Os médicos sugeriram o aborto, mas os pais decidiram tê-lo, independente do tempo que ficariam juntos

Coloque tela cheia, prepare a caixa de lenços, e assista a esta história emocionante e inspiradora de um pai e uma mãe que fizeram de tudo para que seu bebê pudesse viver, apesar de todas suas imperfeições.

728,611 views   |   1,124 shares
  • Este vídeo mostra a história de Eliot, um garoto que foi diagnosticado com a Síndrome de Edwards ainda na gestação.

  • Seus pais acharam um absurdo quando os médicos ofereceram o aborto, uma vez que era certo que o bebê nasceria morto ou viveria algumas horas somente, mas eles escolheram lhe dar a oportunidade de viver. E ele viveu. Não somente por algumas horas, mas por 99 dias. E cada dia de seus 99 de vida foram especiais, ensinaram algo, foram necessários para o amor e união daquele casal e fortalecimento daquela família.

  • Quando uma mãe ou pai amam verdadeiramente seus filhos, assim como a mãe e o pai de Eliot, não importa como seu filho venha ao mundo ou por quanto tempo. Pais que merecem ser pais farão o melhor, conhecem seu filho e fazem tudo para que ele possa evoluir, aprender e viver da melhor forma possível.

  • Assista também: Ela perdeu a batalha contra o câncer, mas mudou completamente a vida de toda uma comunidade

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

Os médicos sugeriram o aborto, mas os pais decidiram tê-lo, independente do tempo que ficariam juntos

Coloque tela cheia, prepare a caixa de lenços, e assista a esta história emocionante e inspiradora de um pai e uma mãe que fizeram de tudo para que seu bebê pudesse viver, apesar de todas suas imperfeições.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr