8 maneiras que o Facebook pode destruir seu casamento

O Facebook já foi um lugar para postar como você estava se sentindo e onde você iria passar o seu sábado. Agora, ele está sugando muito mais tempo da vida das pessoas e pode ter um efeito profundo em casamentos.

120,090 views   |   538 shares
  • Nota do Editor: Este artigo foi originalmente publicado no Deseret News National e reproduzido aqui com permissão, traduzido por Stael Pedrosa Metzger.

  • O Facebook já foi um lugar para postar como você estava se sentindo e onde você iria passar o seu sábado. Agora, ele está sugando muito mais tempo da vida das pessoas e pode ter um efeito profundo em casamentos.

  • De acordo com um estudo citado pela Christian Post, o Facebook tem sido relacionado a um aumento no número de divórcios. Na medida em que o número de usuários do Facebook aumenta, a taxa de divórcios também cresce, segundo o estudo. Isso não é de todo surpreendente, uma vez que um terço dos pedidos de divórcio em 2011 tem citado o Facebook como o motivo, reportou o New York Daily News.

  • Mas a história não é de consenso geral. Eliana Dockterman do site Time.com observou em julho de 2014, que o estudo que liga o divórcio ao Facebook deixa de considerar que as pessoas que ingressam no Facebook não estão necessariamente se divorciando, e que a rede social não está necessariamente relacionada à taxa de divórcios.

  • Ainda assim, o Facebook poderia estar prejudicando seu casamento. Aqui estão oito coisas e meia que você está fazendo no Facebook ou por causa do Facebook que poderiam prejudicar o seu casamento.

  • 1. Você fica checando o Facebook em seu telefone, em vez de conversar com o seu cônjuge.

  • De acordo com o Daily Mail, uma nova pesquisa descobriu que as pessoas passam mais tempo em seus smartphones do que com seus cônjuges. As pessoas tendem a usar seus smartphones por cerca de 119 minutos por dia, enquanto gastam cerca de 97 minutos com o seu ente querido, constatou a pesquisa.

  • Advertisement
  • 2. Você se preocupa mais com o que as outras pessoas postam do que com o que seu cônjuge faz.

  • Alguns chamariam isso de "efeito Instagram", mas a ideia é simples: Você se preocupa mais com o que seus amigos e familiares estão postando no Facebook do que com o que faz sua esposa ou marido que estão bem diante de você. O Instagram tem mais de 150 milhões de usuários (muitos dos quais postam seus arquivos no Facebook também), e pessoas consequentemente acabam vendo algumas coisas lá que lhes chamam a atenção para longe de seus cônjuges.

  • 3. Você não está curtindo o status do seu ente querido.

  • Isto pode parecer simples, mas é um passo importante. Muito tem sido escrito por blogueiros e sites de namoro sobre os efeitos de curtir o status de alguém, principalmente porque um grande número de curtidas implica que quem está curtindo está interessado no curtido. Ao evitar o botão curtir para o seu ente querido, você pode estar emitindo uma fria impressão sobre como você se sente a respeito dele.

  • 4. Você curte o status de outra pessoa de forma demasiada.

  • Segundo dados do próprio Facebook, as interações dentro do Facebook são mais fortes entre aqueles que estão a um passo de se tornar um casal, com o compartilhamento de posts e curtidas aumentando progressivamente em cerca de 100 dias antes do início de um relacionamento. Ao curtir em demasia o status ou fotos de outra pessoa, você pode passar a impressão de que não está comprometido com seu relacionamento e está procurando uma maneira de deixá-lo.

  • 5. Cuidado com alguns destes amigos do Facebook.

  • Sem dúvida você e seu cônjuge têm alguns amigos em comum. Mas muito cuidado com eles, porque alguns podem causar conflitos. De acordo com o Pew Research Center, metade dos usuários do Facebook terá mais de 200 amigos em sua rede antes que um amigo em comum apareça entre os casais. Apenas certifique-se que esses 200 amigos não vão comentar algo perturbador ou desanimador sobre o status do seu ente querido, o que pode levantar problemas dentro do casamento e no círculo de amigos também.

  • Advertisement
  • 6. Você sai do Facebook, mas ainda se interessa por o que acontece lá.

  • De acordo com a pesquisa citada pelo Daily Mail, mais pessoas estão dizendo adeus às redes sociais, já que estão preocupadas com sua privacidade ou em ficar viciado nos sites. Mas quando você sai do Facebook, você pode começar a fazer ao seu amado algumas perguntas como com quem o seu cônjuge está interagindo o que está postando e o que viu recentemente no site, o que poderia aumentar discussões e criar problemas de confiança.

  • 7. Você não se preocupa muito com as configurações de privacidade.

  • O casamento deve envolver confiança e a capacidade de se abrir para alguém. Mas o Facebook cria a possibilidade de muitas outras pessoas verem o que está acontecendo em suas vidas. A NBC News relatouque a privacidade é uma preocupação importante para os usuários do Facebook, porque é algo que os deixa sujeitos à revisão e julgamento por parte de seus amigos e, possivelmente, do público. Conversas que devem acontecer primeiro entre marido e mulher são postadas para o público ver. Por exemplo, uma fonte disse ao Deseret News National que sua mulher compartilhou no Facebook que ele e o filho deles começaram a fazer caminhadas antes que ele mesmo soubesse. Isso não foi uma conversa fácil para o casal. O Facebook também pode levar as pessoas a descobrirem coisas sobre você antes que seu cônjuge saiba a respeito, o que é mais um sinal de falta de confiança.

  • 8. Sua foto do Facebook não é correta.

  • É fato que o que você expõe como uma imagem de perfil diz muito sobre você. Na verdade, The Atlantic citou que o que faz uma foto de perfil ser boa é a quantidade de envolvimento que ela traz, como curtidas, compartilhamentos e comentários. Mas se você mantiver algo desagradável como uma foto que ninguém gosta, seu cônjuge pode sentir-se pressionado a pedir que a remova.

  • Advertisement
  • Existem outros problemas. Mas quais são eles?

  • O Facebook está pleno de uma variedade de usuários que interagem com um grande número de pessoas todos os dias, por isso há obrigatoriamente problemas nos quais ainda não pensamos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Herb Scribner trabalha como jornalista e editor para o Deseret News National Edition.

8 maneiras que o Facebook pode destruir seu casamento

O Facebook já foi um lugar para postar como você estava se sentindo e onde você iria passar o seu sábado. Agora, ele está sugando muito mais tempo da vida das pessoas e pode ter um efeito profundo em casamentos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr