Confissões de uma mãe imperfeita: O poder da família

Ninguém é perfeito - mas não tem problema. São os pequenos momentos que realmente importam.

2,009 views   |   shares
  • Trazido a você por: The Mom Conference/ Created by Moms for Moms

  • Minha vida como mãe não é perfeitamente coordenada com o mundo ideal pintado em minha mente. Você já se sentiu assim?

  • Nossas raras férias não são exóticas. As crostas das minhas tortas são quebradiças. Nossa bola de pilates é usada principalmente para rolar para cima e para baixo das escadas. Nossas paredes têm várias partes descascadas na pintura.

  • Eu nem sempre tenho ótima iluminação e belos cenários para ajudar a documentar minhas rotinas diárias totalmente normais.

  • Peço aos meus filhos para recolher o lixo dos quartos no andar de cima, e eles decidem pendurar o saco de lixo no meu ventilador de teto e ver o que acontece se eles se balançarem nele. (Você pode se relacionar?)

  • Eu não estou desistindo dessa vida ideal que eu imagino, e tenho certeza de que um dia eu vou ter uma cozinha bonita e talvez uma viagem à Europa.

  • Mas o que eu preciso depois de um longo dia de bagunças, refeições, interrupções, e brigas é sentir.

  • Eu preciso saber que meus esforços valem a pena. E eu preciso saber que todo o meu trabalho é suficiente.

  • Principalmente, eu preciso de orientação, confiança e ferramentas para gastar meu tempo no que é mais importante. Porque muito pelo que eu anseio - as imagem que agradam os olhos e me fazem sentir total e devastadoramente inadequada - é completamente desnecessário.

  • O que é necessário são pessoas, relacionamentos e família.

  • Porém, muitas vezes, eu me distraio com a superficialidade, a inundação de e-mails, e a sirene dos meios de comunicação social. Eu perco a verdadeira felicidade JÁ EXISTENTES ao meu redor.

  • Eu quero viver melhor.

  • Quero aproveitar cada momento que eu passo com meus pais que estão envelhecendo - especialmente com minha mãe, que está deslizando rapidamente através dos estágios de Alzheimer.

  • Quero ajoelhar-me ao lado do sofá e dobrar panos de prato, enquanto minha filha mais nova dá cambalhotas por toda a sala de estar.

  • Eu quero andar na nossa bicicleta de volta pra casa depois de buscar meus filhos na escola e deixar o vento soprar em meu rosto enquanto meu filho mais novo e eu descemos morro abaixo - apreciando sua voz enquanto ele grita "Mais rápido, mãe! Mais rápido!".

  • Eu quero picar pimentão e salsão com meu filho mais velho e deixá-lo contar animadamente sobre os personagens do livro que ele leu quatro vezes esse mês.

  • Advertisement
  • E sentar-me de pernas cruzadas na cama da minha filha adolescente enquanto nós procuramos ideias para o seu projeto de ciências... E, em seguida, sentar-me calmamente e realmente ouvir quando ela muda de assunto e compartilha todas as suas preocupações e inseguranças.

  • Eu quero saborear esta vida bagunçada, barulhenta e imprevisível.

  • Você também. Estou certa?

  • Então vamos compartilhar nossas imperfeições, discutir nossas melhores ideias e ajudar umas às outras a nos mantermos focadas.

  • Grandes coisas são esperadas de nós, e há um Poder além do nosso que irá nos guiar em direção a soluções - de uma maneira que nunca irá nos sobrecarregar ou desencorajar.

  • A construção de uma família poderosa, com Deus como nosso guia, faz a vida bela e leva à verdadeira felicidade.

  • Este é o meu objetivo, e estou dedicada a alcançá-lo. Se você quiser se juntar a mim, vai ser muito mais divertido fazer isso juntas.

  • _Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original Confessions of an imperfect mom: The power of a family, de April Perry.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Confissões de uma mãe imperfeita: O poder da família

Ninguém é perfeito - mas não tem problema. São os pequenos momentos que realmente importam.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr