Oi Mãe, obrigado por nunca ter me levado para a Disney World

Agradecer tudo que as mães fazem é impossível, mas este autor tentou e veja que coisas notáveis ele ressaltou sobre sua mãe.

25,772 views   |   5 shares
  • "Este artigo foi originalmente publicado no The Matt Walsh Blog e foi reproduzido aqui com permissão do autor, traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger."

  • Querida mamãe,

  • Eu sempre quis ser um artista. Talvez um poeta ou um pintor ou um músico. Eu era razoavelmente habilidoso com um lápis de cor, pelo menos. Eu sei que você se lembra. Você tem desenhos do ensino fundamental de todos os seus seis filhos ainda pendurados na sala de jantar.

  • E, há 20 anos, os irmãos discutem sobre qual desenho é o melhor. Continuo a dizer que o meu esboço de flor demonstra certa habilidade e sensibilidade artística que nenhum dos outros poderia igualar. Você nunca tomou partido nessa guerra de décadas, mas cada vez que este debate aflora, eu posso sentir as vibrações vindas de você, dizendo: "O desenho de Matt é de longe superior às abominações horrendas que meus outros filhos tragicamente vomitaram em pedaços de papel em branco". Estou parafraseando suas vibrações, mas essa é a essência.

  • De qualquer forma, apesar do meu promissor início de carreira, eu nunca me tornei um artista. Isso é uma pena, porque os artistas têm a capacidade de fazer grandes coisas - profundas, imensuráveis, infinitas - capturá-las e traduzi-las em algo tangível e compreensível.

  • Eu não tenho essa capacidade. Então, eu me sento aqui, na tentativa de assumir a tarefa simples, mas colossal de dizer "obrigado", e eu sei que, no entanto eu digo isso, e por mais que eu expresse a minha gratidão, será apenas uma pequena e fraca sombra do "obrigado" que você merece ouvir.

  • Eu só posso murmurá-lo à minha própria maneira desajeitada, insuficiente - mas desajeitado e insuficiente é melhor do que não dizer nada.

  • Então, aqui vai:

  • Obrigado.

  • Obrigado por nunca conseguir uma casa maior ou um carro mais bacana. Obrigado por nunca nos levar para a Disney World. Obrigado por nunca me comprar o mais moderno sistema de videogame. Obrigado por uma vida humilde - uma vida de roupas feitas por você e usar vans de passageiros e seis filhos amontoados em três quartos - porque você e meu pai tinham prioridades diferentes. Obrigado, porque você teve seis filhos, e você ficou em casa para nos criar - por estar lá para nós, para nos ensinar, para nos moldar, para nos amar, para nos disciplinar - e isso significava menos "lanche feliz" e brinquedos extravagantes, mas mais vida, mais alegria, mais amor.

  • Advertisement
  • Obrigado.

  • Obrigado por suportar nossa falta de gratidão.

  • Obrigado por nos preparar lanches quando chegávamos em casa da escola.

  • Obrigado por fazer nossos almoços e jantares.

  • Obrigado por cuidar para que jantássemos como uma família - sempre à mesa, nunca na frente da TV.

  • Obrigado por estar ali sentada e ouvindo-nos contar histórias terrivelmente chatas sobre nossas aventuras na aula de educação física e recreio.

  • Obrigado por nos encorajar a pensar. Obrigado por perguntar sobre os nossos pontos de vista e nossas ideias, e nos ensinar a como expressá-las.

  • Obrigado por suas opiniões sobre as coisas importantes, e por nunca ter tido medo de expressá-las. Isso foi muito positivo e importante, mas é claro que agora você e papai compartilham a culpa pelo fato de que cada reunião de família se transforma em um debate forte sobre algum tema ou outro.

  • No último Natal, alguém mencionou A Pequena Sereia, e a próxima coisa que se ouviu foi uma discussão de uma hora sobre se é ou não moralmente aceitável um homem se apaixonar por uma mulher que é parcialmente um peixe. Eu disse que não, e eu estava certo, é claro. Bestialidade parcial ainda é bestialidade.

  • Obrigado por nos ensinar a questionar a cultura. Obrigado por nos mostrar como levantarmo-nos em favor da verdade.

  • Obrigado por nos dizer que nós nunca estaríamos em apuros em casa, se tivéssemos problemas na escola por defender o que é certo.

  • Obrigado por ter apenas uma TV para 8 pessoas, que nos obrigou a encontrar outras coisas para fazer - como ler livros e brincar.

  • Obrigado por me comprar todos os livros do Dr. Seuss quando eu tinha cinco anos de idade. "Ovos verdes e presunto" ainda é, para o meu dinheiro, a maior parte da literatura já escrita.

  • Obrigado pelas noites de jogos familiares.

  • Obrigado pelas noites de cinema em família.

  • Obrigado por limpar o vômito da minha máscara de Halloween naquele ano quando eu fiquei doente enquanto procurava por "doces ou travessuras".

  • Obrigado por sua paciência.

  • Obrigado por nos ensinar responsabilidade, fazendo-nos caminhar para a escola, se perdêssemos o ônibus.

  • Obrigado por seu amor duradouro, por seu bom amor, por seu amor compassivo. Obrigado por seu amor que me deu um abraço quando eu precisava de um, ou um chute no traseiro quando eu precisei certa vez.

  • Obrigado por me forçar a conseguir um emprego durante as férias, quando eu teria preferido sentar e assistir TV por três meses, como a maioria dos meus amigos.

  • Advertisement
  • Obrigado por me ensinar que temos que trabalhar por aquilo que queremos na vida.

  • Obrigado por não acreditar nas minhas desculpas.

  • Obrigado por suas habilidades organizacionais notáveis. Obrigado pelo infame gráfico de tarefas, descrevendo quem é responsável por fazer o quê e em que dia e pelo ainda mais infame gráfico da programação de TV, atribuindo tempo de meia hora para assistir TV para cada criança, e a adição posterior para o tempo de computador, que permitiu-nos a cada um, se bem me lembro, uma hora no computador.

  • Muito obrigado por sua coragem.

  • Obrigado por nos ensinar o significado da vida. "Conhecer a Deus, amá-Lo, servi-Lo, e ser feliz com Ele, nesta vida e na próxima." Eu ainda tenho isso na memória, e eu ainda me pergunto por que as pessoas pensam que essa questão é um grande mistério.

  • Obrigado por nos fazer ajoelhar no chão à noite e fazer nossas orações familiares.

  • Obrigado por viver as palavras da oração que meu pai sempre disse: "Senhor, nós nos oferecemos a ti, nós oferecemos nossos filhos a ti."

  • Obrigado por ser uma luz de bondade para aqueles que a rodeiam.

  • Obrigado por me ensinar sobre lealdade e respeito.

  • Obrigado por me tranquilizar uma noite, quando eu tinha 7 ou 8 anos, e eu estava triste e com medo porque meus amigos da escola estavam falando de coisas como "divórcio", e "custódia", e "passar o fim de semana na casa do pai". Obrigado por me olhar nos olhos e dizer-me, com uma voz firme, mas compassiva, que eu nunca iria ter que passar por isso, porque você e o papai nunca iriam se divorciar.

  • Obrigado por cumprir essa promessa.

  • Obrigado por me mostrar que o vínculo do casamento é o alicerce sobre o qual a família é construída, e a relação mais importante que um pai ou mãe pode ter é com o seu cônjuge.

  • Obrigado por amar o meu pai, por ser uma boa esposa para ele, por mostrar-nos como um casamento deve ser.

  • Obrigado por me colocar no meu lugar quando eu tentei fazer as coisas do meu jeito, jogando você e meu pai um contra o outro.

  • Obrigado por ter me feito compras de supermercado para o primeiro fim de semana depois que saí de casa. Obrigado por abastecer minha despensa de comida, e me mostrar como fazer um orçamento e economizar.

  • Obrigado por me puxar de lado no dia em que eu apresentei Alissa para a família e sussurrar "Matt, gostei dela. Ela é ótima." Você sabia que eu tinha passado por alguns relacionamentos insalubres e ruins no passado. Olhando para trás, percebo que você estava dizendo para mim: "Matt, ela é diferente das outras. Ela pode ser a garota certa. Segure-se a ela."

  • Advertisement
  • Obrigado por abraçá-la como sua filha, e fazê-la sentir-se amada e aceita.

  • Obrigado por me edificar.

  • Obrigado por derramar-se em sua vocação da maternidade.

  • Obrigado por nunca ter desistido de mim.

  • Obrigado por nunca ter desistido de mim.

  • Mesmo quando eu estava falhando em minhas aulas. Mesmo quando eu me formei mal no ensino médio. Mesmo quando eu saí da faculdade pública. Mesmo quando eu não consegui manter um emprego ou definir uma meta ou não cumpria meus compromissos. Mesmo quando eu estava pronto para desistir de mim mesmo. Mesmo quando eu pensei que nunca ia ser nada. Mesmo quando eu pensei que eu era muito estúpido, muito preguiçoso, muito carente de talento. Mesmo quando eu deixei você para baixo. Mesmo quando eu fiz você chorar. Mesmo quando eu rejeitei o seu amor, a sua confiança e sua fé em mim.

  • Mesmo nos momentos mais sombrios. Mesmo nos meus piores momentos.

  • Você nunca desistiu. Você lutou por mim. Você acreditou.

  • Obrigado.

  • Obrigado por tudo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Matt Walsh is a husband, father and teller of the absolute truth.

Website: http://themattwalshblog.com/

Oi Mãe, obrigado por nunca ter me levado para a Disney World

Agradecer tudo que as mães fazem é impossível, mas este autor tentou e veja que coisas notáveis ele ressaltou sobre sua mãe.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr