Mãe ausente: Como recuperar os filhos adultos

Importante pensar em formas de reconstruir a relação mãe e filho quando não construída de forma satisfatória na infância.

5,037 views   |   12 shares
  • Muitas são as situações que levam uma mãe a se ausentar do lar e dos filhos, a mais comum é de ordem financeira, quando a mulher precisa prover ou completar a renda familiar. Também está se tornando comum a mãe que se ausenta para dedicar-se a sua profissão e realizar-se dessa forma.

  • A ausência

  • No entanto, uma mulher que trabalha fora não é, necessariamente, uma mãe ausente; na grande maioria das vezes a mulher amplia suas responsabilidades sem abandoná-las. Uma mãe ausente, ou seja, que não está atenta às necessidades primordiais de seus filhos, não prioriza a missão da maternidade em sua vida, não se preocupa em acompanhá-los e orientá-los de perto. Existem ainda as mães que não sendo maduras suficientemente para esse ofício não possuem a paciência e abnegação necessárias e preferem delegar essa função a terceiros que podem ser da família, como avós, ou profissionais, como babás.

  • A presença física

  • Interessante esclarecer também que estar junto ao filho nem sempre significa ser uma mãe presente. Muitas mulheres mantêm-se em casa por falta de opção, tornando-se até mesmo rancorosas desse ofício, deixando esse espaço vazio. Deduzimos assim que não é a presença física o elemento fundamental que define a mãe no âmago de seu papel, e sim o quanto ela se dedica a estar junto aos filhos, mesmo que distante. Importante que isso fique claro, afinal, mães dedicadas quase sempre se sentem culpadas indevidamente pelo tempo que se ausentam fisicamente.

  • O arrependimento

  • Pode ser que em dado momento da vida, com o amadurecimento que muitas vezes tarda a se fazer, mães que foram ausentes na vida de seus filhos venham a se arrepender e desejar a aproximação com eles. Nesse caso, é importante entender que o tempo não volta e não dá para desfazer o que foi feito, muito menos tentando compensar com mimos ou coisas materiais. A opção é renovar a relação.

  • Reconstruir a relação

  • Diante da necessidade de rever as próprias atitudes no sentido de mudá-las é essencial perdoar-se a si mesmo, pois a culpa é sentimento vão que nada produz de positivo. O que realmente importa é reverter essa situação da forma menos dramática possível. Vale demonstrar amor e pedir perdão para o filho; fale de forma clara de seus sentimentos e dificuldades no passado como mãe e, claro, procure manifestar isso em atos também. Não sendo possível recuperar a relação de nada adianta ficar remoendo o passado, melhor mesmo é direcionar as energias no sentido de reconstruir os elos perdidos. O momento é de mostrar-se companheira, passando a cuidar de seu conforto e necessidades, deixando claro que você se interessa por ele. Mas há que se ter cautela, pois não se pode desejar que, de uma hora para outra, ele aceite esse interesse como genuíno. Essa reconstrução demanda persistência e, acima de tudo, humildade para esperar que ele dê abertura a isso e compreenda que todo mundo merece uma segunda chance. No entanto, sem qualquer dúvida, é um esforço que vale a pena, pois nada poderá ser mais reconfortante para a mãe ausente do que se fazer parceira na vida de seus filhos.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Mãe ausente: Como recuperar os filhos adultos

Importante pensar em formas de reconstruir a relação mãe e filho quando não construída de forma satisfatória na infância.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr