Cortar ou não a cauda do animal: O que a lei brasileira diz

Se você quer cortar o rabinho do seu cachorro apenas para deixá-lo mais bonito, saiba que tem uma lei que proíbe. Saiba o porquê dela.

2,152 views   |   1 shares
  • O que a lei diz

  • Não pode. Se for por questões estéticas, a cauda do seu cachorrinho não poderá ser cortada. É o que diz a Resolução 1027 do Conselho Federal de Medicina Veterinário (CFMV) publicada em 18 de junho de 2013, no Diário Oficial da União. Além da caudectomia, o Conselho também proíbe que médicos-veterinários façam o corte da orelha (conchectomia) e a retirada das cordas vocais dos cães (cordectomia). Os gatos também ganharam com a nova resolução, já que ficou proibida a cirurgia de retirada das unhas dos felinos (onicectomia).

  • Não sei você, mas eu fiquei aflita só em ler o que acontecia com esses animais, apenas para deixá-los mais bonitos para os seus donos ou para diminuir o incômodo dos latidos ou dos sofás desfiados. A classe de veterinários que apoia essa Resolução afirma que o corte dos rabinhos, feito nos primeiros dias de vida do animal, causa dor e sofrimento aos cães, já que muitas vezes é feita sem anestesia, e pode ocasionar infecções na coluna ou em outro local que tenha sido amputado.

  • A cauda ajuda no equilíbrio de vida do animal

  • Se você estava pensando em cortar a cauda do seu cachorro, saiba que ela tem muita serventia, pois é o prolongamento da coluna vertebral e tem vértebras e terminações nervosas. É com ela que ele se comunica com outro cão, espalha ou esconde o cheiro que o identifica, ajuda no equilíbrio e demonstra o estado emocional, como alegria ou agressividade.

  • Infelizmente, apesar da nova regra, alguns animais ainda sofrem com esses procedimentos já que muitos criadores continuam a fazê-los por conta própria. Porém, o médico-veterinário que realizar esses tipos de cirurgia estará sujeito a processo ético-profissional pelo CFMV. O Conselho estimula os cidadãos a fazerem denúncias nos conselhos estaduais, caso saibam de um profissional que ainda esteja praticando a amputação de partes de animais por questões de embelezamento.

  • O corte da cauda, orelha, retirada das cordas vocais ou das unhas dos gatos só poderá ser realizado em situações de preservação da vida do animal, como, por exemplo, um tumor.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Caroline é uma jornalista catarinense que optou por ser mãe em tempo integral depois do nascimento dos filhos. Ama escrever e ainda acredita que pode mudar o mundo com isso.

Cortar ou não a cauda do animal: O que a lei brasileira diz

Se você quer cortar o rabinho do seu cachorro apenas para deixá-lo mais bonito, saiba que tem uma lei que proíbe. Saiba o porquê dela.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr