De catador de lixo a médico: A prova real de que até os sonhos mais difíceis podem se tornar reais

Catador de lixo que se tornou médico ensina que dificuldades não devem ser usadas pelas pessoas como desculpa para deixarem de lutar pelos sonhos.

5,747 views   |   1 shares
  • As belas histórias de superação e perseverança deveriam passar mais nas telas de TV e páginas de jornais, você não acha? Embora notícias de tragédias, catástrofes e problemas sejam necessárias, já que precisamos saber exatamente em que mundo vivemos, as histórias motivacionais surtem um efeito muito positivo na sociedade e deveriam ser mais exploradas, afinal, o mundo não é feito só de desgraça.

  • Contamos recentemente a história de Maria de Nazaré, catadora de lixo reciclável, que teve uma vida de muitas privações e dificuldades, mas superou todas elas e chegou à faculdade de Direito. Cícero Pereira Batista também tem uma linda e exemplar trajetória de vida, que merece ser contada aqui.

  • Oportunidade que veio do lixo

  • Cícero passou a vida na capital do país, Brasília, juntamente com a mãe e seus irmãos, mas sem o pai que faleceu quando Cícero ainda era pequeno. Além das privações materiais, Cícero também tinha outros problemas como o alcoolismo da mãe e o envolvimento com tráfico de drogas de um dos irmãos. Sem grandes oportunidades na vida, a família se virava como podia e por isso o pequeno Cícero, hoje com 33 anos, ganhava a vida como catador de lixo. Como sabia que a oportunidade não chega gratuitamente, mas precisa ser descoberta, aproveitou os momentos em que passava recolhendo o lixo, e guardava livros e antigos discos de vinil que encontrava no meio dos entulhos. Foi num desses dias de "sorte" que o menino encontrou uma apostila de Biologia, e foi por causa dela que Cícero desenvolveu o interesse pela anatomia humana e pela área da saúde.

  • Uma de suas irmãs percebeu que Cícero tinha muita habilidade com os estudos, e o incentivou a se matricular na escola. Depois disso e com muito suor, Cícero foi progredindo nos estudos até chegar ao Ensino Médio, adquirindo formação de técnico em enfermagem. Em nenhum momento Cícero conseguiu ter o "luxo" de se dedicar unicamente aos estudos. No início, em paralelo aos estudos, fazia trabalhos informais, mas depois, com o que aprendeu no curso, passou a trabalhar na sua área como técnico de enfermagem.

  • Advertisement
  • Para o alto e avante

  • Como era de se imaginar, Cícero não quis parar como técnico de enfermagem. Afinal, seu sonho de estudar medicina já vinha de muito tempo. Ele começou o curso de medicina em uma universidade de Minas Gerais e continuou por quase dois anos longe de casa, tendo feito inclusive um empréstimo com o governo. Como suas condições financeiras eram precárias, decidiu então fazer a prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), cuja nota, para sua alegria, rendeu a ele uma vaga na Faciplac (Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central) pertinho de casa. Lá, teve que começar tudo de novo, porque seus créditos já cursados não foram validados, mas isso era o de menos, porque para Cícero seu sonho era o que mais importava. O curso de medicina era em período integral, ou seja, ocorria pela manhã e à tarde. Ainda assim, Cícero trabalhou durante todo o curso, com uma carga de 40 horas semanais de plantão como técnico em enfermagem, por isso dormia muito pouco, afinal, era muito dedicado aos estudos mesmo fora da sala de aula. E quer mais? Segundo fontes da faculdade, era um dos melhores alunos da turma.

  • A chegada do sonho

  • Foi com muita alegria e o peito estufado de satisfação que Cícero recebeu o diploma de médico no dia 6 de junho deste ano. Agora, Cícero tem outros objetivos, porque para ele o progresso não deve ter limite. Como prioridade, quer ajudar a mãe a mudar de vida, se tornar um bom médico, quem sabe estudar Direito um dia, e ir para o exterior fazer especialização na área de psiquiatria. Ele já trabalha como médico, e ainda não está bem acostumado com a experiência de ser chamado como tal.

  • Cícero provou que aquilo que pode parecer impossível para alguns ou até para a maioria, foi muito difícil, mas perfeitamente possível para ele.

  • Fonte da Imagem: Correio Braziliense

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

De catador de lixo a médico: A prova real de que até os sonhos mais difíceis podem se tornar reais

Catador de lixo que se tornou médico ensina que dificuldades não devem ser usadas pelas pessoas como desculpa para deixarem de lutar pelos sonhos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr