6 razões pelas quais você deve ter filhos

Ter filhos é a melhor e mais gratificante experiência que podemos viver, e o melhor, é para a vida toda.

2,078 views   |   1 shares
  • A sociedade passa por transformações ao longo da história, algumas são positivas, outras nem tanto. A saída da mulher para o mercado de trabalho trouxe alguns impactos sobre a família e sua constituição.

  • As estatísticas indicam que com as mulheres tendo menos filhos e mais tarde, houve um aumento de 15% para 20% das famílias formadas por casais sem filhos. Na França, foi lançado o livro "As 40 razões para não ter filho", da escritora Corinne Maier, e virou Best-seller. Os valores familiares têm sido deturpados por uma sociedade em busca cada vez mais de poder, fama e dinheiro. Nesse contexto, não há espaço para a dedicação integral que um filho requer.

  • Embora façamos parte dessa sociedade, não precisamos e não devemos nos submeter a essa deturpação dos valores familiares. Existe hoje a necessidade de que nos elevemos e mostremos ao mundo nossos valores.

  • A procriação é um dom de Deus, um presente. Através desse privilégio, fazemos parte do plano de Deus como co-criadores. A maternidade e a paternidade são uma dádiva e devem ser valorizadas como tal.

  • Vejamos, portanto, seis razões para se ter filhos.

  • 1. Porque você quer

  • Claro! Não há razão mais digna do que esta: você quer ter filhos. Mas a sociedade diz que a mulher deve buscar seu espaço, que ser mãe e dona de casa é algo degradante e blá, blá, blá. Não se deixe envergonhar por uma sociedade cada vez mais perdida em seus falsos argumentos. Essa sociedade tentará nos discriminar sim, lembro-me que médicos faziam comentários de mau gosto, do tipo "Você não tem televisão em casa?", quando minha mãe respondia que tinha cinco filhos. Hoje, ela tem seis, adotou uma adorável menininha. A inversão de valores imposta por nossa sociedade só terá efeito se a aceitarmos. Minha mãe nunca a aceitou, sempre respondeu a altura a essas pessoas carregadas de preconceito.

  • 2. Para compreender nossos pais

  • Depois que temos filhos, muitas coisas se tornam claras para nós. Esses dias, recebi a lista de material escolar de meus filhos e me vi reduzindo à metade certos itens pedidos na lista, exatamente como minha mãe fazia, e na época eu achava absurdo. Hoje, eu entendo que uma escola não precisa pedir 500 folhas de sulfite para uma criança usar em 365 dias do ano, ainda que ela usasse uma folha por dia, não usaria tudo.

  • Advertisement
  • 3. Para descobrir como é possível existir um amor que supera o nosso entendimento

  • O amor que temos por nossos filhos, para aqueles que realmente valorizam a maternidade e a paternidade já que infelizmente não são todos, supera o entendimento humano. Quando eu assisto a filmes ou vejo notícias em que crianças da idade de meus filhos sofrem, sinto como se algo de ruim estivesse a ponto de acontecer com eles, embora estejam na proteção de meu lar. Não é raro eu chorar de medo que algo ruim aconteça com meus filhos, depois de saber que alguma coisa ruim aconteceu a outra criança. A alegria deles é literalmente a minha alegria, e as conquistas deles são mais importantes do que as minhas conquistas.

  • 4. Para multiplicar o amor

  • Os filhos deveriam ser frutos do amor de seus pais, mas sabemos que essa utopia está longe de se tornar realidade, há crianças que nascem frutos de erros, abusos e imaturidades. Mas aqueles que nascem como frutos do amor de seus pais são como multiplicadores desse amor. É assim que o amor se mantém vivo para toda a eternidade, refletido em seus descendentes.

  • 5. Para reconhecer que existem necessidades mais importantes do que as suas próprias

  • Quando não temos filhos, nossas necessidades são prioridade, é difícil ver alguém deixando de comer e passar fome para dar de comer a uma outra pessoa, mas para nossos filhos fazemos isso. Por muitas vezes, passei vários meses sem comprar uma blusa para mim para que eu tivesse dinheiro para vestir meus filhos. Quantas noites passei em claro sem dormir para cuidar de um filho doente, e até nas coisas mais insignificantes as necessidades dos filhos são mais importantes, quantos filmes deixei de assistir para assistir a um desenho animado com eles.

  • 6. Para olhar as coisas de novo como pela primeira vez

  • Quando o primeiro dentinho do meu filho caiu, e ele achou o máximo ficar com uma janelinha, pude sentir essa emoção novamente. Ou quando meu filho começou a aprender a ler ou andou de bicicleta sozinho. Tudo isso, eu pude reviver como pela primeira vez, emoções e recordações maravilhosas que teriam ficadas esquecidas se não fossem revividas através de meus filhos.

  • Existem aqueles que não podem ter filhos, seja por motivos de saúde, financeiro ou mesmo emocional. Para esses, posso dizer que eu acredito que Deus tem um plano e que nenhuma benção será retida, e em seu devido tempo, eles terão o prazer e o privilegio de viver tão imensa alegria. Não desanimem, exercitem sua capacidade de amar com os outros, e seus esforços serão recompensados na mesma proporção de sua espera.

  • Advertisement
  • Ter filhos é a melhor e mais gratificante experiência que podemos viver, e o melhor, é para a vida toda.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

6 razões pelas quais você deve ter filhos

Ter filhos é a melhor e mais gratificante experiência que podemos viver, e o melhor, é para a vida toda.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr