5 lições que as crianças dos anos 90 devem passar aos seus filhos

Crescer nos anos 90 foi ótimo, mas não há nenhuma máquina do tempo para levar nossos filhos até lá para verem o que perderam. Precisamos compartilhar as lições que aprendemos.

17,458 views   |   3 shares
  • Não é apenas imaginação, a década de 1990 foi realmente uma das melhores décadas na história recente. Além de ter algumas das melhores músicas, brinquedos e programas de televisão, vimos o fim da Guerra Fria e um dos períodos mais longos de crescimento econômico e prosperidade aqui nos Estados Unidos. Temos saudades daqueles dias e com razão.

  • Atualmente parece que a sociedade e a vida ficam cada vez mais violentas, controversas e complicadas. Nossas crianças não estão sendo criadas em tempos de paz como nós fomos. Então, talvez, seja hora de olhar para trás, para aqueles antigos dias bons e ver as lições que aprendemos e como podemos ensiná-las a nossas futuras gerações.

  • 1. Cuidar dos outros

  • Bonecas Repolhinho, bichinhos de pelúcia "Beanie babies", brinquedos eletrônicos como Tamagochis, Giggapet, Furby... Esses brinquedos são o que eu realmente sinto falta quando se fala sobre a década de 90. Você se lembra das horas de diversão que se tinha alimentando e cuidando do seu Tamagochi, brincando de casinha com a sua boneca Repolhinho ou sendo incomodado por seu Furby? Essas foram nossas primeiras experiências em cuidar de algo além de nós mesmos, e tornou-nos surpreendentemente ligados a esses brinquedos (eu ainda tenho cerca de 50 Repolhinhos embaladas em uma caixa em algum lugar). Eles nos ensinaram que o amor vem em todas as formas e tamanhos e que talvez não fôssemos o centro do universo, afinal. Talvez, se as crianças de hoje tivessem mais oportunidades de praticar suas habilidades de carinho, todos poderíamos amar uns aos outros um pouco mais e nos darmos um pouco melhor.

  • 2. Participar de sua comunidade

  • Não importa se era a série de TV Hora do recreio, 3 é demais, Um maluco no pedaço ou Vila Sésamo, cada criança teve um programa de televisão favorito, que lhes ensinou o que significa fazer parte de uma comunidade. Aprendemos por que devemos estender a mão e ajudar nossos vizinhos, ser amigos de pessoas diferentes de nós, e trabalhar em direção a um objetivo em grupo. Será que as crianças de hoje aprendem a mesma coisa dos programas de televisão que assistem?

  • 3. Brinque lá fora

  • Na década de 1990 estávamos apenas à beira da explosão da Internet. Naqueles dias, tínhamos de ouvir o tom de discagem estridente dos modems e bloquear todas as chamadas telefônicas para navegar um pouquinho na Web. Havia poucas opções de videogame e nada de mensagens de texto ou o uso universal de telefones celulares, então o que nós fazíamos? Brincávamos no quintal ou na rua, ou seja, fora de casa. E, ficamos sujos, rasgamos nossas roupas, tivemos nossos joelhos esfolados e nos divertimos muito. Não há substituto para uma lufada de ar fresco e andar descalços na grama beijada pelo orvalho. Nossos filhos devem conhecer tudo isso também.

  • Advertisement
  • 4. Ver mídias saudáveis

  • Lembram-se que nos sábados de manhã não havia nada na TV que fosse agressivo, de natureza sexual ou simplesmente estranho? Eram programas como Lizzie Maguire, As Visões da Raven, Ana Pimentinha, Hora do Recreio, e O mundo é dos jovens. Talvez nem todos tivessem uma supermoralidade, mas eles foram impecáveis. Você sabe o que seus filhos assistem na TV? Tire um tempo para sentar com eles e assistir alguns de seus desenhos animados. Conheça quem são os protagonistas e se seus sistemas de crenças espelham os seus. O mesmo vale para a música que ouvem.

  • 5. Prepare-os para as dificuldades da vida

  • Alguém se lembra do enorme alvoroço no limiar do ano 2000, quando todo mundo estava com medo que a mudança no calendário (o bug do milênio) iria desligar todos os sistemas operados por computador e enviar-nos de volta à idade das trevas? Pessoas estocaram recursos e fizeram a contagem regressiva à meia-noite na véspera de Ano Novo com mais receio do que emoção. No final, descobriu-se que programadores de computador do mundo inteiro estavam preparados o suficiente para evitar o desastre. Estávamos preparados e isso é uma boa atitude a se ter. Você nunca sabe quando um desastre, natural ou artificial, pode surgir. Ensine seus filhos a serem fisicamente e mentalmente preparados para as provações que inevitavelmente enfrentarão na vida.

  • Não podemos retornar à década de 90, mas podemos implementar as lições que aprendemos desde os primeiros anos de nossas vidas nas vidas de nossos filhos. A sociedade não é tão despreocupada quanto costumava ser, por isso cabe a nós, pais, ajudar a preservar a curiosidade, otimismo e inocência das nossas crianças. Traga um pouco dos anos 90 de volta para sua casa.

  • _Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original 5 lessons 90's kids should pass on to their children, de Katie Nielsen.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Katie Nielsen se formou em inglês com ênfase em escrita técnica. Ela já foi professora de inglês e é uma escritora com obras publicadas.

5 lições que as crianças dos anos 90 devem passar aos seus filhos

Crescer nos anos 90 foi ótimo, mas não há nenhuma máquina do tempo para levar nossos filhos até lá para verem o que perderam. Precisamos compartilhar as lições que aprendemos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr