13 dicas de como podemos ajudar os pobres e necessitados

Ajudar os necessitados está muito além de doar-lhes alimento e agasalho. Veja 13 ações que podem dar um rumo diferente à sua vida.

30,519 views   |   141 shares
  • Este artigo oferece uma lista de ações essenciais não só para atender emergencialmente àqueles que estão em condições críticas por viverem na extrema pobreza, mas para dar um rumo diferente à sua vida.

  • Algumas sugestões podem ser aplicadas também àqueles que perderam seus bens materiais em uma catástrofe ou outro sinistro.

  • Ajudar os necessitados está muito além de doar-lhes alimento e agasalho. Observe:

  • 1 – Suprir, primeiramente, suas necessidades básicas imediatas

  • A primeira coisa que uma pessoa necessitada precisa é, geralmente, de alimentação e hidratação. Depois, para proporcionar-lhe bem-estar, um banho, roupas limpas, tirar a barba, receber curativos em machucados.

  • 2 – Providenciar sua remoção para um lugar seguro

  • Isso se aplica a moradores de rua, vítimas de catástrofes naturais ou vítimas de maus-tratos e abandono.

  • 3 – Denunciar maus-tratos e abandono às autoridades competentes

  • Muitas crianças e idosos passam fome e sofrem outras privações porque têm cuidadores negligentes e agressores. Para aliviar seu sofrimento é necessário tirá-los dessas condições e denunciar os cuidadores.

  • Lembro-me, quando criança, de uma vizinha bem pobre e com muitos filhos. Eles passavam muita necessidade, mas o que mais me chocava eram as sucessivas cenas de agressão física e psicológica que presenciávamos dela contra os filhos bem pequenos. Ela frequentemente gritava, espancava-os com ripas de madeira, colocava-os na frente da casa para dar-lhes banho de mangueira em pleno inverno (moro no sul do Brasil, onde o inverno tem temperaturas muito baixas).

  • Não adianta somente alimentar, agasalhar pessoas necessitadas quando há questões tão sérias para resolver, do que depende o bem-estar, inclusive a sobrevivência de inocentes.

  • 4 – Ajudar a tornar seu lar habitável

  • Em muitos casos, é necessário que pessoas se unam para consertar, limpar ou reconstruir as casas de pessoas em situações críticas.

  • 5 – Buscar atendimento médico

  • Pessoas que passam fome e frio, vivem em ambientes sujos e úmidos, podem desenvolver pneumonia, úlcera, anemia, desnutrição, verminoses e outras enfermidades. Elas precisam de alguém que as oriente a buscar atendimento médico.

  • Vítimas de catástrofes também podem precisar de atendimento médico, principalmente se tiveram contato com água contaminada, sofreram alguma lesão, foram submetidas a temperaturas muito baixas ou tiveram contato com materiais tóxicos.

  • Advertisement
  • Ajudá-las a se tornarem autossuficientes

  • A melhor maneira de eliminar a miséria e pobreza é ajudar as pessoas a acreditarem em si mesmas; a confiarem que elas podem fazer as coisas por si mesmas. É aquele velho conceito de "dar o peixe" versus "ensinar a pescar".

  • Os itens de 1 a 5 equivalem a "dar o peixe". São ações importantes, porque as pessoas precisam sentir-se fortes o bastante para começar a "pescar seu próprio peixe".

  • Pessoas que perderam seus bens materiais em catástrofes, caso até então tenham sido autossuficientes, também precisam de apoio. Alguns dos itens abaixo podem se aplicar também a elas.

  • Os itens 6 em diante são maneiras de ajudar as pessoas a desenvolverem a autossuficiência:

  • 6 – Ajudar as pessoas a identificarem seus talentos e habilidades

  • Num primeiro momento, é preciso buscar um trabalho em sua área de atuação, por mais singelo que seja. Muitas pessoas, desempregadas durante muito tempo depois de incontáveis "nãos", passam a desacreditar que um "sim" seja possível, por isso desistem de procurar um emprego. Muitas delas não têm profissão, sobrevivem de bicos.

  • Seja qual for a situação, é imperativo identificar uma ou mais habilidades a fim de buscar uma rápida colocação no mercado de trabalho.

  • 7 – Usar sua rede de contato para ajudá-las a encontrar um trabalho

  • Essa é uma das etapas mais importantes. Caso tenhamos uma vasta rede de contados, poderemos ser muito úteis, indicando essas pessoas aos nossos amigos, clientes, parceiros de negócios ou parentes. Sempre haverá alguém que precisa que um conserto seja feito, uma grama cortada, uma pintura de parede, uma faxina, etc. Nós mesmos, em vez de doarmos dinheiro ou alimento, podemos dá-los em pagamento a um serviço realizado.

  • 8 – Contribuir para melhorar a aparência e a atitude dessas pessoas

  • Uma boa aparência e postura são o cartão de visita muitas vezes fundamental para que uma pessoa saia de uma situação de miséria.

  • Estaremos melhorando muito suas chances quando as orientamos sobre como se comportar, se vestir, arrumar os cabelos, cuidar da higiene. Infelizmente muitas pessoas nunca tiveram essas lições. Algumas doações de roupas, calçados, materiais de higiene, entre outros, serão muito bem-vindos nessa etapa.

  • 9 – Assegurar-se de que as crianças e jovens estejam estudando

  • Advertisement
  • A educação é a chave para mudar vidas. Qualquer ajuda será apenas temporária se as crianças e jovens daquela família não estiverem estudando.

  • 10 – Ajudar os adultos a voltar a estudar

  • Muitos adultos precisam voltar para a escola em busca de um futuro melhor. Alguns deles sequer são alfabetizados. Eles precisam estar cientes de que o mercado de trabalho está cada vez mais exigente, e eles precisam estudar o máximo que puderem para saírem de vez daquela situação.

  • Para ajudar, podemos acompanhá-los na matrícula, dar suporte e apoio para eles não desistirem na metade do caminho.

  • 11 – Conseguir orientação vocacional

  • Um teste vocacional pode dar um rumo na vida dessas pessoas. Muitas delas, quando voltam a estudar, estudam só por estudar. Para elas se tornarem autossuficientes, é imperativo que tenham um objetivo, que busquem uma profissão.

  • 12 – Além da sua salvação temporal, ajudá-las a buscar também sua salvação espiritual

  • O especialista em negócios e em bem-estar Dean M. Davies disse: "O encargo de cuidar dos pobres e necessitados leva em conta tanto a salvação espiritual quanto a temporal. (...) Cuidar fielmente dos pobres e necessitados (...) abençoa tanto o que doa quanto o que recebe."

  • Quando ajudamos as pessoas a compreenderem que são filhas amadas de Deus, o Todo Poderoso, e que com a ajuda Dele podem não só sair daquela situação de miséria, mas elevar-se à sua estatura espiritual, elas passarão a se valorizar mais e a enxergar sua vida terrena com mais otimismo e fé, o que é fundamental para vencerem seus obstáculos e não desistirem.

  • 13 – Podemos contribuir para salvar vidas em projetos sérios e contínuos

  • Na Igreja da qual faço parte temos o costume de jejuar, isto é, abstermo-nos de alimento (sólido e líquido) durante 24 horas, uma vez por mês, em espírito de oração e com um propósito específico. O dinheiro que gastaríamos nos alimentando nesse período (ou um valor superior, dependendo da generosidade e condições de cada um), doamos para o Fundo de Jejum, um fundo usado para atender aos necessitados.

  • Advertisement
  • Este fundo já ajudou milhares de pessoas em situação difícil. O propósito é atender temporariamente às necessidades daqueles que sofrem. Mas o objetivo maior é ensinar-lhes a autossuficiência, para que eles saiam dessa situação difícil e progridam materialmente. A maioria dos que já foram ajudados nesse fundo, é, atualmente doadora. Esses membros foram ensinados a buscar, por meio do trabalho honesto, o sustento da própria família.

  • Cuidar dos pobres e necessitados é uma doutrina fundamental do Evangelho de Jesus Cristo. Visa a salvação temporal das pessoas e o desenvolvimento espiritual tanto de quem doa quanto de quem recebe.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

13 dicas de como podemos ajudar os pobres e necessitados

Ajudar os necessitados está muito além de doar-lhes alimento e agasalho. Veja 13 ações que podem dar um rumo diferente à sua vida.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr