Casamento em risco: O que fazer quando o cônjuge não lhe apoia

Sugestões para abrandar uma situação e resolvê-la quando um cônjuge não lhe apoia.

26,224 views   |   80 shares
  • As pessoas costumam julgar seus relacionamentos a partir de sua própria visão do que é certo ou errado ou do que esperar de um relacionamento. É normal. Ninguém tem duas vivências em uma mesma vida. Se uma mulher cresceu sendo mimada, certamente ela vai esperar mimos do marido. Se o homem cresceu recebendo tudo nas mãos de sua mãe, vai esperar que a esposa faça o mesmo naturalmente.

  • As pessoas são diferentes. Entender esse princípio e tentar usar de empatia (colocar-se no lugar do outro) pode ajudar a compreender o mundo um do outro e preparar a ambos para o diálogo. Ninguém tem que servir ou mimar a alguém. Relacionamento pressupõe maturidade emocional. Cada um tem capacidades e habilidades que deve usar ou tentar desenvolver para o bem-estar próprio e para o bem da relação. Quando isso não acontece e um cônjuge se frustra em suas expectativas, geralmente o conflito surge e um reclama do outro: Ele não me ama, ela não me apoia.

  • Sentindo-se sem apoio

  • Quando você espera uma reação da parte do outro e não acontece de acordo com suas expectativas, pode trazer um sentimento desagradável, como ao revelar seus planos de voltar a estudar e seu marido não parece muito empolgado (talvez medo de ficar em segundo plano). Ou mostrar a ela o modelo de carro que você sempre desejou e ela dá uma olhada e diz: ah, legal... E continua vendo a novela (pode ser medo que você gaste mais do que pode). Talvez sejam seus projetos de vida, momentos difíceis ou metas de melhoria pessoal. É frustrante sentir que seu par não tem o mesmo entusiasmo que você ou desejo de ajudar. Que seus problemas, desejos ou sonhos não lhe pareçam importantes.

  • O que fazer quando não se sentir apoiado

  • Quando nos frustramos a primeira reação geralmente é surpresa, seguida de tristeza e raiva. O sentimento de não ter valor nos invade. Essa tristeza pode ser passageira ou duradoura dependendo da intensidade da expectativa. Pode até mesmo se transformar em depressão. Porém, há alguns passos que podem ajudar antes que isso aconteça.

  • Identifique o que você chama de falta de apoio

  • Respire fundo, acalme-se. Pode ser um comportamento natural para aquela pessoa ou para seu gênero. Homens e mulheres têm reações e pontos de vista naturalmente diferentes.

  • Peça apoio

  • Talvez você não se sinta apoiado por que seu parceiro não sabe ou não percebeu que você precisa. As mulheres geralmente dão apoio sem que lhes seja pedido e pensam que seu marido fará o mesmo já que ele a ama. Os homens não são tão sagazes em perceber aquilo que não é dito. São diretos ao pedir o que necessitam e esperam que a mulher faça o mesmo. Se a mulher não pede, eles concluem que estão dando o suficiente.

  • Advertisement
  • Não faça exigências, peça!

  • Porém, procure um momento propício para conversar. Mulheres sempre estão dispostas a falar. Os homens, às vezes. Não tente conversar com seu marido quando ele estiver assistindo o futebol ou com sono. Você não terá sua atenção plena e pode se sentir ainda pior. Diga a ele que precisa conversar sobre um problema e marque o horário. Com os homens funciona bem.

  • Não tente dar soluções para sua esposa quando ela quer conversar

  • Geralmente as mulheres querem expressar o que estão sentindo, não estão pedindo soluções. Um abraço e dizer: “Eu entendo querida”, ou “Me desculpe, não tive a intenção de magoá-la” vai ajudar mais que soluções. E ela se sentirá ouvida. Entenda que as mulheres têm maneiras mais sutis de pedir o que desejam.

  • Faça profunda reflexão antes de dizer a seu cônjuge que ela ou ele não lhe apoia

  • Pode não ser bem assim, talvez o problema esteja na comunicação. Se sentir que realmente não tem apoio converse francamente com seu par. Mas, deixe que o outro fale o que sente ou se explique. Talvez ele tenha sérias razões para tal, ou veja no seu caminho algo que você não notou. O melhor é conversar e esclarecer. Não se esqueça antes de agradecer pelo que o outro já faz.

  • Se após todo esforço em resolver o problema você ainda se sentir sem apoio, tente fazer o melhor que puder para atingir seus objetivos ainda que seu cônjuge não queira participar ou ajudar. Tente suportar problemas e talvez até trabalhar mais para suprir a falta de apoio. Nossas metas de crescimento são primeiramente nossas. E essa busca nos torna pessoas melhores. Trabalhe por você, por seus filhos. Tornando-se uma pessoa melhor até seu relacionamento melhorar.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Casamento em risco: O que fazer quando o cônjuge não lhe apoia

Sugestões para abrandar uma situação e resolvê-la quando um cônjuge não lhe apoia.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr