5 passos para perder a mania de ver indiretas em tudo

Importante observar manias que podem passar despercebidas como a de achar que tudo é indireta, a fim de sair desse círculo vicioso antes que se torne patológico.

9,513 views   |   67 shares
  • A chamada "indireta" é uma forma de comunicação muito usada, embora comprovadamente prejudicial aos relacionamentos. Infelizmente, muitas pessoas preferem evitar dizer abertamente seus pensamentos e usam de indiretas. O grande problema é que além de irritar muito quem as recebe, quem usa desses artifícios também abre possibilidades para interpretações errôneas. Assim, nada há de positivo nessa comunicação truncada.

  • Mania de perseguição

  • O outro lado dessa questão é a pessoa que vê indireta em tudo. Qualquer comentário parece ter sido feito para ela, também irrita porque as pessoas ficam constrangidas por ter que pensar o tempo todo para falar e acabam se afastando. Se você acha que as pessoas estão sempre falando para você indiretamente e isso tem prejudicado seus relacionamentos, melhor avaliar um pouco mais o que está acontecendo. Isso pode ser mania de perseguição e vale a pena procurar saber mais sobre o assunto. Segundo a matéria: "A intensidade com que a mania de perseguição acontece varia de indivíduo para indivíduo, mas sempre causa angústia e mal-estar".

  • Livre-se da perseguição

  • Não trato aqui da doença propriamente dita, limito-me a refletir sobre a perseguição em relação ao comportamento de se sentir sempre atingido por indiretas. Nesse caso vale pensar nas seguintes ações:

  • 1- Pare de se sentir vítima

  • É muito prejudicial para você mesmo se sentir perseguido por pessoas que usam do artifício da indireta para criticá-lo, acusá-lo ou qualquer coisa do gênero. O problema maior não é se fazer de vítima para os outros e sim para si mesmo; nada mais desolador que ter pena de quem você é. O papel de vítima é, no mínimo, desolador. Abandone a mentalidade de vítima atacando os pensamentos negativos, depreciativos e sentimentos de fracasso. Observe algumas reflexões sobre isso no artigo: Como parar de se fazer de vítima.

  • 2- Saia do foco

  • Importante compreender que você não é o centro da atenção do mundo e não é o assunto principal das pessoas, assim, deixe de achar que tudo o que falam diz respeito a você. O mundo não está contra você, as pessoas não estão lhe acusando, você não está sendo vigiada e criticada o tempo todo. Compreenda isso e saia do seu próprio foco; as pessoas podem estar falando de outra pessoa ou mesmo estarem simplesmente falando de forma geral.

  • Advertisement
  • 3- Melhore a sua autoestima

  • Ao assumir a responsabilidade por suas escolhas e deixar de colocar a sua vida no ombro dos outros, naturalmente você se sentirá bem com você mesmo. Cuide da pessoa que você vê no espelho, tome atitudes que a façam ser admirada e respeitada por você principalmente. Boas reflexões sobre o tema você encontra no artigo 4 Maneiras de como aumentar sua autoestima.

  • 4- Desenvolva a autossegurança

  • Como consequência da boa autoestima você sentirá mais segurança em seus próprios atos, assim, releve o que não é importante e deixe de buscar coisas ou recados nas entrelinhas. Busque conversas diretas, educadas e assertivas, não se deixando levar por conclusões que, quase sempre, não representam a verdade. Observe algumas sugestões no artigo 12 ideias para vencer a insegurança.

  • 5- Procure um especialista

  • Mas caso você não esteja conseguindo ver a vida desse novo ângulo e sempre cai na armadilha de ver indiretas em tudo, o melhor a fazer é buscar um psicólogo que ajude você a entender qual a razão disso. O autoconhecimento favorecido pelas terapias irá indicar qual a melhor saída para que você desenvolva bons sentimentos e melhore os seus relacionamentos.

  • Enfrentar a vida é assumi-la de forma direta, objetiva e positiva.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

5 passos para perder a mania de ver indiretas em tudo

Importante observar manias que podem passar despercebidas como a de achar que tudo é indireta, a fim de sair desse círculo vicioso antes que se torne patológico.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr