Ajudando uma criança a ser competitiva sadiamente

Ajudando uma criança a ter uma competitividade positiva.

2,547 views   |   1 shares
  • Quando se tem um filho competitivo não é uma tarefa fácil criar atividades para ele. Provavelmente haverá necessidade de ajuda extra e uma delas pode ser uma consulta com um especialista que possa classificar a causa da competitividade, pois tudo que é extremo foge da regra e sendo assim é necessário identificar a causa para então saber qual ação tomar.

  • Fatores externos podem aumentar a competividade infantil, uma criança sozinha no meio de adultos sem contato com outras crianças para brincar pode ser um fator que faz aumentar a competitividade dessa criança.

  • Alguns passos importantes:

  • Viver como criança: Toda criança necessita ter seu tempo de brincar, estudar e de ter responsabilidades em casa. Porém não podemos sobrecarregar as crianças com tarefas de adultos. Devemos respeitar seu crescimento progressivo. Se a criança não tem irmãos, providencie atividades semanais que desenvolvam seu interesse em relacionar-se com crianças de sua idade, isso o motivará para que possa aprender a conviver e compartilhar.

  • Responsabilidades

  • Quando uma criança é competitiva podemos dosar essa energia extra com tarefas que ela possa executar sem sobrecarga. Por isso aquela mãe que sobrecarrega os filhos com o serviço da casa está prejudicando e não ensinando. O que podemos fazer é deixar a criança participar de alguma tarefa de limpeza por exemplo, mas sem a cobrança de habilidades de adulto ao fazê-lo. Isso somente a deixará: cansada, frustrada, rebelde e não a motivará positivamente. O correto é incentivá-la a dar pequenos auxílios junto com algum adulto fazendo de fato a limpeza e a criança brincando de limpar, assim estará motivando e não exigindo.

  • Precocidade

  • Necessitamos sempre analisar as crianças, muitas vezes uma criança tem pensamentos e frases muito inteligentes, nesse caso devemos incentivar a leitura cuidando para que o material seja adequado à sua idade e que possa estimular a inteligência sem ansiedade. É muito importante observar e cuidar dos pequenos. Muitas crianças têm compleição física maior, porém sua mente é de criança da sua idade, devemos sempre respeitar sua idade e não seu tamanho.

  • Atividades

  • Como já foi dito, procure atividades que envolvam outras crianças e de preferencia de idades próximas, evite o contato com crianças muito mais velhas ou muito mais novas para assim a criança poder se enturmar e melhorar seu comportamento e atenção. Propicie atividades onde a competitividade possa ser exercida com segurança.

  • Advertisement
  • Acompanhamento

  • Converse com seu filho, dê-lhe exemplo de compartilhamento e atitudes que incentivem a generosidade. Verifique junto à escola seu desempenho estudantil, seu desenvolvimento e o relacionamento que tem com os colegas. Ajudá-lo é mostrar que antes de serem pais são seus melhores amigos.

  • Quando realmente nos importamos com nossas crianças, ajudamos para que possam crescer e se desenvolver. Quando cuidamos de seu desenvolvimento, ensinamos por palavras e exemplo, estamos dando a oportunidade para que possam ser mais felizes e que aprendam a controlar suas atitudes e dificuldades sentindo-se amadas, valorizadas e respeitadas durante seu progresso.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Izabel Torquato é graduada em Comércio Exterior e Processamento de Dados pela UFPR- CEFET e mora em Curitiba, Paraná.

Ajudando uma criança a ser competitiva sadiamente

Ajudando uma criança a ter uma competitividade positiva.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr