Eu não aguento mais ele!

Reflexões importantes para a esposa que se sente exausta emocionalmente.

50,651 views   |   68 shares
  • Todo casamento passa por momentos difíceis; as chamadas crises conjugais, que, de tempo em tempo, surgem tumultuando a vida a dois. O importante é que com a superação desses entraves, os cônjuges amadureçam e fortaleçam os elos de união. No entanto, quando isso não ocorre, o afastamento do casal pode se transformar em um abismo de grandes proporções.

  • Quando você diz que não aguenta mais o homem que escolheu para viver por toda a vida, é porque esse afastamento já aconteceu e, provavelmente, deixou mágoas por consequência. Ao chegar à tamanha exaustão é preciso definir melhor as coisas para evitar maior sofrimento.

  • Reflita:

  • O que a deixa tão insatisfeita é o seu esposo?

  • Muitas situações adversas surgem sem que ninguém seja diretamente responsável, no entanto, cria-se um ambiente hostil entre os envolvidos. Acontecimentos que geram conflitos, por exemplo, os que desestabilizam as finanças da família; desemprego, queda de rendimentos, etc. É comum que, em casos assim, haja muita cobrança de um cônjuge para o outro, muito embora, eles reconheçam que nenhum dos dois é culpado pela situação.

  • Então vale uma reflexão:

  • Você está cansada do seu esposo ou da vida que tem levado com ele?

  • São coisas diferentes, que precisam ser distinguidas, afinal é o que vai definir a forma como você precisa agir. Muitas vezes, as pessoas estão infelizes com a vida que possuem e gostariam que elas fossem diferentes, mas antes de buscarem analisar como fazer para mudar, preferem transferir a responsabilidade, ou mesmo a culpa, para o outro.

  • Pense:

  • As atitudes que lhe desagradam em seu marido não existiam antes?

  • Isso é interessante de se observar porque é muito natural que, em momentos de crise, os cônjuges se atenham no que consideram negativo no comportamento de seus pares. Bom considerar que muito do que você não gosta agora, já não gostava antes e, por alguma razão, tolerava.

  • Então eu pergunto:

  • Porque tanta intolerância agora?

  • Não se sinta constrangida em admitir que você se sente sem paciência, profundamente irritada e pessimista com toda essa situação. Isso é muito comum quando enfrentamos uma crise que se alonga e provoca exaustão emocional. O fato é que se é assim que você se sente, talvez não seja o seu marido o grande problema.

  • Advertisement
  • Surge mais uma questão:

  • Como você vê seu futuro sem o seu marido?

  • É fundamental que, em nossas decisões, levemos em consideração o futuro, pois, se olharmos só para o presente podemos comprometer nosso bem-estar mais à frente. Eu já ouvi muita gente dizer: "Se eu soubesse não tinha me separado", portanto, pense em como será sua vida daqui a um ano, por exemplo, divorciada dele. Como será a sua estrutura familiar, como estarão todos inseridos nesse novo contexto de vida.

  • Pode ser que depois dessa análise você ainda não se tenha decidido e isso é muito bom, minha avó dizia que a "pressa é inimiga da perfeição". Procure manter a calma e não decida nada de ímpeto.

  • No artigo 5 defeitos difíceis de conviver no casamento escrevi: É preciso que se compreenda que ao se decidir compartilhar uma vida com alguém, você está se decidindo a conviver com as qualidades e defeitos, assim como esse alguém também terá que conviver com você de forma inteira.

  • Lembre-se: trata-se das escolhas que você está fazendo para a sua vida e que, ainda, envolvem a vida de outras pessoas; isso é de grande responsabilidade.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Escritora, educadora e consultora; especialista em MEDIAÇÃO DE CONFLITOS e MEDIAÇÃO CORPORATIVA. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: http://www.suelyburiasco.com.br

Eu não aguento mais ele!

Reflexões importantes para a esposa que se sente exausta emocionalmente.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr