Bate-papo gostoso: Um amor entre mãe e filha mais forte que as dificuldades da doença de Alzheimer

Conheça a história de Ana Heloísa e da mãe Ana Izabel. Todos os dias antes de dormir elas conversam bastante. EMOCIONANTE!

32,817 views   |   32 shares
  • Em 25 de maio de 2014, na cidade de Belo Horizonte, MG, Ana Heloísa Caldas Arnaut registrou uma das muitas conversas que tem com sua mãe todas as noites para eternizar a lembrança da mãe querida.

  • Ela criou uma página no Facebook chamada Alzheimer - Minha mãe tem e postou o vídeo acima que comoveu a muitos com centenas de milhares de compartilhamentos.

  • Segundo a Associação Brasileira de Alzheimer, o Alzheimer "é uma enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. A doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), causada pela morte de células cerebrais. Quando diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família."

  • Leia também os artigos 3 dicas para lidar com a demência, Como lidar com um pai idoso que tem a doença de Alzheimer, Como ensinar seus filhos sobre a doença de Alzheimer e As 10 doenças mais comuns que são herdadas geneticamente para entender melhor como o Alzheimer afeta a pessoa, os sintomas, tratamentos e cuidados necessários.

  • Ana Izabel Arnaut, de 93 anos de idade, portadora da doença de Alzheimer, mãe da aposentada Ana Heloísa, sofre com Alzheimer há mais de 10 anos. Ana Heloísa relata que ela não viajava e nunca ficava muito tempo fora com medo que a mãe se esquecesse dela, que é filha única, mas este dia infelizmente chegou.

  • Mesmo assim, Ana é grata pela oportunidade de poder cuidar de sua mãe e disse ainda: "Eu sei quem ela é. O carinho ela me dá, o afeto ela me dá. Ela saber que eu sou filha ou não sou, não importa mais. O que importa é que ela sabe que eu existo e que ela gosta de mim. Isso é muito gratificante".

  • Advertisement
  • Uma cuidadora e o marido de Ana Heloísa também ajudam como podem. Ana sempre esteve perto da mãe, e o amor entre mãe e filha é o que visivelmente sustenta a todos nesse processo.

  • Ana Heloísa compartilha o que aprendeu durante todos esses anos cuidando da mãe, dizendo:

  • "É um aprendizado diário muito grande. A gente vai se desprendendo das coisas, tendo mais amor e carinho com as pessoas. Percebe que existem muitas coisas tão pequenas diante de uma doença grave como essa. A pessoa que tem Alzheimer é uma caixinha de surpresas. A gente nunca sabe o que vai acontecer. Todo dia eu preciso reconquistá-la. E essa paciência a gente tem que ter. Mas tem dia que a gente fica muito cansada, tem que sair, se afastar, fazer uma respiração. A ioga é muito boa. Já fiz acupuntura. Por esse lado, vou conseguindo tirar o estresse para aguentar o dia a dia".

  • Um verdadeiro exemplo! Que possamos sempre cuidar daqueles que sempre cuidaram de nós e fazer com que o AMOR seja o sentimento mais puro de todos!

  • Fonte da imagem: AHA/

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

Bate-papo gostoso: Um amor entre mãe e filha mais forte que as dificuldades da doença de Alzheimer

Conheça a história de Ana Heloísa e da mãe Ana Izabel. Todos os dias antes de dormir elas conversam bastante. EMOCIONANTE!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr