3 princípios básicos para guiarmos nossa vida através dos ensinamentos de Jesus Cristo

Em todos os seus ensinamentos o Senhor Jesus afirmou sempre os dez mandamentos que refinados e reduzidos, podem ser condensados em apenas dois: Amar a Deus e a todos as pessoas.

7,291 views   |   21 shares
  • Nas leis deixadas por Moisés em Levítico, encontrava-se o mandamento: "Não procurem vingança nem guar­dem rancor contra alguém do seu povo, mas ame cada um o seu próximo como a si mesmo." (Levítico 19:18).

  • Séculos depois, os judeus interpretaram de maneira mesquinha esse ensinamento ao estabelecer as leis para o povo. Escreveram eles: "Não deveis planejar a morte dos gentios, mas se sua vida correr perigo, não tendes obrigação de salvá-los. Se algum deles cair ao mar, não necessitais retirá-lo, pois tal pessoa não é vosso próximo." (Dummelow, A commentary on the Holy Bible, p. 171)

  • Não deveria então nos causar espanto que Jesus fosse inquirido por um doutor da Lei a respeito de "quem é o meu próximo?" (como uma desculpa para não amar a todas as pessoas). Após essa pergunta o Senhor conta a parábola do Bom Samaritano. (Lucas 10:25-37)

  • Na parábola, o samaritano – que não era considerado um próximo pelos judeus, ajuda um homem atacado e gravemente ferido por ladrões. Por esse homem já haviam passado um sacerdote (líder religioso) e um levita (que oficiava no templo). Ambos passaram de largo. No entanto, o samaritano, odiado pelos judeus, cuidou do homem, tratando suas feridas e o levando a uma estalagem e pagando suas despesas.

  • Então o Senhor faz a pergunta: "Quem te parece ser o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores?" Sem saída, o doutor da lei responde que foi aquele que usou de misericórdia para com o ferido. Então Jesus lhe diz: "Vai e faze da mesma maneira." (Lucas 10:37)

  • O médico e líder religioso Hugo Martínez deixa clara a aplicação desse princípio em nossas vidas:

  • "Temos a oportunidade especial de ser instrumentos em Suas mãos (de Jesus Cristo). Podemos agir assim em nosso casamento, na família, com nossos amigos e nossos semelhantes. Esse é o nosso ministério pessoal como verdadeiros discípulos de Jesus Cristo".

  • Como podemos guiar nossas vidas através desse princípio?

  • Antes de qualquer coisa devemos nos ater ao primeiro e grande mandamento na lei:

  • "Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento".

  • O mundo fala muito em amar ao próximo e muito pouco em amar a Deus. Sem Deus em primeiro lugar não teremos jamais a exata medida de como amar o nosso próximo, servir e ajudar uns aos outros.

  • O ex-secretário da agricultura dos EUA e líder religioso Ezra Benson explicou dessa maneira:

  • "Apenas os que conhecem e amam a Deus podem amar e servir melhor aos filhos do Pai Celestial, pois somente Deus os compreende plenamente e sabe o que é melhor para seu bem-estar. Portanto, a pessoa precisa estar em sintonia com Deus, para que possa ajudar Seus filhos... Por conseguinte, se desejam ajudar seus semelhantes da melhor maneira possível, devem colocar o primeiro mandamento acima de tudo."

  • Advertisement
  • Como amamos a Deus acima de tudo? Não existem fórmulas ou segredos. Basta nos aproximarmos d'Ele.

  • 1. Conhecendo- o

  • Não se ama a quem não se conhece ou a quem está longe de nossos pensamentos e dos desejos de nossos corações. Devemos aprender sobre Deus, sua personalidade, atributos e seu caráter. Ou seja, devemos ler as escrituras sagradas (pois são elas que D'Ele testificam). Através delas percebemos seu amor, bondade, conhecemos parte de sua mente e tudo que Ele faz por nós.

  • 2. Guardando seus mandamentos

  • Quando assim agimos, aprendemos e demonstramos amar a Deus. Jesus Cristo disse: "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele." (João 14:21)

  • 3. Estabelecendo um relacionamento de proximidade

  • Este só é possível se falarmos com Deus todos os dias. Um relacionamento amoroso implica em constante diálogo. O diálogo faz nascer e crescer o amor. Falar com Deus todos os dias em sincera e simples oração, compartilhando com Ele nossas vidas, nos aproximará e aumentará nosso amor a Ele.

  • O segundo mandamento "Amarás ao teu próximo como a ti mesmo", se segue naturalmente quando amamos a Deus em primeiro lugar. Ao nos empenharmos em guardar o primeiro e grande mandamento, atraímos para nossa vida um forte poder de santificação que nos elevará e nos tornará cada vez mais próximos de Deus. É aí que está a chave para cumprir o segundo mandamento, pois teremos a possibilidade de amar nosso próximo de maneira divina. Alcançaremos a Caridade que é o Puro Amor de Cristo e que Deus só concede àqueles que são verdadeiros seguidores de Jesus cristo.

  • "E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes". (Mateus 25:32-40)

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

3 princípios básicos para guiarmos nossa vida através dos ensinamentos de Jesus Cristo

Em todos os seus ensinamentos o Senhor Jesus afirmou sempre os dez mandamentos que refinados e reduzidos, podem ser condensados em apenas dois: Amar a Deus e a todos as pessoas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr