4 principais sinais do desgaste no casamento

A falta de diálogo, interesse e desejo podem corromper o casamento, porém, a ação em conjunto no sentido de eliminar essas barreiras unem as forças e projetam novamente os sentimentos de amor um para com o outro.

259,028 views   |   630 shares
  • Ao longo dos anos, tenho aprendido que a maioria dos casamentos que imaginava por vezes tão sólidos não terminaram de um dia para o outro. A experiência com alguns casais e através de cursos que ministrei, fez-me perceber que na realidade ocorreu um acúmulo de situações triviais que não foram resolvidas entre os cônjuges através da compreensão, do diálogo e ajuste das diferenças, e acabaram por fim transbordando o cálice, derramando em formato de divórcio.

  • Triste para muitas pessoas que estão envolvidas, principalmente para os filhos que perdem metade de seu chão. Triste mais ainda é saber quais foram os motivos que levaram à separação quando tão somente e na maioria dos casos são pequenas discussões do dia a dia que poderiam ser resolvidas através de um esforço mútuo e mudança de comportamento de ambas as partes. Essas atitudes poderiam evitar a separação e trazer de volta a união e amor entre os casais.

  • É verdade que a falta de compreensão de uma das partes ou a falta de desejo em alterar o comportamento ao longo do tempo provoca um desgaste na relação e faz com que as pequenas coisas que poderiam ser resolvidas tão facilmente os levem a cometer atos errados, maiores e mais desastrosos.

  • Os principais sinais de desgaste no casamento, formam um conjunto de ações que quando percebidos ao longo dos anos demonstram que a relação não anda nada bem.

  • 1. Falta de diálogo

  • Esse é clássico e todos conhecem muito bem, no entanto é aí que mora o perigo. Se antes o casal conversava sobre tudo quanto é assunto e mais um pouco, agora as perguntas são raras e as respostas são curtas a fim de encerrar o assunto e com certeza terminará em discussão. Tentar se lembrar de como, quando e por que as coisas ficaram assim, sem dúvida ajudará encontrar um caminho para descobrir o motivo dessa falta de diálogo. Na maioria das vezes os casais se surpreendem ao saberem o motivo real do tal emburramento, como no caso: "Naquele dia você deu mais atenção a sua mãe do que a mim". Algo simples de resolver através do diálogo, porém com a falta dele, o casal acaba colocando a culpa um no outro e imaginando várias outras situações.

  • 2. Falta de interesse

  • Por mais que a pessoa se esforce para demonstrar que está fazendo algo bom e interessante, muitas vezes passa despercebido para a outra, justamente porque o interesse naquela pessoa está passando muito longe. Aquela sobremesa que ela faz e que ele tanto gosta já não atrai mais elogios, o passeio que ele faz com ela para o lugar romântico que ela sempre gostou de ir, já não empolga como empolgava antes. A falta de interesse um no outro faz com que os casais se afastem, desistindo de fazer qualquer coisa juntos que antes era tão divertido e prazeroso.

  • Advertisement
  • 3. Falta de desejo

  • Esse é outro sentimento que acaba. A falta de diálogo e a falta de interesse faz com que o desejo sexual diminua, porém isso não significa que via de regra siga esta ordem. Os dois não procuram mais um ao outro e as desculpas tornam-se frequentes até que não haja mais nenhuma relação íntima entre os dois. Em algumas situações, o casal passa a dormir em quartos separados e a vontade de dormirem juntos acaba, e por vezes um dos dois fica até tarde procurando algum tipo de entretenimento, pode ser por meio de livros, televisão e a internet que na maioria das vezes pode levar a um passo seguinte de maior risco, o relacionamento virtual com outra pessoa, o estado de carência é grande e o indivíduo está fragilizado.

  • 4. Fora de casa é melhor do que dentro

  • A frequência com que a pessoa passa mais tempo fora de casa aumenta. O trabalho fica mais atraente e a ida para casa torna-se um fardo, a saída com amigos também se torna uma porta de fuga para esquecer os problemas, a busca de entretenimento em outros lugares é mais comum sem a companhia do cônjuge. A convivência com amigos em comum e com familiares também diminui deixando transparecer a atual crise que vivem.

  • Esses quatro sinais apresentados dentro do contexto do desgaste de um casamento formam um conjunto comportamental ligados entre si independente da necessidade de seguir esta sequência ou acontecerem todos ao mesmo tempo; é importante refletir e analisar o quanto esta relação conjugal está fragilizada em diversos aspectos.

  • Acredito que se a maioria dos casais que por acaso esteja vivendo em situação semelhante tiver a humildade e o desejo de buscar ajuda ou terapias, com certeza voltará a encontrar aquele romantismo dos velhos tempos. A ação em conjunto une as forças e projeta novamente os sentimentos de amor verdadeiro um para com o outro.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Sandro A Correa é graduado em Farmácia, pós-graduado em Fisiologia - UEL e Empresário do ramo de seguros. Natural de SCS - São Paulo; Casado, pai de dois filhos, tem como hobby a prática do tênis.

Website: http://mormon.org/por/me/9HPR/Sandro

4 principais sinais do desgaste no casamento

A falta de diálogo, interesse e desejo podem corromper o casamento, porém, a ação em conjunto no sentido de eliminar essas barreiras unem as forças e projetam novamente os sentimentos de amor um para com o outro.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr