5 dicas essenciais para iniciar sua genealogia

Quem eram seus parentes? O que faziam, pensavam e gostavam? Tudo isso faz parte de sua história também. Veja 5 dicas essenciais para buscar conhecê-los e assim conhecer suas próprias origens.

1,047 views   |   1 shares
  • Conhecer um pouco de nossa história, saber quem foram nossos antepassados, o que faziam, o que pensavam, como era suas aparências é muito gostoso e traz grandes momentos de felicidade. Alguns traços de personalidade que herdamos têm a origem bem distante de nós, são de nossos bisavós ou trisavós e na maioria das vezes nem os conhecemos.

  • Dedicar um pouquinho de tempo para conhecê-los e montar nossa árvore genealógica pode ser uma tarefa inicialmente difícil, mas muito prazerosa. Há várias maneiras pelas quais você pode começar essa pesquisa, conheça algumas delas.

  • 1. Uma das formas mais fascinantes de saber um pouco mais sobre nossos antepassados

  • É conversar com pessoas que conviveram com eles. Se você ainda possui alguns de seus avós vivos, dedique um tempo para conversar com eles a respeito de seus bisavós, por exemplo. Registre seus dados primeiramente para montar sua árvore genealógica, tais como nome completo, data de nascimento, local, data de falecimento, local, casamento. Depois escute um pouco das histórias dessas queridas pessoas que fazem também parte de sua história. Você vai amá-los sem ao menos tê-los conhecido.

  • 2. Uma outra forma mais moderna, mas que tem contribuído muito com essas pesquisas são os sites de genealogia

  • E também alguns blogs. Se você conhece bem os sobrenomes da família e o país de origem, com um pouco de dedicação conseguirá encontrar outros parentes ligados a sua árvore genealógica e continuar a montá-la. Há sites maravilhosos, muitas vezes com uma pequena árvore genealógica já pronta e que pode se juntar a sua, basta um pouco de dedicação para encontrar seus parentes.

  • 3. Outra fonte rica em informações são os cartórios

  • Há registros de nascimento, casamento e falecimento que são possíveis de consultar e fazer com que sua árvore cresça ainda mais, unindo cada vez mais a família.

  • 4. Os centros de genealogia

  • São locais dedicados a esse trabalho. Há vários por todo o país. São também conhecidos como Centro de História da Família, lá é possível, com a ajuda de especialistas neste trabalho, fazer uma busca pelos locais de origem e encontrar pessoas que fazem parte de seu passado. Esses especialistas também lhe mostram recursos para registrar todos os dados de forma segura e prática, facilitando ainda mais todo esse maravilhoso trabalho.

  • 5. Uma outra forma de buscar seus parentes falecidos é aproveitando para visitar a cidade em que nasceram e viveram

  • Aproveite um período de suas férias e programe uma viagem até o local, por exemplo. Chegando lá, você poderá procurar os cartórios da cidade, além de conversar com algumas pessoas para ver se conheceram algumas das pessoas de sua família. Acaba por ser um passeio além de um trabalho genealógico.

  • Advertisement
  • A cada nome ou história que você encontrar pense e reflita sobre isso. Todos os antepassados formam um lindo elo familiar que chega até você.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.

5 dicas essenciais para iniciar sua genealogia

Quem eram seus parentes? O que faziam, pensavam e gostavam? Tudo isso faz parte de sua história também. Veja 5 dicas essenciais para buscar conhecê-los e assim conhecer suas próprias origens.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr