Depois de ajudar a encontrar mais de 100 pessoas desaparecidas, esta avó encontrou o próprio neto

A história a seguir poderia tranquilamente ser considerada um romance literário. Mas não é. Aconteceu de verdade. Como um milagre.

2,743 views   |   shares
  • Existe, na Argentina, uma entidade denominada Avós da Praça de Maio, que tem como objetivo localizar filhos de desaparecidos políticos, que foram retirados de suas famílias e entregues para adoção durante o período de Ditadura Militar do país, ocorrido entre os anos de 1976 e 1983. A presidente dessa entidade é Estela de Carlotto, que já ajudou a encontrar mais de 100 pessoas que estavam longe de suas verdadeiras famílias.

  • Guido era procurado havia mais de 30 anos

  • Embora Estela ficasse alegre e satisfeita sempre que uma pessoa que ajudou a encontrar era devolvida para sua família legítima, ela jamais havia se sentido tão feliz até recentemente. Isso porque seu próprio neto, que também estava desaparecido, foi encontrado no dias 5 de agosto e agora já ocupa seu lugar de direito na família Carlotto. Guido, que teve sua identidade alterada para Ignácio Hurban, é pianista e estava sendo procurado pela avó fazia 36 anos.

  • Estela revelou à imprensa que não sabia que sua filha Laura (mãe de Guido) estava grávida quando desapareceu em 1978. E que somente mais tarde tomou conhecimento da existência do neto, e então, passou a procurá-lo com afinco. Laura e o pai de Guido faziam parte de um grupo político que era contra a ditadura, os chamados Montoneros.

  • {step10}

  • O corpo de sua filha foi entregue aos pais sem Guido, mas a avó sabia que ele estava vivo. Hoje Estela sabe que Guido foi adotado por uma família simples que residia em uma área rural da região de La Plata, e segundo ela, seu neto tem os traços da família Carlotto.

  • Advertisement
  • {step12}

  • Como é a missão da entidade

  • A entidade Avós da Praça de Maio possui um banco genético das famílias que tiveram as crianças retiradas na época da ditadura. Então, faz campanhas em rádio, TV e jornal incentivando aquelas pessoas que têm dúvidas a respeito de sua verdadeira identidade a buscarem o local da organização para realizar o teste de DNA. Essa grande ação já ajudou 113 famílias a encontrarem suas crianças. Ainda há 400 pessoas, hoje com mais de 30 anos, para serem localizadas. Em 2000, o neto da vice-presidente da entidade, Rosa Roisinblit, foi localizado, ou "recuperado", como costumam dizer.

  • A entidade foi nominada ao Prêmio Nobel da Paz em 2008.

  • {step3}

  • {step5}

  • {step7}

  • Fontes das imagens:

  • World News
  • BBC - UK
  • Reuters

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

Depois de ajudar a encontrar mais de 100 pessoas desaparecidas, esta avó encontrou o próprio neto

A história a seguir poderia tranquilamente ser considerada um romance literário. Mas não é. Aconteceu de verdade. Como um milagre.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr