Lidando com a morte dos avós

A morte de um dos avós é difícil para um adulto. Mas para uma criança, a morte dos avós é confusa e assustadora.

6,178 views   |   8 shares
  • Os avós são uma parte essencial de uma família. Eles dão amor, orientação e abrigo. Podemos sempre contar com eles para nos escutar de coração, compartilhar sua sabedoria e dar um ombro para chorar quando mais precisamos dele. Eles são a voz da razão. Mas uma vez que eles partem, há um vazio em nossas vidas que nunca pode ser preenchido.

  • Quando meu avô faleceu no ano passado, eu estava com o coração partido - Eu ainda estou. Os sábados já não eram mais os mesmos. Não houve mais visitas à casa de repouso, não houve mais troca de abraços e beijos e nem suas piadas. Foi difícil ver a única figura paterna que eu tive me deixar lentamente. Imagine como se sentiram os netos mais jovens que estavam com ele durante todo o processo. Eles foram afetados de maneiras diferentes. Era dever dos adultos ajudar as crianças a entender por que o vovô tinha que ir e estar com elas em seu luto.

  • As crianças precisam de apoio, tanto quanto possível, de seus pais ou outros adultos. Com o apoio certo, eles virão a entender por que a avó ou avô teve que partir.

  • Aqui estão quatro chaves para ajudar a sua família a lidar com a morte de um avô:

  • Ouvir

  • Seus filhos podem querer falar sobre os bons tempos que compartilharam com a avó ou o avô. Por mais que essas histórias possam afetá-lo emocionalmente e você não consiga suportar ouvi-las, tente escutar. Acompanhe-os nessa viagem. Compartilhe suas histórias com seus filhos também. Não tem problema se vocês sorrirem e mesmo derem risadas quando mergulharem na memória. Vocês estão apenas mantendo vivas as maravilhosas lembranças. E será muito bom homenagear os avós.

  • Discutir as coisas abertamente

  • Nunca ignore os seus filhos quando eles têm dúvidas sobre o falecido, como por exemplo, a razão porque ele tinha que partir. Não há uma resposta fácil, mas tente responder da melhor maneira que puder. Seja gentil e honesto ao explicar. Tente não assustar a criança. Elas são vulneráveis. Meus sobrinhos tiveram muitas perguntas e minha irmã com calma e cuidadosamente explicou por que o vovô teve que nos deixar.

  • Orar juntos

  • Participe de uma missa, culto religioso, ou entre numa igreja tranquila e fale com o seu Deus. Deixe-o saber o que você sente em seu coração. Seu Deus vai guiar você através da dor e oferecer-lhe a força interior para lidar com a perda.

  • Permitir-se o luto

  • Quando criança, eu não falei com ninguém sobre a morte do meu pai. Eu tinha medo de perguntar. Tentei acreditar que eu estava bem. Eu não chorei ou me lamentei apropriadamente. Eu pensava que ele voltaria. Se os seus filhos querem chorar, dê-lhes essa oportunidade. Se eles não estão mostrando emoções, aproxime-se deles. Pergunte-lhes como estão se sentindo. Algumas crianças escondem suas verdadeiras emoções. Deixe-os saber que é normal ficar triste, confuso ou chorar. Não tenha vergonha de chorar junto com eles. Perder um avô é como perder um pai.

  • Advertisement
  • Avós terão sempre um lugar especial em nossas vidas. Fomos abençoados em ter um segundo conjunto de pais aplaudindo-nos paralelamente. Mas uma vez que eles já não estão por perto, só podemos nos segurar em nossa fé e orar por coragem para lidar com a perda. Eles se foram, mas suas lembranças vivem. Eles sempre permanecerão em nossos corações.

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original How to cope with the death of a grandparent.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Lidando com a morte dos avós

A morte de um dos avós é difícil para um adulto. Mas para uma criança, a morte dos avós é confusa e assustadora.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr