Como saber quais erupções mostrar ao médico do seu filho

Veja como identificar se o ponto vermelho na pele das crianças é doença, alergia, picada de inseto ou machucado.

11,201 views   |   5 shares
  • Pequenos pontinhos rosados, vermelhos, com pus ou outro líquido, do tamanho da cabeça de um alfinete, que surgem nas costas, peito e nuca de bebês e crianças maiores que apresentam coceira, ardência, formigamento, dormência ou dor, costumam assustar algumas mães. Saber quais são resultado de calor ou roupas inadequadas, alergias ou sintomas de alguma doença é que causa maior preocupação.

  • Erupções cutâneas

  • São manchas que surgem no corpo por diversas causas. As mais comuns são: Excesso de calor (Miliária ou brotoeja), Sarampo, Rubéola, Dengue, exantema, reação à vacina contra o Sarampo, reação a fármacos como os antibióticos, eritema solar (queimadura de sol), Escarlatina, Roséola. Como guia geral as erupções de pele são classificadas em três tipos:

    • As generalizadas sintomáticas – que afetam o corpo inteiro e vem acompanhada de tosse ou febre.

    • As generalizadas assintomáticas – que afetam o corpo todo, mas sem outros sintomas.

    • Erupções parciais – afetam algumas áreas específicas do corpo.

  • A maioria das erupções são dermatites de contato, ou seja, uma inflamação de pele que é causada pelo contato com agentes alergênicos ou que causam irritação. Como:

    • Sabonetes, cosméticos, produtos de limpeza

    • Borracha, látex, elástico, metais

    • Alguns vegetais como: Aroeirinha, toxicodendro, hera, carvalho, sumagre

    • Produtos químicos, solventes, adesivos, medicamentos, perfumes.

    • Fatores ambientais – calor excessivo, roupas de tecido sintético que não absorvem o suor.

    • Pomadas para tosse aplicadas no peito e que bloqueiam as glândulas do suor.

  • Há também a dermatite seborreica que pode surgir em diversas partes do corpo, apresentando vermelhidão e descamação da pele. Se aparece no couro cabeludo de crianças mais velhas, adolescentes e adultos, é chamada de caspa e em bebês, crosta láctea.

  • Fatores como: idade, produtos à base de álcool, estresse, calor ou frio excessivo, pele oleosa são desencadeantes e agravantes desse tipo de dermatite.

  • As dermatites pouco frequentes não necessitam de tratamento, basta afastar o paciente do agente irritante da pele e tomar alguns cuidados. Se for brotoeja, refresque o bebê, use tecidos de algodão. Em alguns casos de dermatite, experimente usar loção de calamina, se houver persistência, o uso de corticoides se faz necessário, porém o médico deve receitar, pois é um medicamento que tem efeitos colaterais e modo correto de ser administrado. Evite a automedicação. Se for a dermatite seborreica, o uso de xampus à base de cetoconazol é indicado.

  • Advertisement
  • Erupções que devem ser mostradas ao médico:

    • Qualquer erupção que durar mais de quatro dias mesmo com os cuidados acima.

    • Acompanhadas de febre, vômito ou choro constante.

    • Se surgiram após iniciar uma nova medicação.

    • Se for no rosto com formato de asa de borboleta afetando as bochechas e o nariz.

    • Se houver a possibilidade do paciente ter tido contato com carrapatos.

    • Erupções ao redor dos olhos, olhos inchados e vermelhos.

    • Se as erupções forem muito extensas.

  • Ligue para a emergência se perceber:

    • Qualquer erupção cutânea de cor violeta ou roxa, cor de sangue, acompanhada (ou não) de febre, dores no corpo, nas articulações, vômitos e prostração.

    • Se a erupção tiver forma de listras vermelhas, urticárias, inchaço, dificuldade para respirar, comichão ou aperto na garganta – risco de morte.

    • Se forem manchas generalizadas acompanhadas de fraqueza, vômitos, diarreia, tremores, arrepios e ou convulsões.

  • Cuidados

    • Use em seu filho roupas leves e de material não sintético no verão e não agasalhe em excesso no inverno.

    • Não esfregue, coce ou tente retirar os líquidos das erupções.

    • Não passe álcool na pele.

    • Evite agentes irritantes como sabonetes ou xampus. Use o mínimo e de preferência neutros ou loções de limpeza.

    • Quanto mais a área afetada for exposta ao ar livre, melhor.

    • Use uma toalha úmida para refrescar a pele se surgirem erupções.

  • Mantenha a vacinação das crianças em dia.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Como saber quais erupções mostrar ao médico do seu filho

Veja como identificar se o ponto vermelho na pele das crianças é doença, alergia, picada de inseto ou machucado.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr