Como ser o pai que seu filho realmente quer

Um pai maravilhoso merece os maiores elogios. Ser um bom pai não é fácil, mas filhos merecem um pai que seja física e mentalmente presente.

1,481 views   |   2 shares
  • Ao longo dos anos, em algumas culturas o papel do pai evoluiu de sábio patriarca da família para o pai física e mentalmente ausente. Por exemplo, a maioria dos pais retratados na TV não são exatamente pais dos quais uma criança poderia se orgulhar. Tais questionáveis figuras paternas vão desde o bêbado no sofá, ao pai inconsciente e inepto até o viciado em trabalho.

  • O típico pai da TV pode arrancar algumas risadas, mas a paternidade não é uma questão para risadas. De acordo com o blog da psicóloga Christina Hibbert, estudos mostram que, sem um pai responsável, os filhos:

    • Têm mais que o dobro da probabilidade de serem presos.

    • Têm cinco vezes maior probabilidade de serem pobres.

    • Têm um maior risco de abuso sexual.

    • São duas ou três vezes mais propensos a usar drogas.

    • São duas vezes mais propensos a abandonar a escola.

    • São duas a três vezes mais propensos a ter problemas emocionais e comportamentais.

  • Milhares de pais honram seus papéis o melhor que podem, é claro. Eles trabalham duro para equilibrar seus empregos e a vida doméstica, proporcionando uma presença consistente conforme eles ensinam e brincam com seus filhos. Eles proporcionam um modelo positivo de um adulto responsável e maduro. A paternidade não é fácil, mas aqui estão algumas maneiras de ser o pai que seu filho realmente quer.

  • "Deixe-me ir junto"

  • Um menino que era obcecado por cavalos ouviu seu pai dizer: "Eu acho que vou dar uma olhada em alguns cavalos." O menino ansiosamente perguntou se ele poderia ir. Seu pai, um pouco irritado, respondeu: "Por que você quer ir?"

  • As crianças precisam de seus pais, elas anseiam seu tempo e atenção. As crianças aprendem com seus pais habilidades de vida básicas, como por exemplo, andar de bicicleta ou consertar um pneu. Elas aprendem como trabalhar e fazer um trabalho corretamente. Elas também aprendem a brincar, e que o papai as ama porque ele brinca com elas.

  • "A disciplina me mostra que você se importa"

  • As crianças também anseiam por estrutura e limites. Elas podem reclamar, mas regras claras e disciplina proporcionam segurança em seu mundo. Quando elas fracassam, disciplina apropriada prova que o pai está prestando atenção.

  • Crianças também precisam de apreço genuíno quando elas fazem as coisas direito. Apreço do pai fortalece a autoconfiança e pode impulsionar as crianças a continuar a fazer o seu melhor.

  • Advertisement
  • "Eu quero ver você e a minha mãe juntos"

  • Os casamentos nem sempre dão certo, mas as crianças são mais saudáveis em todos os aspectos quando suas mães e pais estão casados e felizes. Ser criado em uma casa onde a mãe e o pai respeitam e valorizam um ao outro proporciona estabilidade e um exemplo de como o casamento deve ser.

  • "Você e a mamãe estão divorciados, mas nós também estamos?"

  • Uma criança precisa de uma relação consistente e segura com o pai quando seus pais já não estão mais juntos. Ela precisa do apoio financeiro de seu pai, e precisa de seu tempo. Também ajuda ouvir seu pai falar coisas positivas sobre sua mãe e concordar com suas regras.

  • "Eu me sinto feliz quando você vai aos meus jogos"

  • Ver o pai na arquibancada pode provar para uma criança que ela é importante. O pai pode não conseguir estar em todos os jogos, partidas, ou recitais, mas ele deixa claro para seu filho que ele quer estar lá. Não importa o quão mal ou bem a criança se saia, os pais podem mostrar entusiasmo e apoio ao desempenho de seus filhos.

  • "O seu trabalho é mais importante do que eu?"

  • Sim, o trabalho rende um salário que coloca comida na mesa. A responsabilidade de atender às necessidades básicas de vida para as crianças pode ser avassaladora. Mas quando os pais passam um pouquinho de tempo ajudando no dever de casa, jogando uma bola de basquete ou simplesmente conversando, a criança pode sentir que ele se importa.

  • Pais são incríveis. Seu potencial para criar filhos e filhas que se tornarão pessoas carinhosas, educadas e bem-sucedidas não pode ser diminuído.

  • _Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original How to be the dad your kid really wants

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Megan Gladwell, a freelance writer and sometimes teacher, lives in beautiful Northern California with her husband and four children.

Website: http://www.bookclub41.blogspot.com

Como ser o pai que seu filho realmente quer

Um pai maravilhoso merece os maiores elogios. Ser um bom pai não é fácil, mas filhos merecem um pai que seja física e mentalmente presente.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr