5 formas de lidar com um dedo-duro

O dedo-duro e a fofoca muitas vezes andam lado a lado e têm um efeito arrasador na vida das pessoas.

5,404 views   |   27 shares
  • A quebra de sigilo associada à informação distorcida da vida alheia são dois dos maiores males causadores de intrigas, contendas e inimizades provocadas entre os indivíduos dentro do ambiente de convivência inseridos na sociedade.

  • Todos nós estamos suscetíveis, em algum momento ou outro, a cair nesta armadilha. A famosa fofoca e o, propriamente dito, dedo-duro estão entre nós em todos os lugares, seja no ambiente de trabalho, reuniões religiosas, instituições de ensino, locais de entretenimento, círculo de amizades, e entre nossos próprios familiares encontramos pessoas com essas características.

  • Entretanto, podemos caracterizar o dedo-duro de forma positiva, na medida em que esse adjetivo seja usado como forma de denúncia contra terceiros que praticam atos ilícitos que prejudicam o próximo, a natureza e as leis do país. Porém, o dedo-duro na forma pejorativa não age com este objetivo.

  • Algumas informações listadas podem ser úteis de como lidar com um dedo-duro

    1. Caso tenha passado por alguma experiência com alguém desse tipo e ainda mantenha a amizade, a única forma de evitar que o fato aconteça novamente é não contar seus segredos a ele.

    2. Se por acaso estiver numa roda de amigos num momento de descontração, e o dedo-duro estiver presente, fique na conversa trivial, esse não é um ambiente favorável para compartilhar seus assuntos mais íntimos.

    3. Criações e informações sigilosas circulam constantemente no ambiente profissional. É comum a especulação, principalmente tentar descobrir o que o concorrente planeja no futuro, a fim de antecipá-lo e sair na frente. Já imaginou um projeto que você criou sendo lançado antecipadamente por outra empresa ou até mesmo por seu colega de trabalho? O dedo-duro atua nessa área, alguns até profissionalmente, cuidado com quem você expõe suas ideias.

    4. Muitos são os que tentam descobrir seus planos e suas intimidades. Infelizmente, existem pessoas assim, mesmo dentro do ambiente familiar. Compartilhe seus sentimentos, ideias, projetos e intimidades somente com aqueles que você tenha total confiança que não levará para frente o assunto. Uma das principais características do dedo-duro é ser também fofoqueiro, ou seja, quando ele descobre um segredo, a tendência é espalhar a informação deturpando-a da realidade, o resultado pode ser extremamente desastroso.

    5. Outra forma de evitar que suas informações não serão repassadas a frente é não contá-las. Guarde para si e deixe que todos saibam quando realmente o fato acontecer, então não será segredo para mais ninguém. Isso exigirá um total autocontrole de sua parte. Contudo, se não acontecer aquilo que você estava esperando, ninguém ficará sabendo do resultado, a frustração será menor por não haver cobrança, você também não receberá empatia disfarçada de falsidade e satisfação por aqueles que no fundo desejavam que você não tivesse alcançado o objetivo que tanto desejava. Entretanto, nessas horas difíceis, é sempre bom contar com um amigo que realmente lhe entenda e que eleve sua autoestima e confiança para alçar novos rumos.

  • Advertisement
  • O desejo de confidenciar e compartilhar projetos profissionais e familiares, ou informações íntimas e pessoais de sua vida com alguém, é tão intenso quanto aquele que ouve e tem tamanha dificuldade em guardar o segredo, pois a vontade de dividir essa responsabilidade com outra pessoa sobre a vida alheia é quase que inevitável.

  • E se eu for o dedo-duro?

  • Se cairmos na armadilha de nos pegar contando o segredo de alguém para outra pessoa, o melhor a fazer é reconhecer o erro e informar para aquele que nos contou que não fomos capazes de guardar o segredo, e acabamos por fim revelar a outra pessoa. Isso em si já se torna um problemão, pior se o assunto partir para a fofoca. Sabemos que a história nunca é a mesma quando contada de boca em boca, se isso acontecer, perderemos totalmente a confiança daquele amigo e no mínimo sua amizade. Essa é a consequência que pagamos por não sermos honestos.

  • E se eu ouvir sem querer?

  • O melhor a fazer é não ouvir, corte o assunto, diga que não quer saber sobre isso. É sempre assim, teu amigo fala a você: "Vou lhe contar um segredo, mas não conta para ninguém". E se o amigo lhe contar algo sem você estar esperando por isso, e no final ainda lhe falar: "Não conte para ninguém". Normalmente, isto acontece com o dedo-duro ou fofoqueiro, o segredo nunca tem relação com ele. Tente agir naturalmente, encerre o assunto e faça de tudo para esquecê-lo. Dessa forma, não sentirá o desejo de levar à frente.

  • Prejuízos, destruição e inimizades são consequências que podem acontecer na vida das pessoas, famílias e empresas através das ações de um dedo-duro e fofoqueiro. É importante analisarmos nosso comportamento no dia-a-dia para não cairmos nessa armadilha que nos cerca por todos os lados, e seguir algumas dessas informações para evitar as ciladas que um dedo-duro possa nos trazer.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Sandro A Correa é graduado em Farmácia, pós-graduado em Fisiologia - UEL e Empresário do ramo de seguros. Natural de SCS - São Paulo; Casado, pai de dois filhos, tem como hobby a prática do tênis.

Website: http://mormon.org/por/me/9HPR/Sandro

5 formas de lidar com um dedo-duro

O dedo-duro e a fofoca muitas vezes andam lado a lado e têm um efeito arrasador na vida das pessoas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr