6 atitudes para desarmar a raiva

Com amor seremos capazes de superar quaisquer diferenças e problemas, nutriremos esse lindo sentimento por qualquer um e continuaremos sendo pessoas bondosas e justas.

3,858 views   |   shares
  • Estava ponderando sobre que tema deveria abordar, então me reportei a um determinado acontecimento. Eu e meu esposo fomos assistir a um filme, a sala do cinema não estava cheia, mas havia uma certa quantidade de expectadores.

  • O filme de ficção ao qual estávamos assistindo falava sobre uma guerra entre o bem e o mal, havia vários personagens e bastantes efeitos especiais. No cinema, havia muitos jovens e casais também. Os jovens são sempre mais cheios de energia e muitas vezes gostam de conversar durante o filme, é muito comum ver isso, eles riem alto, falam alto e fazem brincadeiras entre si, isso é um jeito de chamar a atenção.

  • Eu não me senti incomodada por isso, apesar deles estarem sentados à minha frente. Mas um homem se sentiu incomodado e, repentinamente ligou a lanterna do celular e apontou-a para o rosto de um dos jovens. Falando alto, o homem disse para os jovens calarem a boca porque ele estava querendo assistir ao filme. Nesse insante, todos voltaram sua atenção para essa cena.

  • O homem reclamou e continuou a aumentar o volume da voz, o garoto, que estava ao lado dele, não gostou do insulto, pois o homem demonstrava que em breve iria agredi-lo. Sua linguagem corporal dizia que ele estava completamente fora de controle e com muita raiva.

  • Estavam prestes a se agredirem mutuamente. Levantei-me e disse a eles que não havia necessidade de fazer aquilo, meu esposo se levantou pronto a apartar uma possível briga.

  • Fiquei nervosa pensando em como as pessoas tão facilmente perdem o controle das emoções, explodem e ficam dispostas a agredirem-se, independente das consequências!

  • O homem só parou quando eu gritei: “Ele é só uma criança!". Ele pareceu ter percebido que sua atitude não era correta. Quando se acalmaram, sugeri que mudassem de lugar.

  • Fiquei pensando em como a raiva pode transformar as pessoas e colocá-las em situações de risco. Naquele momento, senti-me exposta e insegura, tantas coisas me passaram na mente, e se o homem estivesse armado? E se machucasse o rapaz? Até que ponto chegaria aquela briga?

  • 1. Controle-se

  • Dessa mesma forma pode ser conosco num momento de estresse e nervosismo. Não precisamos perder o controle, nem a razão por conta das emoções, não precisamos gritar e ofender ninguém só porque não estamos satisfeito com determinadas situações. É preciso que respeitemos para que sejamos respeitados.

  • Advertisement
  • 2. Entrar num acordo através do  diálogo

  • Com diálogo podemos chegar a um ponto em comum, entrar em um acordo e sair tudo bem. Ninguém precisa xingar o outro, ofender ou ameaçar. Se você está incomodado com algo, diga as palavrinhas mágicas: "Por favor, por gentileza". Explique o motivo de seu incômodo, de modo gentil e educado. Não exploda.

  • 3. O outro não tem culpa

  • Independente da situação, se algo ruim nos aconteceu, se temos problemas e estresses, as pessoas não têm culpa de nossos infortúnios. Meu vizinho provavelmente não tem culpa doa problemas em meu lar, e ainda que ele tenha, não é ofendendo que encontrarei soluções.

  • 4. Aprenda que o amor é capaz de curar a raiva

  • . É verdade que nos sentimos estressados em diversos momentos, mas se tivermos mais amor dentro de nós, seremos capazes de superar quaisquer diferenças e problemas e continuaremos sendo pessoas bondosas e justas.

  • 5. Se fosse comigo ou com meu filho?

  • Fiquei imaginando se aquele homem tivesse pensado "E se alguém fizesse o mesmo que estou fazendo com meu filho, como eu me sentiria?", ele certamente não o faria, teria pensado melhor e agido com mais tolerância e sabedoria. É importante agirmos de maneira correta em todos os momentos.

  • 6. Pense melhor

  • Um momento e atitudes de raiva podem:

    • Tirar nossa razão.

    • Trazer desconforto para as pessoas a nossa volta.

    • Colocar-nos em situações de risco.

    • Trazer consequências desastrosas a curto ou longo prazo.

    • Destruir um relacionamento.

    • Confundir-nos.

    • Trazer doenças psicológicas e físicas.

    • Machucar pessoas.

  • Se tivermos o hábito de guardar rancor e aprisionar raiva dentro de nós, será com facilidade que adoeceremos e traremos infelicidade para os outros e para nossa própria vida.

  • Portanto, se você se deixa levar pela raiva, ela pode acabar por matá-lo! Deixe o amor lhe influenciar e verá que qualquer problema pode ser resolvido a seu próprio tempo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Graduada em RH, acredito que nossa vida têm verdadeiro propósito, sou SUD, sei que toda dor e aflição é uma fonte de virtude e força espiritual, que nos molda e purifica.

Website: http://fernandaferrazmeuspassospelocaminho.blogspot.com.br

6 atitudes para desarmar a raiva

Com amor seremos capazes de superar quaisquer diferenças e problemas, nutriremos esse lindo sentimento por qualquer um e continuaremos sendo pessoas bondosas e justas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr