8 problemas a serem resolvidos para que seu casamento sobreviva

Segundo o especialista em Sexualidade Humana, Arnaldo Risman, só o amor não basta. Para um casal ficar junto é necessário maturidade e ter jogo de cintura.

20,652 views   |   24 shares
  • Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 30% dos casais brasileiros se separam antes de completarem 5 anos de casamento e, desses, 20% não chegam nem a completar 2 anos. São dados que preocupam. Afinal, problemas todo casamento tem. Mas, existem problemas que se não resolvidos podem levar o seu casamento a entrar nessa estatística. Aqui estão eles:

  • 1. Problemas por dinheiro

  • Este pode ser considerado o Top dos problemas no casamento. O velho ditado: "Onde falta pão, todo mundo briga, todo mundo tem razão", pode se encaixar nesta situação. Embora nem sempre falte o pão de cada dia, brigas por dinheiro e por administração do dinheiro é uma constante entre a maioria dos casais. A solução é conversar, traçar metas de curto e longo prazo e nunca gastar dinheiro sem que o outro saiba e aprove. Fazer o orçamento em comum acordo preservará a paz e seu casamento.

  • 2. Infidelidade

  • Este tópico até dispensaria comentários, não fosse por uma questão: A infidelidade nem sempre é tão evidente. Existem vários tipos de infidelidade que alguns cônjuges cometem e nem se dão conta. Aqui estão algumas maneiras em que um casal pode estar sendo infiel e nem sabe.

  • 3. Falta de desejo sexual

  • Muitos maridos reclamam que suas esposas não têm interesse por sexo. A psicanalista Regina Navarro Lins diz que "É muito maior do que se imagina o número de mulheres que fazem sexo com seus maridos sem nenhuma vontade, por obrigação. E sempre foi assim." Mesmo quando há muito amor, o desejo sexual pode ser escasso ou nem existir. Os maiores culpados segundo alguns casais são a falta de carinho, falta de prazer, a rotina e brigas constantes. Há que se buscar ajuda, seja de terapia de casais ou mesmo ajuda médica. Pode ser um problema emocional ou hormonal. Mas, é útil saber que com o passar dos anos a libido tende a diminuir, sem necessariamente acabar. É hora de pesar o que é mais importante no casamento.

  • 4. Alienação emocional

  • Poderia ser comparado ao abandono. Alguns casais sofrem com esse problema. É um abandono dentro do casamento já que a solidão independe do estado civil. É quando um dos cônjuges se sente deixado de lado, não é ouvido, não se sente necessário. Na maioria das vezes o problema está justamente naquele que se sente só. Como disse Shakespeare: "Se você se sente só, é porque ergueu muros em vez de pontes". Ao invés de se lamentar e se vitimizar, aquele que se sente só, deve erguer uma ponte em direção ao outro, abrir mais os canais de comunicação, sorrir mais, se abrir mais e aproveitar o tempo solitário para cuidar de si, de seu espírito. Isso diminui a dependência, as cobranças e atrai as pessoas para perto de si.

  • Advertisement
  • 5. Vícios

  • Resolver este problema no casamento pode ser um dos maiores desafios que um casal ou um cônjuge pode enfrentar. É necessário buscar ajuda médica e psicológica. Nenhum casamento pode sobreviver sem curar esse mal.

  • 6. Mentira

  • A confiança é a base de um casamento feliz. A falta dela é devastadora ao relacionamento. A mentira não tem lugar na vida a dois. Nem mesmo as chamadas mentirinhas brancas são aceitáveis. Se seu cônjuge descobre que você mentiu em uma coisa pequena, começará a imaginar onde mais você mentiu. Uma mentira leva a outra e quando você se dá conta, está enredado em um mar de enganos que pode afogar seu casamento. A confiança quebrada pode nunca mais ser restituída. A culpa pela mentira pode afastá-los emocionalmente e mesmo impedir a intimidade física. Jamais minta ao seu cônjuge, por pior que seja a situação ou as consequências. A verdade é sempre mais misericordiosa.

  • 7. Objetivos de vida diferentes

  • A psicóloga Patrícia Rocco diz que um dos problemas mais comuns no casamento é o casal não ter metas e objetivos de vida em comum. Isso gera conflitos e decepção já no início. Expectativas não correspondidas, metas individuais e caminhos que exclui o outro. Conversar bastante antes do casamento é fundamental. No casamento é buscar alternativas que sejam boas para ambos. Um meio-termo que concilie os objetivos de ambos para um objetivo maior que favoreça o crescimento do casal e atenda suas expectativas razoáveis.

  • 8. "Laissez faire, laissez passer"

  • Esta é uma expressão francesa que significa deixa fazer, deixa passar. Isso acontece quando o casal, principalmente os homens, se recusam a discutir a relação como se os problemas fossem acabar por si só. Deixa como está para ver como é que fica. Neste livro" essa atitude é definida como: "Deixar o casamento no piloto automático". Nenhum dos dois se importa, nenhum dos dois quer discutir ou resolver os problemas, os dois irão se divorciar.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

8 problemas a serem resolvidos para que seu casamento sobreviva

Segundo o especialista em Sexualidade Humana, Arnaldo Risman, só o amor não basta. Para um casal ficar junto é necessário maturidade e ter jogo de cintura.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr