Famílias misturadas e o Natal: Aproveitando cada minuto

As famílias misturadas podem surgir por diversas razões, por união entre os pais que já tem seus filhos de casamentos anteriores, pelo casamento dos filhos e filhas que agregarão o genro ou a nora, etc. Mas o Natal pode ser bom da mesma forma.

1,779 views   |   1 shares
  • Natal é a época do ano em que todos ficam sensíveis e solidários. Os lares ficam com cheiro de doce de todos os tipos, mesa farta, luzes e enfeites, árvores decoradas, música e mensagens que pregam o amor e a paz entre os homens, histórias e filmes sobre a vida de Jesus e o ápice da festa, principalmente para as crianças, a troca de presentes.

  • Este clima, reina na maioria dos lares Cristãos e o que faz com que isso aconteça entre as pessoas de forma tão latente nesta época do ano é justamente o fato de comemorarmos a vinda de Jesus como nosso Salvador, exemplo de como devemos viver entre irmãos cumprindo os mandamentos do Senhor.

  • O ideal é que este cenário esteja presente em qualquer tipo de lar seja ele rico ou pobre, em famílias grandes ou pequenas, lares onde nem todos são da mesma família, pois podem ser amigos ou ainda melhor, famílias diferentes que agora passam a ser uma só, ou seja, uma família misturada.

  • Quando as famílias são misturadas

  • As famílias misturadas podem surgir por diversas razões: por união entre os pais que já tem seus filhos de casamentos anteriores, pelo casamento dos filhos e filhas que agregarão o genro ou a nora. Importante citar que estes têm suas respectivas famílias e que já tinham suas próprias tradições e cultura e o melhor é tentar agregar de forma que todos compartilhem seus costumes para que nestes momentos sejam parte de uma só família.

  • Quando a família começa a crescer desta forma, muitas coisas mudam nas comemorações habituais, como o Natal. O espaço deve ser maior, deve ser definido o que será servido e tantas outras providências devem ser tratadas. Porém, o mais importante é que a paz, a harmonia e o bem estar de todos sejam preservados. Lembrando que haverá muita diversidade e com isso surge a preocupação - como fazer para que todos sintam-se bem e que o clima de Natal prevaleça?

  • A sugestão é simples: criatividade e boa vontade.

  • A preparação

  • Será muito importante a fase do planejamento e a antecedência com que será feito. O ideal é que as famílias se reúnam para definir onde e o que será feito. Assim a opinião de todos será ouvida e juntos definirão o que será melhor e quem vai fazer o quê.

  • Algumas sugestões para a preparação

    • Alimentação - Cada família poderá se responsabilizar por um tipo de prato que serão todos reunidos resultando em uma grande ceia, além de estarem respeitando o gosto e tradição de cada um.

    • Decoração - Dependendo do local, aproveite o que se tem dos anos anteriores e o que cada família costumava usar. Com criatividade e união poderá ser uma festa inesquecível. Dê preferência para que nesta etapa todas as crianças participem, mas organize de forma que possam entrar em acordo de modo que favoreça a união e ao mesmo tempo o respeito à maneira como estavam acostumadas. Pode também conduzir para que definam juntos a melhor maneira de unir as decorações e criarem uma nova forma de aproveitar o que cada um trouxer, criando assim a tradição da nova família misturada.

    • Atividades - Sempre é bom que haja o momento da reflexão sobre o significado do Natal, isso pode ser delegado ao pai ou mãe ou ao adulto mais velho como um avô ou avó. As crianças podem preparar uma apresentação musical ou teatral, isso fará com que se unam ainda mais, pois terão que trabalhar juntas. Uma boa sugestão é fazer um tipo de reunião familiar, onde cada integrante possa expressar seus sentimentos quanto ao momento que estão vivendo, testemunhar sua gratidão a Jesus Cristo e/ou seus sentimentos pela família que agora é misturada.

    • Presentes - Normalmente famílias misturadas são numerosas, isso faz com que esta parte da reunião de Natal tenha que optar pelo tradicional amigo secreto, assim não onera ninguém e todos recebem uma lembrança de Natal. Sem contar que a brincadeira começa com pelo menos um mês de antecedência e que durante este período os participantes podem mandar recados e dicas para seu amigo secreto. Isso certamente vai criar maior integração entre os participantes.

  • Advertisement
  • O mais importante na reunião de Natal em uma família misturada não será a mesa farta, a decoração maravilhosa e os presentes que serão trocados, mas sim o reusltado da criatividade e boa vontade. O primordial é como cada pessoa esteja se sentindo. Todos devem estar com o espírito de Natal, recebendo e dando amor, paz, harmonia, sentindo-se aceito, respeitado e com a certeza de que a mistura resultou em benefício para todos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Graduada em Administração de Empresas com MBA em Empreendedorismo. Casada mãe de 6 filhos, avó de 2 netos. Atua profissionalmente como Analista Instrutora da Educação Empreendedora no SEBRAE - SP. Como hobby gosta de artesanato, música e leitu

Famílias misturadas e o Natal: Aproveitando cada minuto

As famílias misturadas podem surgir por diversas razões, por união entre os pais que já tem seus filhos de casamentos anteriores, pelo casamento dos filhos e filhas que agregarão o genro ou a nora, etc. Mas o Natal pode ser bom da mesma forma.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr