças com curiosidade, fascinação e apreço - ao invés de ressentimento - elas podem ser uma porta de entrada para o crescimento pessoal, regozijo, além de ampliar as perspectivas para ambos os parceiros.

  • 2. Aprenda a pensar em modo binóculo e não do modo telescópio

  • Explico - cada um de nós, naturalmente, tende a ver as coisas do nosso próprio modo - como se através de um telescópio, ou seja, com uma única lente estreita através da qual vemos tudo. Há muito que podemos ver através dessa lente, mas há também muito que perder.

  • Parte da alegria em se ter um cônjuge é aprender a ver através de sua lente também. Isso não é algo que vem naturalmente, mas quando aprendemos a reconhecer que a sua perspectiva e a sua lente são tão reais e válidas quanto a nossa, quando aprendemos a ver através de suas lentes ao lado de nossa própria lente, vemos do modo binóculo e com visão muito mais abrangente e mais nítida.

  • E essa visão ampliada - vendo o que naturalmente vemos, mas também aprendendo a ver o que o nosso parceiro vê - é o fundamento da unidade, resolução de conflitos, e alegria no nosso casamento.

  • Advertisement
  • 3. Intencionalmente coloque-se na perspectiva de seu parceiro

  • Não precisamos nos esforçar para vermos o que já vemos naturalmente - fazemos isso a vida toda. Mas, ver o que o seu parceiro vê, entender o que o seu parceiro sente, ser consciente do que seu parceiro precisa - isso pode demandar um esforço significativo, altruísta e uma atenção focalizada.

  • Considere cuidadosamente e estude as observações do seu parceiro. Ouça atentamente o que ele diz, e faça a si mesmo perguntas para entender o que o outro está enfrentando. Leia livros sobre as diferenças de personalidade, diferenças de gênero, diferentes estilos de paternidade, etc. Muitas vezes, é mais fácil entender e colocar em palavras as nossas diferenças através das descrições de um autor.

  • 4. Aprender a pensar "E" não "OU"

  • A questão mais comum no casamento, quando discutimos criação de filhos, finanças, sogros, sexo ou qualquer outra coisa, tende a ser: "QUEM ESTÁ CERTO?"

  • Somos naturalmente orientados por nossa própria maneira de ver e julgar o mundo. Podemos apresentar provas de nosso ponto de vista, e tentar descontar ou invalidar a visão de nosso parceiro, esperando que eles compreendam e aceitem a nossa ideia em vez da sua própria. Isto é bastante improvável de acontecer, e tende apenas a gerar conflito e dor na relação.

  • Pensar: "OU eu estou certo, OU você está - e eu já sei que estou certo!" Não contribui. Pode ser uma nova ideia considerar a possibilidade - "E se eu estiver certo E meu parceiro também? E se estamos apenas vendo diferentes peças do quebra-cabeça?" Podemos resolver o nosso quebra-cabeça mais rápido e de forma mais eficaz quando consideramos a importância de todas as peças, não apenas aquelas que estão ao nosso alcance.

  • Enquanto tendemos a rejeitar naturalmente ideias que não se encaixam dentro da nossa visão de mundo pessoal, podemos substituir essa tendência por uma vontade de aprender e crescer além dos limites de nossa própria perspectiva e zona de conforto pessoal.

  • Ver a perspectiva de nosso parceiro pode abrir-nos para um novo mundo de possibilidades e potencial de crescimento. E na valorização de sua perspectiva aprendemos a valorizá-los e amá-los como nossos parceiros, nossos iguais e nossos professores. Como um sábio observador bem sintetizou:

  • "O objetivo do casamento não é pensar IGUAL, mas pensar JUNTOS!"

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original Show love for your spouse by respecting their point of view, de Carrie Wrigley.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Carrie Maxwell Wrigley, LCSW, é terapeuta com clínica privativa e mãe de 5 filhos.  Visite seu website para anexos e outros recursos.

Website: http://morninglightcounseling.org

Mostre amor por seu cônjuge respeitando seu ponto de vista

Como marido e mulher amamos um ao outro, e queremos mostrar este amor, para nutrir nosso casamento e mantê-lo forte e saudável.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr